Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


De luto, mas por pouco tempo

por jl, em 30.11.16

chape.pngBoas.

Ontem foi um dia em que chegaram inúmeras notícias de falecimentos relacionados com o futebol. Entre aquelas que mais chamaram a atenção foi a da equipa da Chapecoense.

O avião que caiu levava a equipa de futebol brasileira Chapecoense a Medellín, na Colômbia, onde seria disputada a primeira mão da final da Copa Sul-Americana. Na origem do acidente terão estado alegadas falhas eléctricas.

Segundo informações divulgadas esta manhã pela Aviação Civil, a bordo seguiam 22 futebolistas, 28 acompanhantes e equipa técnica, 22 jornalistas e nove membros da tripulação.

Avança o site desportivo da Globo que as operações de busca e resgate foram encerradas o balanço final de 6 feridos e 71 mortos. Isto é uma notícia imensamente triste e que deixa uma pessoa sentida, mas no meio desta tragédia o que se ouviu ontem todo o dia era que jogadores de futebol tinham sofrido este acidente. As outras pessoas não contaram. Inclusivé os jornalistas quase que nem eram falados na própria comunicação social. Mas é isto que temos.

Há duas semanas, o mesmo avião tinha sido utilizado pela selecção argentina de futebol, na viagem de Buenos Aires até San Juan para o jogo contra a Colômbia no âmbito das eliminatórias da Copa do Mundo da Rússia-2018. E se esta tragédia tivesse acontecido nessa altura?

Mas as notícias negras no que diz respeito ao desporto-rei não se ficaram por aqui já que Nuno Greno, membro da equipa técnica chefiada por Vítor Campelos no Vitória de Guimarães B, da II Liga, morreu aos 23 anos, vítima de doença prolongada, doença essa diagnosticada há cerca de um ano, não tendo conseguido vencer a maior batalha da sua vida

Já à noite ouvi que o defesa Willy Boly não estava no FC Porto-Belenenses devido ao falecimento do seu pai. Naturalmente, confrontado com esta triste notícia acabou por ser libertado.

O futebol é um desporto e um espectáculo que arrasta multidões, mas só é pena que os momentos de tristeza e solidariedade sejam efémeros e daqui a duas semanas poucas pessoas se irão lembrar destes momentos e aí já será quase uma «guerra» novamente.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:58



A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Comentários recentes

  • Nuno

    Obrigado pela partilha

  • Kikas

    Boa tarde.Gostei muito do artigo. O Reader´s Diges...

  • vibradores

    No final de Alcabo é o que toca a cada 28 dias.

  • Maribel Maia

    Ou será que os ladrões são um grupo de miúdos gulo...

  • Aninhas

    28 filhos? Valha-me santo cristo! E todos da mesma...


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D