Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Toca a despachar as vacinas!!

por jl, em 10.07.17

sarampo.jpgOlá.

Tenho que confessar que não daquelas pessoas que seguem religiosamente os telejornais, mas tento sempre manter-me informado e digo isto porque hoje ao ver a Net quase sem querer, deparei-me com uma notícia que basicamente seria de transmissão obrigatória em quase todos os meios de comunicação social. Cá vai então:

Se nasceu a partir de 1970 fique atento ao telemóvel

Vai começar uma campanha de repescagem para proteger os portugueses contra o sarampo. Os serviços de Saúde vão convocar os menores que não cumpriram a imunização, aos 12 meses e aos cinco anos, os profissionais de saúde (claro que quem trabalha num hospital e num centro de saúde e não é profissional de saúde não conta) e a população nascida a partir de 1970.

A todos será enviada uma convocatória, incluindo por SMS, para que se dirijam à unidade de cuidados primários onde estão inscritos, seja o centro de saúde ou a unidade de saúde familiar, caso não tenham tido sarampo ou não estejam vacinados. A Direcção Geral da Saúde (DGS) dispõe de 200 mil doses para administrar, gratuitamente.

As crianças receberão a dose ou as doses em falta e os adultos, incluindo quem presta cuidados assistenciais, apenas uma imunização. A vacina dá protecção contínua contra o sarampo e a campanha de repescagem com 200 mil doses deverá ser suficiente para abranger os beneficiários ainda possíveis.

A medida de saúde pública vai permitir reduzir o risco de surgirem novos casos da infecção, como aconteceu nos primeiros meses deste ano. O surto foi aumentando até provocar uma epidemia, que levou à primeira morte em mais de duas décadas. A vítima foi uma adolescente de 17 anos que não resistiu a uma pneumonia bilateral provocada pelo vírus do sarampo.

As autoridades de Saúde não têm notificação de novas infecções desde 10 de maio. Depois de os peritos já terem considerado a doença controlada, esta quarta-feira foi a vez da DGS fazer a declaração oficial do fim da epidemia de sarampo deste ano.

Isto soa um bocado a que sobraram aquelas doses e então toca a vacinar o resto do pessoal mas acho que as coisas deveriam ser feitas com mais método, mas quem sou eu a não ser um contribuinte?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:47

Alimentação saudável

por jl, em 10.07.17

piramide-alimentar.jpg

Boas.

Hoje em dia uma das coisas que se debate bastante é sobre a nossa alimentação e se aquilo que ingerimos é o melhor ou não. Pois bem li uma peça na Net que achei bastante interessante e que trago aqui uma pequena parte:

10 Regras de ouro para uma alimentação saudável

A melhoria das condições económicas e uma alimentação mais equilibrada são as razões apontadas para este crescimento

"Afinal, o que devemos ou não comer?" É a esta pergunta que a bastonária da Ordem dos Nutricionistas se propõe responder no livro Comer Bem é o Melhor Remédio, do qual publicamos uma lista das 10 regras de ouro para uma alimentação saudável

  1. Fazer 5 a 6 refeições diárias, não estando mais do que 3 horas e meia sem comer. Claro que na teoria isto é muito giro, mas na prática e uma pessoa trabalhando não é assim tão simples, mas vou dizer isto ao meu chefe.
  2. Tomar sempre o pequeno-almoço na primeira hora após acordar. E se for como eu e não conseguir comer tão cedo, coma passado duas horas.
  3. Consumir pelo menos 5 porções de fruta e de hortícolas por dia. E é uma questão de hábito. Eu por vezes lá em casa sou quase como o Ratatui.
  4. Iniciar sempre as refeições principais com sopa, o que ajuda a controlar o apetite. Este exemplo é giro. Especialmente nesta altura do ano com quase 30 graus. Até sabe bem. Ao mesmo tempo que se come, dá para fazer sauna.
  5. Mastigar muito bem os alimentos e fazer as refeições em locais calmos e tranquilos. Às vezes no trabalho tenho duas horas para comer e isto acompanhado de violinos. Ou então não!
  6. Beber pelo menos 1,5 litros de água por dia. A sede é um sinal tardio de desidratação. O consumo adequado de água é fundamental para hidratar devidamente o organismo. Acho muito bem, claro que existem pessoas que bebem uma água que dá vontade de rir, mas deve ser das novas!
  7. Optar por consumir mais peixe do que carne, alternando o seu consumo entre o almoço e o jantar. Deve consumir-se peixe pelo menos duas vezes por semana (100 g). As melhores escolhas são os peixes gordos como a sardinha, a cavala, o carapau, o atum, o salmão e o arenque. Se fôr como eu este parágrao fica assim um bocadinho no esquecimento. Mas fica sempre bem a gente dizer que sim.

Nas carnes, deve dar-se preferência às carnes brancas (como peru, frango e coelho) e limitar o consumo de carnes vermelhas (como porco, vaca e borrego) a uma a duas vezes por semana (100 g). A carne processada (como bacon, salsichas, presunto e enchidos) não deve ser consumida mais do que uma vez por semana (50 g). Fácil não é!

  1. Cozinhar de forma adequada os alimentos, controlando a quantidade de gorduras e optando pela utilização de azeite. Claro que quem escreveu isto deve ganhar o triplo do que eu ganho porque senão dizia se possível, porque o azeite é uma gordura muito boa, só é pena é o ouro que está nas garrafas.
  2. Reduzir o sal adicionado na confecção. Temperar utilizando maior quantidade de cebola, alho, tomate, pimento, ervas aromáticas e especiarias. Uma boa solução é temperar com marinadas (popularmente conhecidas como vinha d’alhos). Usar ervas é fundamental. Claro que há pessoal que utiliza erva, mas essa dá para rir umas horas seguidas.
  3. Privilegiar alimentos ricos em fibra, como as leguminosas, os hortofrutícolas e os cereais integrais. Integralmente de acordo!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:02


A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Comentários recentes


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D