Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Pequena mas grande atitude

por jl, em 03.11.16

800.jpgBoas.

Que estejam bem. Hoje venho aqui deixar uma peça que embora pareça insignificante, a mesma vinda de uma criança é bastante significativa. Cá vai ela:

A menina de cinco anos que doa bolinhos aos sem-abrigo

Criança em Inglaterra começou uma campanha para ajudar os moradores de rua na cidade de Manchester depois de ver a triste situação em que eles vivem                     

Olivia Westlake, uma menina de cinco anos, de Manchester, Inglaterra, ficou impressionada com a imensidão de sem-abrigo que vivem nas ruas da cidade. A criança não ficou indiferente a essa situação e pediu ajuda aos seus pais para levar alimentos e cobertores aos moradores de rua.

Depois de insistir muito, o pedido de Olivia foi aceite pelos pais, que começaram a ajudá-la a levar bolinhos feitos em casa e garrafas de água para aqueles que mais necessitam.

“Isto deixa-me muito triste ver as pessoas sem família como a minha e com frio e molhados. Da próxima vez vamos tentar trazer cobertores e roupas porque está a ficar frio”, disse Olivia ao jornal Daily Mail.

A menina de cinco anos, que ainda está na escola primária, é extremamente querida e muito consciente para a idade, de acordo com os seus pais.

Temos seis filhos no total e estamos habituados a ver as frequentes discussões entre eles. Se os rapazes estão a usar o computador têm de estar constantemente a trocar para evitar confusões, mas quando é a vez da Olivia, ela diz: ‘deixem os rapazes jogar, eles estão a divertir-se’. Isto é apenas uma demonstração do tipo de menina que ela é”, referiu o pai ao Daily Mail.

Os pais afirmam que esta foi uma ideia exclusiva da menina de cinco anos. Ela disse-me que agora este é o seu trabalho, ajudar os sem-abrigo”, afirmou o pai.

Para apoiar a campanha criada por Olivia, a família criou uma página “Just Giving”, onde tem arrecado fundos para os alimentos e equipamentos necessários para ajudar os moradores de rua. Até agora, conseguiram arrecadar mais de 90 euros e preparam-se para voltar a sair às ruas no próximo fim-de-semana.

Seria tão bom que atitudes destas fossem muito mais vezes repetidas. E quem tem poder económico para lutar contra esta desigualdade muitas vezes mete esta ideia na gaveta. Claro que agora chegando o Natal vai ser tudo muito bonito, mas já se sabe que tudo isto é efémero.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:20



A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930

Comentários recentes


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D