Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Em Portugal tudo pode acontecer

por jl, em 11.08.16

fogo.jpgBoas.

Hoje na zona do Porto está um cheiro a queimado que por muito que se queira evitar é quase impossível. Se assim continua isto não vai ficar nada fácil de aguentar. Estamos numa fase em que os Bombeiros são quase uns heróis, em que toda a gente dá água, dá alimentos, em que no facebook os soldados da paz são uns heróis e por aí fora. Mas só são uns «santos» durante um mês por ano? Só se lembram de criar condições para as corporações durante esta altura? Eu sinceramente não sou muito conhecedor nesta área, mas penso que quer a prevenção quer o combate aos fogos, é fora do Verão que as coisas deveriam ser preparadas, mas sendo Portugal o país que é, isto basicamente é chover no molhado. As pessoas só irão lembrar-se disto quando os incêndios acabarem, quando não existir mais nada para arder. Acima de tudo lembrei-me de escrever estas linhas porque no JN vem uma notícia «curiosa». Cá vai:

Mais de metade dos detidos por fogo posto são libertados

O alegado autor do violento incêndio da Madeira ficou, nesta quarta-feira, em prisão preventiva, mas já tinha sido detido pelo mesmo tipo de crime, em 2011, e, na altura, foi logo libertado por um juiz. Em Braga, o suspeito de atear um fogo na zona do Sameiro, também esta segunda-feira, tinha sido condenado por um crime de incêndio florestal, no passado mês de Abril, a uma pena suspensa. E, esta terça, voltou a ter sorte: a Polícia Judiciária levou-o a um juiz, para aplicação de medidas de coacção, e ele foi libertado.

Qual seria a atitude que os senhores juízes teriam se fossem eles as vítimas directas deste flagelo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:59



A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2016

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Comentários recentes


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D