Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Olha o queijinho!

por jl, em 16.01.17

iraque.pngBoas.

Hoje enquanto lia as notícias vi uma que apesar de já vir de sexta-feira me deixou atento ao que lia. Cá vai:

O embaixador do Iraque em Portugal chegou a acordo extrajudicial com a família do jovem espancado em Ponte de Sor para que esta desista de apresentar queixa na justiça. A família de Ruben Cavaco, de 16 anos, deverá receber algumas dezenas de milhares de euros, sendo que se fala em cerca de cinquenta mil euros.

O advogado do jovem, Santana-Maia Leonardo, não quis precisar o montante da indemnização. Mas mostrou-se satisfeito, até porque, na sua opinião, este acordo vai servir para desanuviar as relações entre os dois países (sendo que no Iraque não se falava de outra coisa!), que se tornaram tensas precisamente por o Iraque se ter recusado até agora a levantar a imunidade diplomática dos gémeos que agrediram Ruben Cavaco. "O Governo podia ter de tomar uma posição mais dura em relação ao embaixador e aos seus filhos. Assim já não há necessidade", observa. "Tudo está bem quando acaba bem". Também era chato dizer que venha de lá o dinheirinho.

Ruben Cavaco esteve vários dias entre a vida e a morte após a agressão, em meados de Agosto passado. Segundo o advogado, "está recuperado a 100%" das várias lesões que sofreu e "não vai ficar com sequelas". Por isso, "só havia a negociar danos não patrimoniais".

"Com o pedido de desculpas e o pagamento sentimo-nos reparados e foi feita justiça", acrescenta Santana-Maia Leonardo.

Foram várias as diligências feitas no âmbito deste caso pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. O governante chegou a ameaçar declarar o embaixador e os filhos personae non gratae, obrigando-os assim a abandonar o território nacional. As autoridades iranianas tinham até 5 de Janeiro passado para dizer por fim a Portugal se levantavam ou não a imunidade diplomática, mas voltaram a protelar uma decisão, alegando não estarem suficientemente esclarecidas sobre os contornos jurídicos da questão.

O chefe da diplomacia portuguesa explicou que o Governo vai agora deliberar sobre o caso no que ao levantamento da imunidade diplomática diz respeito."Esta base de entendimento é um elemento adicional que o Governo considerará, como um entre vários elementos de que disporá, quando tiver que deliberar", disse o ministro, acrescentando que "o processo penal segue o seu curso" na justiça.    

Em bom português, o governo Iraquiano esteve completamente a marimbar-se para o que o Portugal dizia e se Portugal quiser carregar na tecla de castigar os filhos do embaixador tenho um palpite que os Iraquianos vão fazer igual. Não era este caso que se batia na tecla dos senhores que agrediram tinham que pedir desculpa? As notas são como o queijo, fazem esquecer muita coisa!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:33



A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2017

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Comentários recentes

  • Terminatora

    Ahahaha muito bom!

  • ipgines

    adorei.japão e japoneses são realmente um mundo ne...

  • Terminatora

    Eu tenho dito que com a idade, as "banhas" começam...

  • Aninhas

    Infelizmente, é a situaçao da vida!:-( .

  • Aninhas

    Em PORTUGAL perde-se o emprego, pr ficar em casa a...


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D