Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


o meu NIB é 003456754 . . .

por jl, em 31.01.16

 

ffff.pngBoas. Deixo aqui uma peça que demonstra o quanto beneméritos são os donos dos Bancos deste país.

Novo Banco “perdoa” dívida a construtor que deu 14 milhões a Ricardo Salgado

Créditos ao construtor José Guilherme, que deu uma "prenda" de 14 milhões a Ricardo Salgado, foram reestruturados no balanço do Novo Banco. Não tinham garantias.

O construtor José Guilherme, amigo de Ricardo Salgado que deu a “prenda” de 14 milhões de euros ao antigo presidente do BES, viu um conjunto de créditos no Novo Banco serem reestruturados, noticia o Expresso neste sábado. Este crédito é apenas um dos vários problemas herdados pela administração do Novo Banco, que se vê a braços com créditos em incumprimento e para os quais não há qualquer garantia que possa ser executada.

Não se sabe qual o montante em dívida que foi reestruturação, nem as novas condições do empréstimo, mas o construtor, que chegou a dever mais de 200 milhões de euros, disse no início do ano passado (em carta enviada à Comissão de Inquérito ao BES) que ainda devia 121 milhões de euros ao banco, recorda o jornal Expresso.

Neste momento estou a pagar o meu carro ao Novo Banco, mas se eles me quiserem perdoar a divida terei todo o gosto em lhes enviar o meu NIB. Não precisam de me perdoar 14 milhões. Isto é Portugal no seu melhor!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:17

Em Portugal não acontecia

por jl, em 30.01.16

Boas. Venho por este meio descrever uma notícia que ouvi e que enquanto português me deixou completamente admirado. Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah! Viram como fiquei admirado?

Pois bem esta peça passou se no Reino Unido. Pessoas filmam acidente em vez de ajudarem passageiras

As autoridades inglesas criticaram as pessoas que fotografaram e filmaram um carro esmagado por uma árvore, em vez de ajudarem as suas passageiras que estavam presas dentro do veículo.wsx.png

Uma mulher estava com a filha no carro, a conduzir numa estrada em Ferryhill Station (no Reino Unido), por volta das 9h00 esta sexta-feira, quando os ventos muito fortes desenraizaram uma árvore, que acabou por cair em cima do capô do veículo, lê-se na página de Facebook da Polícia de Durham.

Segundo a polícia, a primeira reacção das testemunhas não foi ajudar as vítimas do acidente, mas sim fotografar e filmar o cenário com os seus telemóveis. “A condutora e a passageira estavam presas dentro do carro e pediram ajuda. Aparentemente, várias pessoas decidiram filmar ou tirar fotografias com o telemóvel em vez de ajudar”, afirmou um agente, citado na publicação.

As vítimas foram levadas para o hospital de Durham, onde trataram ferimentos ligeiros.

Fiquei completamente embasbacado ao ler isto. Em Portugal isto não seria possível de acontecer, onde se imagina que num acidente fossem aparecer pessoas só para cuscar, onde toda a gente tivesse visto o acidente ou estar com o telemóvel em directo na televisão e dizer à mãe que estava fotogénico?

Numa sociedade altamente evoluída e preocupada com os outros como a nossa isto não acontecia!!

Ou aconteceria?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:54

Um tampão para a felicidade

por jl, em 30.01.16

Boas. Hoje deixo aqui um artigo que nos fala sobre a utilização de um produto que se destina ao sexo feminino, mas que acabará por ser usado por muitos machos. Aqui vai:

"Tampões" de canábis podem acabar com dores menstruais

Marca norte-americana Foria lança produto feito apenas com ingredientes naturais

Uma nova descoberta pode ser uma vantagem para muitas mulheres: a canábis pode ser uma aliada no combate às dores menstruais e já há uma marca norte-americana que lançou uma gama de tampões com esta planta.aa.png

A Foria lançou esta gama de tampões feitos apenas com ingredientes naturais, como "manteiga de cacau orgânica, dióxido de carbono extraído do azeite de canábis e canabidiol (CBD), uma das substâncias principais da planta", promete amenizar as dores das mulheres que sofrem de dismenorreia, ou cólicas menstruais, de acordo com o blog de moda do jornal El País.

O produto demora entre 15 a 30 minutos a fazer efeito e, para já, só está disponível para quem vive no Estado na Califórnia e tiver o cartão que permite comprar marijuana para uso medicinal. No entanto, a marca garante que irá ajudar os novos clientes na aquisição do cartão.

O produto pode ser comprado online, mas o site só permite a entrada a maiores de 21 anos e cada pack com quatro tampões custa cerca de 44 dólares, cerca de 41 euros.

A empresa norte-americana ficou conhecida por ter lançado, no ano passado, um lubrificante à base de óleo de coco e canábis que prometia prolongar o orgasmo feminino em até 15 minutos.

Se esta notícia se confirmar, acho que nos iremos cruzar nas ruas com muitos admiradores (estilo múmia) deste produto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:59

Saudade

por jl, em 28.01.16

aaa.pngQue a tristeza te convença

E que a saudade não compensa

E que a ausência não dá paz

E o verdadeiro amor de quem se ama

Tece a mesma antiga trama

Que não se desfaz

 

E a coisa mais divinal

Que há no mundo

É viver cada minuto e cada segundo

Como nunca mais

Mas com quem se ama no coração

 

Obrigado, Pai

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:53

Que país lindo !! Parece Portugal !!

por jl, em 28.01.16

Boas. Hoje deixo aqui uma última história. Aqui vai mais uma parvoíce, desculpem mais uma notícia:

Usou spray pimenta para afastar agressor. Vai ser condenada

Na Dinamarca é ilegal possuir e/ou utilizar spray de pimenta.

Uma jovem dinamarquesa foi atacada por um migrante perto de um centro para refugiados. A rapariga de 17 anos foi, entretanto, acusada por ter usado um spray pimenta para afugentar o rrrrrrrr.pngatacante.

O incidente aconteceu na cidade de Sonderborg, Dinamarca.

O agressor atirou-a ao chão e tentou despi-la. A sorte (ou não) é que a jovem tinha consigo um spray - normalmente usado por mulheres para se defenderem de ataques.

No entanto, o uso deste spray pimenta é considerado ilegal. Por esse motivo deverá ser condenada ao pagamento de uma multa de quase 66 euros. As autoridades locais, que tomaram conta da ocorrência, revelam que “é ilegal possuir e/ou utilizar o spray”.

O homem que a atacou conseguiu fugir do local. Não se sabe ao certo se estaria à procura de asilo ou se era um refugiado. O caso está a gerar uma enorme controvérsia na Dinamarca.

Recorde-se que o governo dinamarquês aprovou, esta terça-feira, a reforma da lei do asilo devido à vinda dos refugiados. As autoridades passam a ter o direito de revistar todos os migrantes e de lhes confiscar dinheiro ou bens.

Isto sim é uma condenação bem adequada. Então lá por ir ser violada usa um gás pimento contra o coitadinho do violador? Sua malvada!!

Quando eu pensava que Portugal era um país que como eu dizer isto; meio choné, fico «contente» por saber que há outros que nos querem copiar no que diz respeito à parvoíce.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:29

Pág. 1/5



A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2016

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Comentários recentes


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D