Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Obrigada, grande empresa!

por jl, em 11.07.17

ua.jpgOlá.

Hoje li um artigo que embora seja um tema meio carácacá me deixou um pouco intrigado e que falava sobre o respeito ao neste caso a falta dele de que muitas empresas tem para os seus clientes. Cá vai a peça:

United Airlines obriga mãe a viajar com filho ao colo

A companhia aérea norte-americana terá revendido o bilhete a outro passageiro.

Uma mãe que viajava com o filho, um menino de dois anos, foi obrigada a viajar com a criança ao colo porque a United Airlines revendeu o bilhete da criança. Quando li o título pensei ingenuamente, que a criança viajava no colo da mãe, porque o seu lugar não era pago e portanto esta era a consequência, mas…

De acordo com a ABC, a mãe, Shirley Yamauchi, tinha pago cerca de 855 euros pelo bilhete do filho, Taizo, mas a companhia aérea revendeu esse mesmo bilhete a outro passageiro por menos de 70 euros. O chamado negócio da Chine, pelo menos para o passageiro!

Mãe e filho preparavam-se para fazer a viagem entre Houston e Boston, um voo de cerca de três horas e meia, quando perceberam que o lugar destinado à criança já estava ocupado por outro passageiro.

De acordo com Shirley, “a assistente de bordo veio, encolheu os ombros e disse que o voo estava lotado”. Ainda dizem que os Tugas inventam desculpas por tudo.

A mulher acabou por não reclamar porque se lembrou da outra polémica com a United Airlines, em que um passageiro foi arrastado para fora de um dos aviões da companhia aérea. Pois!!

A United Airlines já explicou que o problema teve a ver com a digitalização do bilhete da criança, que no sistema aparecia como um lugar livre. A companhia aérea já se desculpou, reembolsou a mãe e deu-lhes um voucher de viagem.

Eu sinceramente às vezes fico a pensar que a organização destas grandes empresas é feita estilo merceeiro, com um livro em que se apontam as coisas à mão. Na publicidade é tudo maravilhoso e o cliente é quase tratado num berço de ouro, mas na realidade o cliente parece que está a fazer um favor a estas companhias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:11


1 comentário

De mami a 11.07.2017 às 17:13

Eu já não sei se estas histórias me surpreendem ou me desiludem!

Comentar post



A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Comentários recentes

  • Nuno

    Obrigado pela partilha

  • Kikas

    Boa tarde.Gostei muito do artigo. O Reader´s Diges...

  • vibradores

    No final de Alcabo é o que toca a cada 28 dias.

  • Maribel Maia

    Ou será que os ladrões são um grupo de miúdos gulo...

  • Aninhas

    28 filhos? Valha-me santo cristo! E todos da mesma...


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D