Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Alimentação. Cuidados a ter!

por jl, em 17.10.17

alimentação.jpgBoas.

Que esteja tudo bem aí por esses lados. Enquanto andava a cuscar a Net deparei-me com um artigo que me fez lembrar um pouco das fraldas da minha pimpolha. Ou da falta delas. Agora ela está num período em que está alargar as mesmas e não deixa de ser uma aventura especialmente para os pais e muito especialmente para este desgraçado que sou eu. Mas voltando ao Mundo dos Adultos, o artigo que eu falava era sobre uma alimentação saudável  para que o nosso intestino esteja sempre ok.

Já se que tudo o que comemos tem um impacto direto na nossa saúde intestinal, por isso, está na hora de reduzir ao máximo o consumo de determinados alimentos que nos são prejudiciais.

A boa saúde intestinal depende dos bons alimentos, daqueles que são naturais, nutritivos e repletos de fibra. Mas não só: a nossa saúde intestinal depende dos alimentos que se assumem como amigos das bactérias que o referido órgão aloja.

Mas já que o intestino está à mercê de tudo o que ingerimos - para o bem e para o mal - o seu bem-estar e bom funcionamento depende também da exclusão de alguns alimentos que nada de bom trazem para a saúde em geral embora nos possam saber maravilhosamente.

As bebidas alcoólicas e as bebidas com cafeína (seja o café, o chá ou as bebidas energéticas, por exemplo) são de evitar, uma vez que qualquer um deste tipo de bebidas é capaz de estimular em demasia os intestinos, podendo causar diarreia e com o mal-estar que daí advém.

O site Consumer Reports afirma que os sumos de fruta açucarados são um outro tipo de alimento a excluir da dieta assim que possível. E não é difícil perceber o porquê. Por muito saudáveis que possam parecer, estas bebidas são uma verdadeira bomba de açúcar devido à mistura de frutose com outros açúcares químicos, incluindo o aspartame. Além de provocarem o aumento de peso, estas bebidas dificultam a digestão e causam gases, consequência também comum das bebidas gaseificadas açucaradas. Os famosos foguetes nocturnos!!

E por falar em açúcar, tudo o que sejam doces ou gomas que se rotulam como sem açúcar são maus para o intestino, pois contêm, na sua generalidade, aditivos que causam gases, desconforto abdominal e diarreia. O que parece ser uma coisa boa para a saúde, na realidade é o oposto.

As carnes vermelhas processadas e ainda os alimentos fritos são outros exemplos dados pela publicação. Embora tenham diferentes impactos negativos na saúde, estes dois tipos de alimentos actuam de uma forma idêntica no intestino: permanecem demasiado tempo no estômago e aumentam o risco de azia.

Sei que não é fácil abdicar deste tipo de alimentos, mas mesmo que isso não aconteça, o simples facto de reduzir este tipo de alimentos ajuda a nossa saúde. Sei que não é fácil especialmente com a vida que se leva hoje em dia, mas porque não aproveitar um dos dias do fim-de-semana e adiantar o jantar para a restante semana? Para além de ser mais saudável, até economicamente é muito melhor para a nossa carteira.

Hoje pode ser só blá blá, mas no futuro a nossa saúde irá agradecer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:47


A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Outubro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Comentários recentes

  • Terminatora

    Ahahaha muito bom!

  • ipgines

    adorei.japão e japoneses são realmente um mundo ne...

  • Terminatora

    Eu tenho dito que com a idade, as "banhas" começam...

  • Aninhas

    Infelizmente, é a situaçao da vida!:-( .

  • Aninhas

    Em PORTUGAL perde-se o emprego, pr ficar em casa a...


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D