Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Será mesmo assim?

por jl, em 17.02.17

pé bebé.jpgBoas.

Por muito que se queira evitar certas coisas, elas parece que nascem nos jornais. Aqui vai:

Mulher deixou filho bebé em coma

Mãe fica inibida do poder paternal no período da pena.

O Tribunal de Santarém condenou na passada quarta-feira, a seis anos e oito meses de prisão uma mulher que agrediu com violência e sujeitou a maus-tratos graves o próprio filho, na altura com apenas 14 meses de idade (?!?). Em Outubro de 2010 (há 7 anos!!), o bebé deu entrada no Hospital de Santarém já em coma e sobreviveu à morte quase por milagre, numa intervenção cirúrgica bastante arriscada. Raquel Silva, de 33 anos, residente no concelho de Rio Maior, estava acusada de um crime de maus-tratos, mas acabou condenada por um de violência doméstica, depois de uma alteração na qualificação jurídica promovida pelo colectivo de juízes. Na leitura do acórdão, o tribunal sublinhou as "condutas criminosas de elevadíssima gravidade" da arguida, que disse em julgamento que as lesões apresentadas pelo bebé foram fruto de uma queda acidental de cima da cama. Face aos relatórios médicos, o colectivo considerou esta versão "completamente inverosímil e incoerente", tendo em conta que o menor até marcas de dentadas apresentava no corpo. A arguida foi condenada à inibição do exercício paternal durante o período da pena de prisão.

Se a notícia em si é macabra, o que me deixou mais perplexo foi de ler que o exercício paternal durante o período da pena de prisão estava inibido. Isso quer dizer que o mesmo voltará ao normal depois de a referida senhora sair em liberdade?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:03



A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Fevereiro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728

Comentários recentes


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D