Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Filho Milagre

por jl, em 23.03.17

tribunal.jpegOlá.

Hoje em dia a Vida não está muito fácil. E por vezes lá se tem que inventar certos estratagemas para poupar mais uns euritos. E quando digo que tem que se inventar, é uma maneira simpática de se dizer que se tem que poupar em alguns sítios para se poder gastar noutros. Mas existem pessoas que quando se fala em «inventar» levam isso literalmente à letra. Cá vai a pequena história que nem o Professor Pardal se lembrava:

Inventam filho para ter casa e ganhar 9 mil euros mas "Luís Filipe" nunca existiu, apesar de o casal ter lucrado com o falso filho durante sete anos.

Tribunal do Bolhão, no Porto, está a julgar o casal. O homem está em prisão preventiva por causa de outro processo

‘Luís Filipe’ nasceu a 20 de Março de 2005. Vivia com os pais e uma irmã numa casa, no bairro da Pasteleira, no Porto, e tinha um quarto só para ele. Um menino como tantos outros não fosse o pormenor de nunca ter existido.

‘Luís Filipe’ não passou de uma invenção de Paula Moreira e de Horácio Cardoso para conseguirem nova casa da câmara, receberem abono de família em nome do menor e aumentarem o rendimento social de inserção, num valor de quase nove mil euros. O casal, que enganou tudo e todos durante mais de sete anos, está a ser julgado no Tribunal do Bolhão, no Porto, e confessou integralmente a acusação. "É tudo verdade. O objectivo era ter uma casa maior para dar mais conforto à nossa filha (deve ser gordinha para precisar de 2 quartos). Vivíamos num T1 e queríamos um T3. Inventámos um filho", disse à juíza Horácio Cardoso, 41 anos, que está preso por outro processo. "Estou arrependida. Queria uma casa maior e estava a passar dificuldades. É verdade que o ‘Luís Filipe’ nunca existiu", confessou Paula Moreira, de 44 anos, que está com pulseira electrónica, aguardando recurso também noutro processo.

O casal responde por burla tributária qualificada, falsificação de documento e de testemunho. Ou seja um casal exemplar! O caso foi descoberto em 2013 quando os dois foram detidos por tráfico de droga (o quaro a mais devia ser para guardar a mercadoria). O Tribunal de Família e Menores queria entregar aos avós a guarda de ‘Luís Filipe’ e das duas irmãs (a segunda nasceu em 2009), mas os pais não diziam onde estava o menor. Pois!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:38


1 comentário

De Malik a 23.03.2017 às 12:51

Lá está, esses 9.000 apareceram (sardinhas)... mas, e os milhares de milhões (tubarões)????

Comentar post



A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Comentários recentes

  • Nuno

    Obrigado pela partilha

  • Kikas

    Boa tarde.Gostei muito do artigo. O Reader´s Diges...

  • vibradores

    No final de Alcabo é o que toca a cada 28 dias.

  • Maribel Maia

    Ou será que os ladrões são um grupo de miúdos gulo...

  • Aninhas

    28 filhos? Valha-me santo cristo! E todos da mesma...


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D