Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Uma vida mais saudável

por jl, em 02.05.17

alimentação.jpgBoas.

Nós somos o que comemos, sempre ouvi dizer isto e para ajudar a comprovar estes factos aqui deixo um artigo dedicado a este tema:

“Por favor não coma isto” pedem os cardiologistas

Comida enlatada, enchidos, fritos e doces. Mas afinal, o que é seguro comer? Um estudo norte-americano ajuda a responder a esta questão.

O Dr. Clyde W.Yancy, chefe de Cardiologia do Departamento de Medicina da Northwestern University diz que a melhor dieta abrange uma rotina saudável que conjuga uma alimentação equilibrada com exercício físico, alertando ainda para a questão das porções dos alimentos.

“Não tem só que ver com o que comemos, mas também sobre como consumimos as calorias”, “a moderação provou ser a chave para o sucesso”, disse o médico num artigo publicado no site The Active Times.

No entanto, há alimentos que os cardiologistas recusam. Quais são?

Alimentos processados ou congelados

“Estes contêm produtos químicos, aditivos e conservantes que não são saudáveis”, diz o Dr. Kevin Campbell, cardiologista de renome mundial. “Os alimentos frescos fornecem nutrientes muito melhores e têm menos calorias. Os alimentos processados contêm frequentemente potenciadores de sabor que são produzidos artificialmente. Além disso, este tipo de alimentos tem uma carga de sódio muito alta “, acrescenta. Mas não comendo isto, ainda resta um leque bastante alargado de alimentos.

Refrigerantes

O dr. Campbell diz que estes produtos “não têm valor nutricional e são muito densos caloricamente. Contribuem para a obesidade”. Refrigerantes diet são, por vezes, piores ainda que o produto original, conclui o médico. É por isso que só bebo frutas naturais. O Compal é bem saboroso!

Batatas-fritas de pacote

“São alimentos carregados com calorias, frequentemente fritos e com pouco, ou nenhum, valor nutricional,” refere o mesmo médico.

As batatas fritas também caem na categoria de alimentos que estão são muitas vezes feitas com olestra, um substituto de gordura que se junta às vitaminas A, E, D e K e carotenóides, que são nutrientes antioxidantes, e esvazia-os para fora do corpo. É por isso que batatas de pacote não como, deito-as sempre numa taça.

Comida frita

“Não há razão para comer fritos”, diz Dr. Yancy. “Não há absolutamente nenhum beneficio cardiovascular”. Mal começa a fritar alimentos, o óleo torna-se cancerígeno. As gorduras ‘trans’ que compõem estes alimentos causam inflamações no corpo, aumentam o colesterol e entopem e endurecem as artérias. Ou seja quem come fritos, fica uma pessoa dura!

Álcool a mais

“Pequena quantidade de vinho – um copo por noite no máximo – pode ser benéfico”, diz Yancy. “Mas não mais.”

O álcool pode desencadear sintomas de fibrilação arterial (arritmia), o que aumenta o risco de acidente vascular cerebral em cinco vezes. O consumo excessivo de álcool impede o fígado de produzir materiais que auxiliam a coagulação do sangue. Isto por acaso é daquelas coisas que não me afectam porque não bebo, mas se bebesse era só um copo. Tenho uns lá em casa que levam 1 litro. Mas com moderação.

Bacon

O bacon tem muita gordura, alerta David Fischman, co-diretor do Laboratório de Cateterismo Cardíaco na Universidade Thomas Jefferson. Além disso, os nitratos que ajudam esses alimentos a manter a cor durante mais tempo, fazem mal ao corpo pois podem converter-se em substâncias químicas cancerígenas, de acordo com o CDC. E para além disso faz-me chorar quando como bacon. Faz-me sempre lembrar do filme Babe. Era tão querido aquele porquinho.

Enchidos

Estas carnes processadas contêm muito sódio e gordura, diz Fischman. “O peru é menos gordo, mas tem muito sal”, o que quer dizer que um consumo elevado pode conduzir à hipertensão e danificar os vasos sanguíneos, entre outros problemas de saúde. É por isso que peru nem no Natal, fiambre só de frango.

Cachorros quentes

“Eles não devem ser um alimento básico para ninguém”, diz o Dr. Fischman. São muito processados e têm muito sal. Já por isso é que agora só como gatos-quentes. Miauuuu.

Comida enlatada

“Qualquer alimento conservado numa lata contém níveis muito altos de sódio, porque é com isso que preservam a comida”, refere Fischman. “É sempre melhor comer alimentos frescos”. Para não fazer tão mal mais vale colocar a lata no frigorífico. É enlatada mas está fresca!

Doces

“O açúcar refinado é tóxico para o corpo, especialmente se consumido em grandes quantidades já que provoca picos de insulina, que levam ao aumento de peso “, diz Fischman. Os níveis de ‘mau’ colesterol também sobem. Para isto não acontecer mais vale comer a bola de Berlim com um copinho de água. Assim nem tudo é mau.

Comida de Microondas

Estes alimentos são maus e inserem-se, segundo Fischman, na categoria “qualquer coisa numa caixa”. Em geral, “são preservados com muito sódio e muito ricos em calorias.” Claro que numa situação para desenrascar lá terá de ser, mas compensa muito mais ter comida congelada confeccionada por nós, ou ainda melhor feita pela Maria.

Bebidas energéticas

“Não é bom, especialmente pior quando misturado com álcool”, alerta o especialista. As bebidas energéticas têm demasiada cafeína, uma das drogas legais mais perigosas, que origina pressão alta e ritmo cardíaco acelerado, acrescenta Fischman. Claro que beber um Red Bull esporadicamente não trará mal ao Mundo, mas claro que ainda não se viu nenhum touro com asas a voar.

Mas falando mais a sério, nada está proibido, mas as coisas que nós sabemos que nos fazem mal terão que ser a excepção e não a regra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:07



A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Comentários recentes

  • Nuno

    Obrigado pela partilha

  • Kikas

    Boa tarde.Gostei muito do artigo. O Reader´s Diges...

  • vibradores

    No final de Alcabo é o que toca a cada 28 dias.

  • Maribel Maia

    Ou será que os ladrões são um grupo de miúdos gulo...

  • Aninhas

    28 filhos? Valha-me santo cristo! E todos da mesma...


Mensagens




Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D