Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

31
Dez16

Feliz Natal

jl

vector-colorful-grunge-on-2017-happy-new-year-cardBoas.

Espero que este título tenha chamado a atenção. Não foi engano o ter colocado aqui esta frase, foi mesmo só para alertar já que hoje em dia vivemos numa sociedade em que uma boa notícia não vende. Ou seja, é preciso haver guerra; fome; miséria; assassinatos e por aí fora para que a atenção das pessoas seja colocada em alerta. Para comprovar isso mesmo, aqui deixo os títulos que o Correio da Manhã tinha na sua página da Net no dia de hoje. Sinceramente quem sou eu para criticar este tipo de abordagens até porque é um dos jornais mais lidos deste país, mas sinceramente acho que ver o mundo por um prisma constantemente negativo só coloca as pessoas ainda mais em baixo. Mas como o Natal já vai há uma semana e o próximo é só daqui a um ano o tempo, para a Amizade e a Fraternidade ainda falta muito para chegar.

31
Dez16

Morrer de saudades

jl

559675.pngBoas.

Hoje que termina mais um ano, trago aqui uma história que nos fala disso mesmo, do terminar. Cá vai:

Casal morre de mãos dadas com 7 horas de diferença

Trent Winstead de 88 anos e a mulher Dolores Winstead, de 83, morreram de mãos dadas, com sete horas de diferença entre si, depois de 63 anos de união.

O homem deu entrada no hospital de Saint Thomas West, no Tenesse, nos Estados Unidos da América, no início de Dezembro devido a complicações renais e Dolores pediu à equipa médica que acompanhava o marido para ficar junto a ele durante o tempo que estivesse internado.

Após o hospital ter dado resposta positiva, Dolores acompanhou o seu marido. Um dia depois de Trent ter sido internado, a mulher começou a queixar-se de dores de cabeça, acabando por falecer no dia 9 deste mês devido a um aneurisma cerebral enquanto Trent dormia.

O óbito foi declarado às 21h10 e eis que o inesperado acontece. Sete horas mais tarde, depois de ter descoberto que a sua mulher tinha falecido, Trent acabou por morrer também.

A história ficou conhecida por uma fotografia que a filha do casal tirou enquanto os dois estavam juntos no hospital.

"Ela partiu, e ele não conseguiu lidar com isso. Não tinha pensado sequer nesta hipótese. Morreu com o coração partido. Nunca, nem num milhão de anos, pensei que fosse sair do hospital sem nenhum dos meus pais", disse à imprensa norte-americana a filha do casal Sheryl Winstead que tirou a fotografia que está a comover o mundo.

Embora isto seja uma peça que nos fala sobre o fim da vida de uma pessoa, neste caso de duas, não deixa de ser um caso em que se vê o quanto o Amor é poderoso e quando se ouve dizer que não se morre de saudades é só lembrarmo-nos de casos como este em que se vê precisamente o oposto.

31
Dez16

Feliz 2035

jl

p0370jp3.jpgOlá pessoal.

E prontos.

O ano de 2016 está mesmo a acabar e chega a hora de desejar bons votos para o próximo ano e aquelas coisas que se costuma dizer que é que 2017 traga muita saúde, muita alegria e dinheiro. Basicamente não deixa de ser tudo conversa, porque basicamente um novo ano não passa só de uma mudança de dia no calendário. Porque o que se deseja para um ano, não deixa de ser aquelas coisas que se pede para todos os dias. Uma coisa é certa, se 2017 não for melhor, ao menos que seja igual ao ano transacto já que não irão faltar temas para escrever aqui umas palavras. Mas como é tradição desejo a todos umas boas entradas com tudo de bom e que a balança seja nossa amiga. Sim porque essa bandida, de vez em quando faz com que o ponteiro suba um bocadito.

30
Dez16

Haja um pouco de decência

jl

mario-soares.jpg

Boas.

Hoje enquanto estava a ver a Net dei com uma notícia desse jornal bem sério que é o Correio da Manhã e rezava assim:

Luto nacional põe festa de passagem de ano em risco  Costumes sugerem cancelamento das festas mas câmaras podem decidir

Ao ler isto o que pensei eu? O Mário Soares foi à passagem de ano ao outro lado. Mas por mera curiosidade lá continuei a ler.

As festas de Fim de Ano organizadas pelas autarquias podem estar em risco caso Mário Soares não recupere e venha a falecer no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, onde está internado há dias em estado muito crítico, pois o Governo seria obrigado a decretar luto nacional. Segundo a Lei das Precedências do Protocolo do Estado, a morte de um antigo Presidente da República obriga a que seja decretado luto nacional. Ora, de acordo com os usos e costumes, além da colocação da bandeia a meia haste, nos dias de luto nacional os organismos públicos devem cancelar ou adiar todos os festejos que estejam a organizar. Ou seja, neste caso, fogo-de-artifício e espectáculos musicais. A duração do luto nacional não está definida na lei, mas não deve ser inferior a três dias: o mesmo período decretado, por exemplo, na morte de Amália e de Eusébio. Ainda assim, o luto não está regulamentado nem há sanções, pelo que as autarquias podem decidir. O estado de saúde do ex-Presidente "tem registado progressivo agravamento", disse o porta-voz do hospital esta quinta-feira, dia em que Sócrates visitou Soares.

Ou seja o Tio Mário ainda não faleceu mas o CManhã está já a prever esta situação para esta altura e já fala das possíveis consequências. Tudo bem que isto seja um jornal meio pimba, mas acho que deve existir uma auto-censura.

30
Dez16

Histórias de Encantar

jl

fadas.jpgBoas.

Que estejam bem. Hoje enquanto andava a ver os títulos no computador vi um que achei deveras engraçado e que me chamou a atenção e dizia assim:

Ainda faz algum sentido lermos contos de fadas às crianças?

Passaram de geração em geração e de boca em boca mas nem sempre tiveram finais felizes ou um destinatário infantil. Ainda faz sentido contar as mesmas histórias aos nossos pequenos?

Eu sinceramente não sendo um conhecedor profundo de psicologia infantil respondo afirmativamente. Até porque ao lermos ou contarmos histórias de fadas às nossas crianças já as vamos educando para aquilo que o futuro lhes reserva. Qual a melhor escola que se pode dar a uma criança que um dia vai ouvir as promessas da nossa classe política? Isso sim, isso é que são histórias de encantar! Só é pena é que a realidade seja geralmente o oposto daquilo que nos foi apregoado, mas só se acredita no Pai Natal quem é pequenino ou aqueles que sonham com os olhos abertos.

30
Dez16

Isto com a medicação vai ao sítio

jl

2017.jpgBoas.

E depois de tantas vezes se pedir, parece que finalmente a crise vai embora e o ano de 2017 vai ser em grande. Parece que finalmente os ordenados vão aumentar em 10%; os preços das coisas vão diminuir em 10%; os abonos de família vão ser para cerca de 100€ por criança;  a gasolina vai descer em cerca de 50 cêntimos por litro; a educação incluindo os livros serão gratuitos até ao 12º ano de escolaridade; as taxas moderadoras nos hospitais irão acabar; irá existir incentivos para as trocas de carro; as habitações irão descer os seus preços e por aí fora.

Mas que este ano que vai entrar promete ser em grande lá isso é verdade.

Agora que escrevi estas linhas vou tomar a minha medicação porque ou é de mim ou estou a descompensar um bocadito.

29
Dez16

Ontem era tarde, mas agora não é mau

jl

Carta-de-condução_2.jpgBoas.

A burocracia neste país está presente em quase tudo, mas quando aparecem medidas positivas elas também merecem ser assinaladas. Cá vai:

Condutores deixam ter de alterar a carta de condução quando mudam de morada

Os condutores vão deixar, já a partir de Janeiro, de alterar a carta de condução quando mudam de morada, passando a contar a que está registada no cartão do cidadão, foi hoje anunciado.

Esta é uma das medidas de alteração à emissão de títulos de condução, projecto intitulado pelo Governo de "carta sobre rodas" e integrado no programa Simplex, hoje apresentadas no Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT).

Segundo o IMT, a informação relativa à morada do condutor é retirada da face da carta de condução, passando a constar apenas na base de dados do IMT, sendo aquela que consta do cartão do cidadão.

Outra das novidades, também a partir do próximo dia 02 de Janeiro, passa pela renovação ou substituição da carta de condução através da internet, permitindo ao condutor um desconto de 10 por cento se realizar este procedimento on-line e não se deslocar a um balcão do IMT.

A renovação ou substituição do título de condução tem um custo de 30 euros.

O prazo de validade das cartas de condução vai também aumentar de dez para 15 anos, no caso dos condutores até aos 60 anos, mantendo-se inalterados os prazos para as restantes situações.

Outra das medidas (mas que só irá entrar em vigor em Abril) relaciona-se com os atestados médicos, que vão passar a ser transmitidos electronicamente pelo Ministério da Saúde ao IMT, permitindo o registo automático da avaliação médica efectuada ao condutor, com eventual registo das restrições.

O atestado médico passa a ser apenas necessário para a revalidação dos 60 anos e posteriores.

Medidas tão simples como estas só trazem benefícios a todos nós e sinceramente só não percebo como não estão em vigor há mais tempo. Mas mais vale tarde do que nunca.

29
Dez16

2016 em mini revista

jl

2017.jpg

Olá.

Que estejam bem por aí. E ao chegar ao final do ano, os nossos telejornais vão voltar a ser originais e vão-nos brindar com as reportagens muito elaboradas e onde se vão falar no melhor e no pior de 2016. Do lado positivo quase de certeza que nos irão brindar com a conquista do Europeu de Futebol em França, com a luta contra a corrupção em Portugal (que parece um comboio a vapor, mas parado), dos Jogos Olímpicos, da eleição de António Guterres para as Nações Unidas, da conquista do Campeonato pelo Benfica (sempre o futebol) ou com a Presidência de Marcelo Rebelo de Sousa. Já do lado negativo iremos ser brindados com o avanço do Estado Islâmico especialmente na Europa, com o Brexit na Inglaterra, das alterações climáticas, do fiasco do F.C.Porto no campeonato, dos preços do petróleo ou com a eleição do sempre polémico Donald Trump. Mas estas retrospectivas em relação ao ano que acaba são como a crise em que vivemos. Vieram para ficar. Ao menos que o próximo ano, seja um ano melhor que este que está prestes a acabar. Isto é daquelas frases que se ouve todos os anos. Não resulta, mas fica sempre bem ouvir.

29
Dez16

O vaso ou a multa!!

jl

decorar-escada-com-flores.jpgBoas.

Hoje venho aqui deixar aqui umas linhas que li na Net e que nos falam dos comportamentos dos portugueses. Vamos lá:

Flores na escada das habitações podem dar multa de pelo menos 370 euros

Legislação visa facilitar o socorro em situações de emergência mas são poucas as pessoas que a conhecem

A colocação de vasos de flores ou outros objectos de decoração em áreas de circulação de um prédio é punível com uma coima entre os 370 e os 3700 euros (isto para pessoas singulares).

É isso que estabelece o Regime Jurídico da Segurança Contra Incêndios em Edifícios, aprovado pelo Decreto Lei n.º 220/2008, mas que a maioria das pessoas desconhece esta legislação.

"Não é uma situação do conhecimento geral, mas, efectivamente, a lei prevê esses valores para casos de flores nas escadas de prédios", referiu Sofia Lima, da Associação de Defesa do Consumidor (DECO). A advogada acrescenta ainda que "cabe à administração do condomínio fazer a advertência e solicitar a retirada dos objectos. Caso não seja acatada, deve solicitar uma inspecção dos bombeiros".

Se por um lado até posso concordar com esta medida, por outro lado é sempre complicado lidar com «vícios» que todos nós temos há dezenas de anos. Posso estar enganado, mas esta lei vai ter uma aplicação quase idêntica aquela lei que iria punir quem fizesse o atravessamento das estradas fora das passadeiras? Quantas pessoas conhecem que foram multadas? Se for igual às que eu conheço!

29
Dez16

Urgências ou não!!

jl

hphispano.jpgBoas.

Eu tenho ouvido e tenho lido que as urgências nos Hospitais estão a chegar a um ponto de ruptura. Infelizmente sei por aquilo que vejo, que isso é verdade. E se assim é, em parte se deve ao facto dos Centros de Saúde terem ultrapassado em muito o seu limite de atendimento. E compreendo perfeitamente que as pessoas por vezes ultrapassem um pouco o seu limite e comecem a «protestar» a demora do atendimento. Mas em contrapartida os utentes também tem que se lembrar que os recursos são finitos e que não existem milagres. Quando num dia como o de ontem em que no geral as Urgências deste país estão em ruptura, é complicado quando alguém vem para uma Urgência reclamando um atendimento rápido porque tem a sua taxa de colesterol mais elevada que o normal. O grande problema é que como este mais casos acontecem diariamente. E ainda está para chegar a tão famigerada gripe, porque aí ou isto melhora, ou vai estar tudo tramado. Em parte o que acho «piada» é que quando se vai a um Hospital Público é tudo mau, os funcionários não fazem nada, anda uma pessoa a descontar para estes malandros e por aí fora, mas quando se vai a um privado (o que me aconteceu na segunda-feira embora tenha sido para realizar um exame) o tempo de espera é elevado e por obra e graça do Nosso Senhor não se levanta nenhuma voz contra. Isto realmente é um País engraçado. 

Pág. 1/8

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D