Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Milagre! Milagre!

por jl, em 30.04.17

tetraplegico.jpgOlá.

Por norma a Páscoa é um período em que se ouve falar de milagres, mas para a nossa Segurança Social todos os dias acontecem milagres. Cá vai a história:

Tetraplégico vê recusada reforma por invalidez

Todos os anos, no relatório de actividades do Provedor de Justiça, José de Faria Costa, são denunciadas as situações em que este foi obrigado a intervir, em áreas muito distintas, que em comum têm sempre o desrespeito total ou parcial dos direitos sociais dos portugueses. São habituais as queixas relacionadas com o ISS (Instituto de Segurança Social) relatadas no relatório deste ano, mas uma merece especial destaque e, de acordo com o provedor, mereceu uma intervenção "singular": um doente tetraplégico viu ser-lhe negada a reforma por invalidez. No caso, relatado no relatório do Provedor de Justiça relativo a 2016, "em causa estava o não reconhecimento da incapacidade permanente para o trabalho de um doente tetraplégico por parte do Serviço de Verificação de Incapacidades do Instituto da Segurança Social (ISS)". Serviço de Verificação de Incapacidade Permanente consiste numa peritagem médica que é responsável por avalizar se alguém está ou não apto para trabalho, mediante sofrer de uma doença ou deficiência. Para que o doente ou deficiente receba a pensão de invalidez ou outros subsídios é necessário que este órgão confirme a incapacidade ou deficiência. Se o beneficiário de determinado subsídio ou pensão não concorda com a avaliação feita pelo Serviço de Verificação de Incapacidades, pode pedir reavaliação à Comissão de Recursos, que integra três peritos (dois designados pela Segurança Social e o terceiro seleccionado pelo beneficiário. Neste caso em particular, o Provedor considerou que se estava perante "um caso de erro grave ou manifesto da peritagem médica dos serviços do ISS".

 A intervenção "permitiu esclarecer e resolver a questão do reconhecimento da situação de invalidez do queixoso", é descrito no relatório. O ISS foi questionado sobre este caso em concreto, mas não obteve resposta. Queixas ao provedor motivam abertura de quase 1500 processos No relatório, que pode consultar na íntegra, é ainda revelado que as queixas recebidas por José de Faria Costa resultaram na abertura de 1496 processos, cerca de 9% menos do que no ano anterior. Destes processos, 22% estão relacionados com a Segurança Social. O provedor reconhece, no entanto que "a actuação do novo Conselho Diretivo [do ISS] (…) veio imprimir maior celeridade nas respostas às interpelações do Provedor".

Será que eles fazem o milagre da multiplicação? Se assim for mando para lá 10 euros, mas conhecendo um pouco deste país o milagre que existe é o da subtracção!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:53



A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2017

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Comentários recentes

  • Terminatora

    Ahahaha muito bom!

  • ipgines

    adorei.japão e japoneses são realmente um mundo ne...

  • Terminatora

    Eu tenho dito que com a idade, as "banhas" começam...

  • Aninhas

    Infelizmente, é a situaçao da vida!:-( .

  • Aninhas

    Em PORTUGAL perde-se o emprego, pr ficar em casa a...


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D