Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Do 8 ao 80

por jl, em 26.02.17

8ou80.jpgBoas.

Que estejam bem  ao contrário do anúncio do Continente eu não sou do tempo que o arroz custava 2$50, mas mesmo assim já tenho alguma experiência de vida. E digo isto porque vi um artigo que me deixou um pouco perplexo. Cá vai:

Professores amarram e tapam olhos de meninas. Tudo devido a um papel rasgado

Castigo aconteceu numa escola da Tailândia.

Dois professores puniram duas meninas tapando-lhes os olhos e atando-lhes as mãos depois de estas terem rasgado um papel enquanto estavam a brincar. As crianças de cinco anos (?!?) foram encontradas por um outro docente, e estavam, alegadamente, e chorar e a tremer.

O tratamento humilhante foi comunicado aos pais por um terceiro docente, permitindo que fosse feita queixa à polícia tailandesa.

“O professor deu-me as fotografias e disse-me que os docentes tinham punido a minha filha e também  outra menina. Achamos ainda que houve outra criança envolvida mas não há registo fotográfico.

Narong Meuanchart, um dos responsáveis pelo departamento de educação da província em causa, garantiu que o caso ainda está a ser investigado, apesar de os professores já terem sido condenados a compensar a família com 915 libras (cerca de 1.080 euros).

As meninas acabaram por ser transferidas para outro estabelecimento educacional.

Eu sou do tempo em que as professoras primárias davam muito uso à régua, aquecendo as mãos daqueles que cometiam diabruras (embora eu fosse muito santinho, nunca tive o «prazer» de ir com as mãos a ferver para casa) mas em 2017 acontecer este tipo de comportamento é completamente inconcebível. O problema destes casos é quando não chegam ao nosso conhecimento. O problema é que não existe meio-termo. Ou é o 8 (os pais a baterem em professores porque falaram um pouco mais alto para os filhos) ou o 80 (exemplos como aquele que aqui descrevo).

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:21

O Dubai é em Fátima

por jl, em 26.02.17

Fatima.jpgBoas.

Que vocês estejam bem. Como isto das finanças não anda muito bom vou investir num novo negócio: vou chamar-lhe o “Dorme Aqui”. Essencialmente vai consistir em alugar uma tenda (que na Sport Zone custa 30 euros) e dois colchões de campismo (nome pomposo para uma folha que parece cartolina). Isto vai ser montado a cinco minutos do Santuário de Fátima e vai custar só 400 euros por noite e por pessoa. Acham caro? Eu não. É só ver o que está a acontecer. Cá vai:

Mil euros por uma noite em saco-cama para ver o Papa

Vinda do Papa a Fátima faz disparar preços de alojamentos. Hoteleiros dizem que preços exorbitantes são residuais e absurdos            

Os poucos alojamentos que restam em Fátima para a visita do papa Francisco, a 12 e 13 de maio, apresentam preços exorbitantes e há mesmo quem tenha arrendado uma noite em saco-cama por quase mil euros.

Uma casa de hóspedes que funciona num edifício de cinco pisos, com 40 quartos e apartamentos, no centro da cidade, propunha, numa página de reservas na internet, uma noite para dois adultos em "quarto duplo económico" (aparentemente apenas para os dias da visita do papa), com estada em saco-cama, por 992 euros, já sem vagas disponíveis.

O mesmo empreendimento turístico anuncia, para a noite de 12 para 13 de maio e ainda com lugares disponíveis, um quarto para duas pessoas com casa de banho partilhada por 1.192 euros (com casa de banho privativa o mesmo quarto custa mais 300 euros por noite), e outras opções, de alojamento triplo até um apartamento para 10 pessoas, com preços que variam entre os 2.300 e os 6.000 euros.

Uma cama em dormitório de seis pessoas, com casa de banho partilhada, fica pelos 500 euros por noite, subindo para 600 euros com casa de banho privativa.

Mas se o visitante optar pelo fim-de-semana anterior à visita papal, os mesmos preços caem vertiginosamente: as camas em dormitórios variam entre os 40 e 60 euros, o apartamento de 10 hóspedes passa a custar 500 e o quarto duplo 120 euros.

A maioria das reservas para a peregrinação de maio é não reembolsável, o que quer dizer que, a mais de dois meses da visita papal, se for cancelada terá de ser paga na totalidade.

Não é giro? 1000 euros para dormir num saco cama! O que vale é que os ordenados são quase iguais aqueles que são pagos no Dubai. Ainda bem que a Alta Autoridade das Actividades Económicas e a ASAE estão de olho nisto senão as pessoas seriam no mínimo exploradas. Certo?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:46


A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728

Comentários recentes

  • Aninhas

    Em PORTUGAL perde-se o emprego, pr ficar em casa a...

  • Sérgio Ambrósio

    Infelizmente, a RTP, SIC e TVI têm programações de...

  • Aninhas

    :-):-). Esqueceu-se da dor da P. D. I. Gostei de l...

  • Anónimo

    Nem vale a pena comentar... Para Besta só lhe falt...

  • Maribel Maia

    Considero que todos os animais devem ser bem trata...


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D