Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Um país com realidades tão diferentes

por jl, em 01.06.17

img_757x498$2017_05_29_09_55_33_632712.jpg

Boas.

Ou sou eu que não estou a ficar muito bem da cabeça (e por vezes tenho uma pancada) ou então vejo certas coisas que me fazem ver que isto está a ficar tudo louco. Cá vai a história que me deixou meio atónito:

Menina de 11 anos forçada a casar com violador que a engravidou

Criança foi abusada por líderes religiosos de uma igreja Pentecostal.

Norte-americana foi violada e deu à luz o primeiro filho com apenas 10 anos

Sherry Johnson, natural do estado norte-americano da Florida, onde ainda não há idade mínima para casar, tinha apenas 11 anos quando foi forçada a casar com o homem que a tinha violado diversas vezes e do qual estava grávida. A jovem, hoje já adulta, quebrou o silêncio e contou o horror que viveu no seio de uma igreja Pentecostal , denunciando que muitas meninas menores eram obrigadas a casar com homens mais velhos para esconder os abusos sexuais de que eram alvo por parte de líderes religiosos dessa igreja.

Sherry conta ao jornal New York Times que foi violada por um padre e por um paroquiano várias vezes, ainda antes de ter 10 anos, altura em que deu à luz o primeiro filho. Foi depois obrigada a casar com o homem que frequentava a mesma igreja, para esconder os abusos por parte dos líderes religiosos. "Até o juiz que aprovou o casamento me disse que o melhor que tinha a fazer era casar. Foi uma vida terrível. Era uma criança a criar e educar crianças. Não ia à escola. Tive 9 filhos com um homem que me abandonava periodicamente, disse Sherry.

Fiquei algemada para o resto da minha vida, porque me tiraram tudo", relata Sherry. Agora, a norte-americana resolveu contar a sua terrível história para alertar para a necessidade da legislação norte-americana proibir o casamento com crianças. Mais de metade dos estados norte-americanos não tem prevista uma idade mínima para celebrar matrimónio. Dados mostram ainda que a Florida e o Texas são os estados onde mais crianças são obrigadas a casar. Estima-se que na última década, em todo o país, perto de 170 mil crianças casaram.

Para além desta história ser completamente trágica, confesso que fiquei meio parvo ao ler que mais de metade dos estados norte-americanos não tem prevista uma idade mínima para celebrar casamento. Quando ouço as notícias e ouço e vejo que os Estados Unidos são considerados a Primeira Potência do Mundo, os casos que aqui conto não se devem passar no mesmo país.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:05

Uma amizade do Além

por jl, em 01.06.17

mano.png

Boas.

Que estejam todos bem desse lado. Hoje estava aqui a pensar na programação do Canal Panda e no que iria mostrar à minha pimpolha. Eu sei que ela gosta da Patrulha Pata e da Masha e o Urso, mas ouvi dizer que este canal ia começar a dar os desenhos animados do Fantasma Gasparzinho. Pois bem ao ler isto, eis que começo a ler a seguinte notícia:

Anda de bicicleta com irmão morto por causa de sonho

Jovem foi preso depois de ser apanhado a passear com caixão.

Um jovem de 29 anos (o Brasil é mesmo um país irmão, porque por este andar com 50 anos ainda se é considerado jovem!) foi preso este domingo na cidade de Prata, em Minas Gerais, Brasil, depois de desenterrar o irmão que morreu há quase um ano e passear com o caixão em cima de uma bicicleta pela cidade.

De acordo com o site brasileiro G1, um dos responsáveis pela administração do Cemitério Municipal garantiu que o local é fechado pelas 18h00 e que o jovem saltou o muro para desenterrar o caixão. "Ele saltou o muro sozinho, conseguiu tirar a tampa do túmulo. Há muitas casas perto do local e os moradores até têm o costume de se sentar na calçada, mas ninguém o viu a sair. É algo que nós nunca imaginamos que acontecesse em Prata, que é uma cidade muito tranquila", disse Bruno Gonçalves.

Passado algum tempo, um morador filmou o jovem a empurrar a bicicleta e partilhou nas redes sociais o vídeo. A Polícia Militar foi accionada e pelas 19h00 abordou-o. O jovem parecia estar transtornado (parecia? Hummmmm!)e teve ser algemado por desacatar as ordens dos militares garantindo que não tinha intenção de profanar o corpo e que sentia muitas saudades do irmão. Várias testemunhas relataram que desde a morte do irmão o homem apresentava distúrbios psíquicos. Às autoridades, o jovem confessou que sonhou que o irmão pedia para andar de bicicleta e que, por essa razão, esperou que o cemitério fechasse para invadir o local e abrir o túmulo. Depois de retirar o caixão do jazigo, iniciou o passeio pela cidade. Olha se no sonho o irmão tinha pedido outra coisa!

Os militares verificaram que o caixão estava intacto e que os restos mortais do homem permaneciam dentro da urna. Na mesma noite o caixão foi devolvido ao túmulo. O jovem foi libertado depois de assinar um termo de responsabilidade onde afirmava comparecer na esquadra para esclarecimentos. Se for condenado pode apanhar uma pena de prisão até três anos além de pagar uma multa por "desrespeitar os mortos". Mas neste caso acho que o senhor estava simplesmente a cumprir uma vontade do mano.

Uma coisa que me deixou curioso foi como o senhor passou com o caixão no muro!! Ou é bem forte, ou o irmão devia ser magrinho. Há uns anos atrás vi um filme que era o Fim-de-semana com o Morto e pelos vistos deve ter sido também um grande sucesso no Brasil!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:51


A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2017

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Comentários recentes

  • Anónimo

    Nem vale a pena comentar... Para Besta só lhe falt...

  • Maribel Maia

    Considero que todos os animais devem ser bem trata...

  • Anónimo

    Concordo. 18 euros é um ROUBO!

  • António

    Moral da história:Se vires um burro e estiveres ve...

  • Aninhas

    Está tudo mto explicado e mto bom de entender! Iss...


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D