Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

29
Nov15

Abençoado seja esse Urso

jl

panda.pngBoas.

Hoje ao ver a minha bebé lembrei-me dos prémios Nobel. Eu sei que a relação entre a minha bebé e os prémios Nobel não parece assim uma ideia muito lógica, mas quando estou com a televisão ligada no canal Panda e vejo a minha pimpolha sossegada então vejo que quem se lembrou de criar um canal assim deveria ser distinguido com um galardão como o Nobel.

Quando ouvia colegas meus a dizer bem deste urso eu achava sempre que estavam a exagerar mas daquilo que eu vejo é motivo para dizer que é Deus no Céu e Panda na Terra.

25
Nov15

De barriga cheia e de cabeça vazia

jl

jantando-com-os-simpsons_5935_1152x864.jpgPortugueses jantavam em família. Agora jantam a olhar para o ecrã

Inquérito online promovido pela marca Iglo junto de cerca de 4.500 portugueses revela dados preocupantes. Não só em termos sociais como também no plano dos hábitos alimentares.  

A hora de jantar sempre foi uma 'hora sagrada' da cultura portuguesa caracterizada, regra geral, pela reunião da família onde o convívio e a partilha de experiências são aprofundados. Costumava ser assim...

Agora, os portugueses escolhem jantar com a atenção colada à televisão ou ao telemóvel. Um estudo revela que 98% dos portugueses janta, pelo menos, cinco vezes por semana com a televisão ou telemóvel ligados.

Estas conclusões foram retiradas de um inquérito online promovido pela marca Iglo junto de 4.469 portugueses, de Norte a Sul do país, com uma média de agregado familiar de três pessoas.

De acordo com os dados identificados, os portugueses sentem agora necessidade de estar atentos ao telemóvel ou ao televisor durante a hora de jantar. Este hábito não tem só efeitos no campo das relações entre as pessoas, também influi na área dos comportamentos alimentares.

Zélia Santos, presidente da Associação Portuguesa de Dietistas (APD) e membro do Conselho Executivo do Movimento 2020, esclarece que "o momento da refeição deve ir muito além da sua função nutricional, dada a conotação social e cultural que a alimentação" tem nas vidas dos portugueses.

"Cozinhar e conviver à mesa, na companhia de familiares e amigos, fomenta o bem-estar e cria condições para uma alimentação correta e consistente. Por exemplo, a mesa é o cenário ideal para passar às crianças a importância de fazer uma alimentação equilibrada e criar apetência pelas escolhas mais saudáveis", acrescenta a responsável.

Desta forma, e face aos resultados, "ao ritmo a que se vive, a hora de jantar torna-se no momento privilegiado para as famílias se reunirem e conversarem".

"Ao ocupar espaço com o telemóvel ou a televisão, há uma probabilidade acrescida de estarmos a tornar a refeição numa ingestão indiscriminada de alimentos e a perder o prazer do convívio, que é um dos conceitos em que assenta a Dieta Mediterrânica", termina Zélia Santos.

E para além de todas estas questões, acho que se perde a convivência entre as pessoas. Há famílias que parecem que falam por códigos onde só se ouvem grunhidos ou o Sim ou o Não. Eu gosto muito de ver televisão mas não troco isso por momentos em que se possa conviver com aqueles que gosto. Mas o mesmo se aplica a redes sociais como Facebook’s e por aí fora onde as pessoas tem trezentos amigos mas vivem quase em solidão. Mas se hoje em dia é assim, o que acontecerá daqui a dez anos?

25
Nov15

Alimentação infantil

jl

ihihnoi.png

Boas. Enquanto hoje andava a navegar na NET decidi visitar a página do Sapo e enquanto andava a ver as notícias de hoje decidi ver um artigo daquilo que as crianças não deveriam comer até aos cinco anos. Eis, que como alimento que não se deveria comer apareceram OSSOS.

Fiquei a pensar em duas coisas; tirando os cãezinhos quem é que comeria ou daria ossos aos seus filhos; segundo se até aos cinco anos não se comeria, isso queria dizer que a partir dessa idade isso seria saudável!!??  

Enfim !!

24
Nov15

Ganhar por goleada

jl

hospital.jpgBoas. Enquanto hoje via as notícias vi uma que me chamou particularmente a atenção. Aqui vai:

Manhã diferente no Instituto Português de Oncologia do Porto

Jorge Simão, Diogo Jota e Manuel José proporcionaram, esta terça-feira, manhã diferente do habitual às crianças internadas na Ala Pediátrica do IPO do Porto.

Treinador e jogadores distribuíram camisolas e outros adereços alusivos ao clube, deixando os mais pequenos de sorriso no rosto.

Eu sou simpatizante do F.C.Porto, mas o que os elementos do Paços de Ferreira fizeram neste caso faz deste clube um verdadeiro Campeão.

23
Nov15

Obrigada «Pai Natal»

jl

DSCF2017.JPGE está a chegar aquela altura do ano que para mim é muito especial. E este ano para mim ainda será muito mais extraordinária.

 

Eu sei que nesta época festiva não terei aquela pessoa muito especial para mim, mas também sei que esse «Pai Natal» está sempre a olhar por todos nós.

 

Mas embora triste, também sei que tudo isto faz parte da nossa vida e embora não haja substituição para quem nos deixa também sei que este ano terei uma alegria por ver alguém que é parte de mim viverá o seu primeiro Natal.

 

E embora por vezes se possa reclamar da vida, ela é uma dádiva daquilo que vamos recebendo no decorrer dos anos.

 

23
Nov15

Cegueira selectiva

jl

cegueira.pngBoas.

Enquanto hoje via as últimas do dia, vi uma notícia que me chamou a atenção. Aqui vai:

Médico preso por tentar incendiar corpo de paciente

Um médico foi preso na Índia depois de ter tentado incendiar o corpo de um paciente que morreu após um tratamento a dores nas costas e febre.

O paciente, de 45 anos, desmaiou e morreu pouco depois de ter tomado analgésicos numa clínica privada na cidade de Hyderabad, no sábado, disse o responsável da polícia daquela cidade no sul da Índia.

Alegadamente, o médico levou o corpo do homem, de mota, para um local isolado e cobriu-o com gasóleo, tentando depois incendiá-lo, mas foi impedido por habitantes locais.

O médico, que já tratara a vítima em ocasiões anteriores, está detido a aguardar resultados da investigação policial e enfrenta acusações de homicídio e destruição de provas, disse o agente policial.

O corpo foi enviado para autópsia para determinar a causa da morte.

Este é mais um caso que demonstra a existência de deficientes cuidados de saúde na Índia. No início deste mês, pelo menos 14 pessoas ficaram cegas de um olho na sequência de cirurgias às cataratas mal realizadas.

Claro que a notícia em si, não é lá muito agradável especialmente para o senhor que foi contar carneirinhos, mas o que me chamou a atenção foi o parágrafo em que se falava dos cuidados deficiente de saúde na Índia e em que se falava de 14 ficarem cegas por cirurgias mal realizadas. Será que o Jornal de Notícias (local onde vinha este artigo) se lembrou do que se passou no ano de 2010 na zona do Algarve onde quatro pessoas ficaram cegas?

Pois!!

22
Nov15

Rabo virado para a lua

jl

Um homem sobreviveu ao 11 de Setembro e agora ao Bataclan

"Corri como um louco em Manhattan [no 11 de Setembro] mas o que eu passei no Bataclan foi mil vezes pior". Um americano residente em Paris decidiu partilhar a sua incrível história: uma pessoa que esteve presente em dois graves ataques terroristas e sobreviveu aos dois.

 ‘Matthew’, o nome que escolheu usar para partilhar a sua história com o jornal francês Le Monde, estava junto do World Trade Center, em Nova Iorque, quando o primeiro anaom_5651eacc69f2e.jpgvião embateu no edifício, há 14 anos. Aos 22 anos de idade correu o mais rápido que conseguiu e afastou-se do local.

O norte-americano, agora com 36 anos, era também uma das pessoas que estava no meio da multidão que estava presente na sala Le Bataclan, no passado dia 13 de novembro, a assistir ao concerto dos Eagles of Death Metal.

Foi atingido numa perna por uma bala, mas não teve a mesma sorte que as 89 pessoas mortas naquela sala, naquela mesma noite. ‘Matthew’ sublinha que reconheceu de imediato o som dos disparos e começou a correr para a saída e acrescenta que foi essa reação rápida que lhe salvou a vida.

“Arrastei-me centímetro a centímetro [após ser atingido na perna]. A dada altura, consegui alcançar a porta de emergência. Agarrei a alavanca com um dedo de cada vez. Corri como um louco em Manhattan [no 11 de Setembro] mas o que eu passei no Bataclan foi mil vezes pior. Estava a fingir-me de morto. Quando senti alguém a arrastar-me pelos braços nem olhei para cima. Disse, ou imaginei que disse, ‘amo-te meu anjo’”, relatou o homem ao jornal Le Monde.

Foi precisamente um jornalista desta publicação, Daniel Psenny, que auxiliou ‘Matthew’ quando ele caiu no chão, já fora do Bataclan. Psenny levou-o para sua casa, juntamente com outros feridos, incluindo uma grávida. Recorde-se que Daniel Psenny também foi atingido num braço quando tentava ajudar os sobreviventes.

‘Matthew’ diz, agora, que conta ir beber um copo com Psenny quando os dois estiverem completamente recuperados do trauma. E ainda sustenta ser capaz de voltar ao Bataclan, um dia.

Eu sinceramente não sei se será uma boa ideia, porque onde está este cavalheiro não é muito bom augúrio. Será que à terceira será de vez?

22
Nov15

Transporte exclusivo

jl

623330.1.high.jpgBoas. Enquanto hoje via as notícias vi uma peça que me chamou a atenção. Aqui vai:

Veículo elétrico transporta utentes em Hospital de Matosinhos

Um veículo elétrico, com seis lugares, irá, a partir de segunda-feira, transportar gratuitamente os utentes desde a entrada exterior à receção do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, evitando que eles façam a pé uma "subida íngreme".  

O veículo -- Tuk Boleias -- é um projeto da Câmara de Matosinhos e do Hospital Pedro Hispano, com um investimento partilhado de 5.000 euros, que tem por objetivo resolver, de forma provisória, "queixas diárias" de utentes devido às dificuldades que têm em fazer a pé a "subida íngreme" da rampa de acesso à unidade de saúde, disse hoje à Lusa o vereador dos Transportes e Mobilidade da autarquia, José Pedro Rodrigues. Os utentes poderão "apanhar boleia" no veículo "elétrico e silencioso" de segunda a sexta-feira, entre as 08:00 e as 18:00, de forma contínua e nos dois sentidos (ascendente e descendente).

"Este é o período de maior afluxo ao hospital, nomeadamente por causa das consultas médicas", frisou.

O autarca explicou que a inclinação da rampa de acesso ao hospital é "enorme", tendo sido um erro do projeto que é necessário resolver porque as pessoas têm imensas dificuldades em subi-la por causa da idade, doença ou mobilidade reduzida.

"Agora, com a chegada do inverno tudo piora", realçou.

Segundo José Pedro Rodrigues, a obrigação de tratar do problema é do Ministério da Saúde que irá "continuar a ser pressionado pela câmara" para o fazer de forma definitiva porque o "Tuk Boleias" é apenas uma "solução provisória".

Durante todo o mês, irá ser feito um inquérito às pessoas que usarem o "Tuk Boleias" para recolher sugestões e críticas para, depois, adaptar o serviço às suas necessidades, disse.

A previsão é que o veículo funcione durante um mês, mas se as pessoas o avaliarem positivamente, José Pedro Rodrigues entendeu que fará "todo o sentido" que se prolongue.

"Queremos poupar as pessoas a um sofrimento diário", acrescentou.

Afinal neste país por vezes até se lembram de umas coisas que até ajudam os outros. Mas só um pequeno pormenor; se por acaso ( e espero que nunca aconteça) acontecer algum acidente com este veiculo ou com quem ele transporte quem será a entidade responsável?

22
Nov15

Um mês de tortura

jl

compras.jpgBoas.

Espero que esteja tudo bem por aí. Hoje está um lindo dia de … Outono.

Eu sei que o pessoal estava muito mal habituado com o tempo que estava neste país, mas isto passou do oito para o oitenta. Ainda ontem como o tempo estava mais fresco e precisava de ir fazer umas compras tive a infeliz ideia de ir para o NorteShopping e começou logo pelo estacionamento.

Encontrei lugar no terraço para estacionar o carro (e mesmo assim não foi fácil), sendo que é maravilhoso para quem anda com um carrinho de bebé. Depois é muito bom estar um quarto de hora à espera do elevador. E andar no Centro Comercial a abarrotar? Que maravilha!! Quando vejo um centro assim lembro-me sempre de uma colónia de formigas onde mal se consegue mexer mas que tudo se vai fazendo. O que fico um pouco embasbacado é que ontem era dia 21 de Novembro e sendo assim pergunto-me se toda esta gente já recebeu porque as lojas estavam cheias? É que se não for assim será que está toda a gente a ficar rica? É que segundo o que ouvi falar o Euro Milhões tinha saído em Coimbra.

E ainda falta cerca de um mês para o Natal !!

 

Pág. 1/3

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D