Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Guterres! Guterres!

por jl, em 05.10.16

Boas.

Que esteja tudo bem aí desse lado. Hoje o pessoal deve estar um pouco doente. E porque digo isto? É que hoje está a ser uma injecção de António Guterres que até mete medo. É que foi hoje que o Conselho de Segurança foi claro, após a sexta votação para o cargo de secretário geral das Nações Unidas: António Guterres é o “claro favorito”, com 13 votos a favor e duas abstenções.

Em conferência de imprensa, Vitali Churkin, embaixador da Rússia, país que preside atualmente ao Conselho de Segurança, anunciou que o órgão vai voltar a reunir-se na quinta-feira, às 10:00 de Nova Iorque (15:00 em Lisboa) para realizar a votação formal.

“Espero que [Guterres] seja indicado por aclamação", disse o embaixador russo, acrescentando, em nome dos 15 membros do Conselho de Segurança: "Desejamos ao senhor Guterres que tudo corra bem no desempenho das funções como secretário geral das Nações Unidas, nos próximos cinco anos.”

transferirggue.jpg

Nas sete décadas de existência da Organização das Nações Unidas, a organização teve oito secretários-gerais, todos homens – daí o empenho de uma parte da comunidade internacional em fazer eleger uma mulher, desta vez.

Esta eleição atraiu 13 candidatos, mas três acabaram por se retirar da corrida.

O português António Guterres, que será o primeiro chefe de Governo a assumir o cargo de secretário-geral da ONU, deverá suceder ao sul-coreano Ban Ki-moon, que termina o mandato a 31 de Dezembro.

E se hoje foi assim então amanhã acho que vou ver o Canal Panda!! O nosso primeiro-ministro é que se for inteligente aumenta no dia de amanhã os impostos sobre a fast food; as casas com Sol (esse luxo!!)¸os impostos indirectos que andava a pensar. Eu é que estava a brincar, porque se ele aumentar, é os salários!!

O Valentim Loureiro agora é que poderá gritar Guterres; Guterres!! Já não precisa de disfarçar!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:40

Nunca mais se esquecerá. Isso é certo.

por jl, em 05.10.16

Olá.

Que estejam bem em mais um dia de Primavera Outonal. Cá venho deixar mais uma peça que desta feita é mais virada para a vertente educacional. Cá vai ela:

Rapa cabelo a filha que gozava com colega

Mãe aplica castigo por bullying a adolescente com cancro.

Mãe rapa cabelo à sua filha como castigo. A mãe de uma adolescente tomou uma medida drástica ao saber que a sua filha gozava com uma colega que não tinha cabelo porque estava a fazer tratamentos de quimioterapia. Sem meias medidas, a mãe pegou numa máquina de cortar cabelo e rapou a cabeça da jovem. No vídeo, que já se tornou viral na internet, é possível ver as duas na casa de banho e a jovem a gritar, no chão, perante o castigo da sua progenitora. O vídeo já desencadeou muitas reacções nas redes sociais, e se por um lado há quem aplauda a atitude da mãe, por outro há quem diga que a atitude foi muito exagerada. Num dos comentários pode ler-se: "A educação começa em casa. Os pais têm de parar de publicar as humilhações dos seus filhos na internet", sugere um internauta. O insólito castigo terá ocorrido no Brasil e tem servido de exemplo para quem mal trata os colegas na escola.

Sinceramente como refere a peça, vai haver sempre pessoas que estejam de acordo ou pelo contrário que estejam contra esta atitude. Compete como em cada situação da vida cada qual tirar as suas conclusões. Eu não faria isto, mas em seu lugar levaria esta jovem umas vezitas a um I.P.O. para ver se ela daria mais valor à vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:56

Que dizer??

por jl, em 05.10.16

img_757x498$2016_10_04_13_16_55_567857_im_63611183Boas.

Que estejam bem os leitores e leitoras destas linhas. Para não variar muito deixo aqui mais uma peça que enquanto pai me dá a volta ao estomago. Cá vai:

Bebé morre após pai o ter deixado sete horas trancado no carro

Criança esteve exposta ao calor enquanto o pai trocava mensagens de cariz sexual.

 Justin  Harris está acusado de ter deixado o seu filho, de 22 meses, trancado no carro ao calor, até o menino sufocar. De acordo com a acusação, Justin deixou o bebé trancado no carro durante sete horas seguidas (?), depois de se esquecer de deixar o filho no infantário e de o levar consigo até ao trabalho. A acusação afirma ainda que Justin deixou o filho propositadamente sozinho no carro e mostra uma mensagem que o acusado trocou com uma mulher: "Eu amo o meu filho, mas nós os dois precisamos de escapes", escreve Justin. O pai da criança defende-se dizendo que a morte do filho foi um trágico acidente (principalmente para o petiz)e que não reparou que o filho estava no banco de trás do carro quando saiu apressado para o trabalho.  Boring, advogado de acusação, diz que as câmaras de vigilância do local onde Justin trabalhava o filmaram a estacionar de traseira no parque de estacionamento o que o obrigou a olhar para trás e a ver a criança. Na sua pausa para almoço o pai do bebé voltou ao carro para deixar um saco o que impossibilita a sua versão de que não reparou no bebé. O advogado vai ainda mais longe e acusa Justin de ter trocado 30 mensagens com uma mulher ao longo do dia, a maior parte sobre sexo. "Harris estava insatisfeito com o casamento com a mãe do filho e obcecado em encontrar outras parceiras", afirma. Um mês depois da morte do filho, Justin encontrou-se com prostitutas e tentou persuadir uma menor a ter sexo com ele mandando-lhe fotos dos genitais. Justin Harris está acusado pelo tribunal do homicídio do filho e de mandar fotos e mensagens de cariz sexual a menores. Enfrenta uma pena de prisão perpétua. O advogado de acusação não concorda com a pena, uma vez que afirma que quando as autoridades chegaram ao local do crime, Justin não se preocupou com o filho, não quis saber o que se passava, só reclamou do calor que se fazia sentir no carro de patrulha. Algo que, segundo Boring, demonstra a sua frieza.

Sinceramente o que este «cavalheiro» fez fora da situação do filho a mim não me incomoda porque isso é um problema pessoal dele. Mas deixar uma criança a cozer na viatura é algo de indescritível e que me faz duvidar da sanidade mental de uma pessoa. Chamar pai a uma pessoa destas é exagerado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:49


A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2016

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Comentários recentes

  • Aninhas

    Em PORTUGAL perde-se o emprego, pr ficar em casa a...

  • Sérgio Ambrósio

    Infelizmente, a RTP, SIC e TVI têm programações de...

  • Aninhas

    :-):-). Esqueceu-se da dor da P. D. I. Gostei de l...

  • Anónimo

    Nem vale a pena comentar... Para Besta só lhe falt...

  • Maribel Maia

    Considero que todos os animais devem ser bem trata...


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D