Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

03
Jan17

Ano novo, preços novos

jl

preços.jpg

Boas.

Agora que chegou um novo ano, o aumento de preços de serviços é daquelas coisas que não pode falhar e para lembrar o pessoal disso mesmo, venho aqui lembrar do que se fala:

O que muda nos preços em 2017

Das rendas aos refrigerantes, do tabaco aos transportes. Há preços que sobem e outros que ficam na mesma.

Da sobretaxa às deduções, da Coca-Cola ao IMI. Afinal, o que muda já neste mês?

Os tugas deverão contar, neste ano, com aumentos nas rendas, nos preços da luz, portagens, tabaco e automóveis, enquanto o leite e o pão, por exemplo, deverão manter-se nos níveis atuais.

RENDAS

O valor das rendas deverá aumentar 0,54% em 2017, o que representa a maior subida desde 2014, tendo em conta dos números da inflação dos últimos 12 meses até agosto, divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

O aumento de 0,54% das rendas no próximo ano, aplicável tanto ao meio urbano como ao meio rural, segue-se à subida de 0,16% registada em 2016 e ao congelamento ocorrido em 2015 na sequência de variação negativa do índice de preços excluindo a habitação registado nesse ano.

REFRIGERANTES

A partir de Fevereiro, as bebidas com açúcar vão aumentar até 30 cêntimos por cada garrafa de 1,5 litros, segundo estimativas da consultora Deloitte.

Em causa está o alargamento do Imposto sobre o Álcool e as Bebidas Alcoólicas (IABA), o imposto que até aqui tributava as bebidas consoante o álcool, mas que com o Orçamento do Estado para 2017 (OE2017), vai começar a taxá-las consoante também o nível de açúcar.

BEBIDAS ALCOÓLICAS

O Imposto sobre o Álcool e as Bebidas Alcoólicas (IABA) sobe 3%, o que poderá levar as marcas a subirem os preços de bebidas como a cerveja, o gin, a vodka, o uísque, entre outros.

Os espumantes e as bebidas fermentadas (como as sidras e o hidromel) também passam a estar abrangidos pelo IABA – o imposto varia entre 8,22 euros e os 16,46 euros, consoante o teor de açúcar.

O vinho fica de fora destes aumentos, à semelhança do que aconteceu este ano. Compreendo que o nosso Governo queira proteger a nossa produção de vinho, mas deixar este produto de fora é um contra-senso.

TABACO

O preço do maço de tabaco vai aumentar dez cêntimos no próximo ano para reflectir a subida do Imposto sobre o Tabaco (IT).

Por outro lado, o Orçamento do Estado define que o imposto sobre os cigarros electrónicos seja reduzido para metade, para 30 cêntimos por mililitro de líquido contendo nicotina. Como gostava de perceber este critério!!

TRANSPORTES PÚBLICOS

Os preços dos transportes públicos vão aumentar 1,5%. O tarifário é actualizado, mas no Orçamento do Estado para 2017 há “duas medidas que mais do que compensam” a subida, garantiu o secretário de Estado: “a possibilidade da dedução do IVA dos passes mensais” e “a possibilidade de a partir do próximo ano lectivo os estudantes com idades de 23 ou inferiores terem um desconto universal, sem condição de recurso, de 25% no respectivo tarifário”

AUTOMÓVEL

No próximo ano, o Imposto Único de Circulação (IUC) aumenta em média 0,8%, mas as subidas poderão atingir um tecto máximo entre 6,5% e 8,8% para os veículos mais poluentes.

Assim, se os automóveis tiverem emissões entre os 180 e os 250 gramas por quilómetro corresponde a um aumento de 38,08 euros, o que traduz uma subida de 6,5%, enquanto se a marca dos 250 gramas por quilómetro for ultrapassada a factura terá um acréscimo de 65,24 euros, o equivalente a mais 8,8%.

Já o Imposto sobre Veículos subirá em redor dos 3,2%, segundo as contas da Associação Nacional das Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel (ANECRA).

TELECOMUNICAÇÕES

Nas telecomunicações, a Meo fez uma actualização dos preços em Novembro deste ano, em média de 2,5%, antecipando as actualizações que tipicamente eram feitas no início de cada ano.

Já a NOS afirmou que não há aumentos previstos e, na mesma linha, fonte oficial da Vodafone Portugal disse que “não está previsto” que a operadora “faça um aumento generalizado de preços, como chegou a acontecer no passado, em que os preços eram actualizados no início do ano”.

A Nowo (marca da Cabovisão), por sua vez, optou por apenas aumentar os preços em Janeiro, numa média total de 5%.

LEITE

Um litro de leite custa em média entre os 42 e os 55 cêntimos, mas a própria indústria admite que é difícil apurar um preço médio, atendendo “ao ritmo e intensidade das promoções”.

PÃO

O preço do pão não deverá sofrer aumentos no próximo anoActualmente, uma carcaça custa em média entre oito e os 12 cêntimos (para um pão de 40 gramas), valores que variam consoante as regiões e o peso e se deverão manter estáveis em 2017, a não ser que haja alterações significativas nos custos das matérias-primas.

ELECTRICIDADE

As tarifas de electricidade no mercado regulado vão subir 1,2% para os consumidores domésticos a partir de 1 de Janeiro, o que representa um aumento de 57 cêntimos numa factura média mensal de 47 euros.

As tarifas transitórias para os consumidores que ainda não migraram para o mercado liberalizado, que vigoram até ao final de 2020, têm a variação mais baixa desde 2006, ano em que o aumento foi igualmente de 1,2%.

GÁS

As tarifas transitórias do gás natural ficam inalteradas a 1 de Janeiro, uma vez que actualização tarifária só acontece a 1 de Julho para os consumidores que se mantêm no mercado regulado.

A 1 de Julho de 2016, as tarifas de gás natural baixaram 13,3% para os consumidores domésticos, 14,6% para os empresariais e 20,2% para os consumidores industriais.

PORTAGENS

As portagens devem ter um aumento em 2017, depois de três anos em que praticamente não tiveram actualizações. O índice de preços ao consumidor de Outubro, excluindo habitação, que serve de referência à actualização anual das portagens, foi de 0,84%, sendo essa a proposta que as concessionárias de auto-estradas terão feito ao Governo.

 Quando se aumenta o salário mínimo em 20 euros, à primeira vista nem parece nada mau, depois de ler estas linhas dá para ver que o aumento real na prática é zero. Aqui não falo do aumento do preço da gasolina, porque senão quase todas as semanas tinha motivo para escrever.

03
Jan17

Duodécimos ou não? A escolha é sua.

jl

500euros.jpgOlá.

Hoje venho só aqui deixar um pequeno alerta em relação aos subsídios deste ano. Cá vai:

Tem até sexta-feira para rejeitar receber subsídios em duodécimos

Os trabalhadores do privado que não queiram receber os subsídios em duodécimos terão que avisar os patrões até sexta-feira.

O prazo é válido para os trabalhadores dos quadros. Se nada disserem à entidade patronal, as empresas vão assumir que metade do subsídio de Natal e metade do subsídio de férias devem ser pagas com o salário. Já os trabalhadores a prazo têm de fazer um acordo escrito com o empregador.

O Governo resolveu estender o regime dos duodécimos pelo quinto ano consecutivo, apesar das críticas que o primeiro-ministro fez no passado a este modelo e de ter dito que iriam terminar, mas como é normal neste país a culpa é do queijo. Provoca muito esquecimento.

Já no caso dos trabalhadores do Estado, não há opção: o subsídio de férias é pago na totalidade no verão. Já metade do de Natal é pago todos os meses, em duodécimos.

Para o ano não se preocupem, que se tivermos emprego e estivermos aqui (não vá o Trump dar cabo disto), as diferenças não serão muitas.

03
Jan17

Conselhos do Senhor Doutor

jl

médico.gifBoas.

Hoje enquanto andava aqui na Net fui parar ao site da Selecções do Reader's Digest onde se encontrava um artigo que só com o título me chamou a atenção. Cá vai ele então:

OUÇA A SUA MÃE

A sua mãe tinha razão – como sempre – quando lhe mandava comer os legumes. Ou seja uma mãe que leia isto vai mandar encaixilhar esta revista, mas cá vai.

Será que um acompanhamento de cenouras pode mesmo ajudar a reduzir a inflamação? Sem dúvida – e explicamos-lhe porquê.

Esta frase é muito gira quando um adulto a lê. Mas digam isto a uma criança de 8 ou 9 anos que ela responde.

Os legumes e a fruta são a mais abundante fonte natural de antioxidantes (e o Compal de alperce). Estes inimigos da doença neutralizam os efeitos dos radicais livres, moléculas que ocorrem naturalmente e que atacam e lesam as células saudáveis. O corpo responde a estas lesões como a quaisquer outras: produzindo acção inflamatória. Quanto menos antioxidantes para protegerem as células, mais inflamação. Ou seja, toca a beber Compal fresquinho. Segundo um estudo efectuado na Grã-Bretanha, os homens da amostra que consumiam menos vitamina C apresentavam o dobro dos valores de PCR (proteína C-reactiva). Só de ler estas letras até já me sinto melhor. Ou não!

As boas notícias: no primeiro estudo deste género, os investigadores alemães revelaram que os homens que aumentavam a ingestão de fruta e legumes de duas para oito porções diárias conseguiram reduzir num terço os níveis de PCR em apenas quatro semanas. Mas aqueles estudos que dizem que no máximo se deve comer cinco peças de fruta estão errados? Apuraram ainda que esta redução se devia aos frutos e legumes ricos em antioxidantes chamados carotenóides (cenoura, tomate, pimento).

A propósito, a nossa mãe também tinha razão quando nos mandava lavar os dentes. O que quer que tenha comido, lave sempre os dentes após as refeições e use o fio dentário. Gengivas doentes aumentam os níveis de inflamação em todo o organismo e parecem potenciar os riscos de diabetes e de doenças cardiovasculares. Mesmo que use placa já sabe toca a lavar as dentolas. Mesmo sem ser por questões de saúde. Até porque de vez em quando parece que me cruzo com pessoal que anda com uma doninha na boca.

02
Jan17

Cuidado com a gripe

jl

gripe.jpgBoas.

Existe um ditado popular que diz que de médico e de louco, todos temos um pouco. Pois bem, de louco não tenho nada, mas de médico tenho uma bata de quando andava na terceira classe. Por isso cá vão os conselhos do Dr.º Estragildo Genovevo relativamente à gripe:

O que é a gripe e como proteger-se

Como se transmite a gripe? Quais os principais sintomas? O que fazer em caso de contágio? A vacina contra a gripe funciona?

A gripe é uma doença aguda viral que afecta predominantemente as vias respiratórias.

Em que altura do ano é que surge a gripe? A gripe no nosso país ocorre, geralmente, entre Novembro e Março.

Só há gripe quando chove e está frio? Não. Mesmo durante os Invernos mais amenos, menos frios e chuvosos, há gripe porque se fosse pela chuva este ano a gripe estaria tramada.

O que é uma epidemia de gripe? É a ocorrência de casos de gripe em número superior ao esperado numa determinada comunidade ou região. Basicamente é como a minha carteira, está sempre com cada resfriado!!

Como se transmite a gripe? O vírus é transmitido através de partículas de saliva de uma pessoa infectada, expelidas sobretudo através da tosse e dos espirros, mas também por contacto directo com partes do corpo ou superfícies contaminadas (por exemplo, através das mãos). Ou seja muito cuidado com a saliva e por onde andam as mãos.

Qual o período de incubação? O período de incubação (tempo que decorre entre o momento em que uma pessoa é infectada e o aparecimento dos primeiros sintomas) é, geralmente, de dois dias, mas pode variar entre um e cinco dias. Ou se houver algum jogo de futebol importante o período pode variar muito.

Qual o período em que uma pessoa infectada pode contagiar outras? O período de contágio começa um a dois dias antes do início dos sintomas e vai até sete dias depois. Nas crianças este período pode ser maior. Se der muitos jogos, o período ainda pode variar mais.

Quais os sintomas/sinais da gripe? No adulto, a gripe manifesta-se por início súbito de mal­-estar, febre alta, dores musculares e articulares, dores de cabeça e tosse seca. Pode também ocorrer inflamação dos olhos. Ou isso ou o pessoal fuma daquilo que faz rir. Nas crianças, os sintomas dependem da idade. Nos bebés, a febre e prostração são as manifestações mais comuns. Os sintomas gastrintestinais (náuseas, vómitos, diarreia) e respiratórios (laringite, bronquiolite) são frequentes. A otite média pode ser uma complicação frequente no grupo etário até aos três anos. Em crianças mais velhas os sintomas são semelhantes aos do adulto. Se houver algum teste a Matemática estes sintomas poderão dar origem a cama.

A gripe e a constipação são a mesma doença? Não. Os vírus que as causam são diferentes e, ao contrário da gripe, os sintomas/sinais da constipação são limitados às vias respiratórias superiores: nariz entupido, espirros, olhos húmidos, irritação da garganta e dor de cabeça. Raramente ocorre febre alta ou dores no corpo. Os sintomas e sinais da constipação surgem de forma gradual, enquanto na gripe o início é súbito. Mas conheço pessoas que para trabalharem quando estão constipadas, equivale a pneumonias.

Como se diagnostica a gripe? O diagnóstico é essencialmente clínico, através da identificação dos sintomas e sinais. Mas se for segunda-feira de manhã de certeza que é uma gripe forte. Este diagnóstico também se aplica à sexta-feira.

 

Qual a gravidade da gripe? A gripe é, habitualmente, uma doença de curta duração (três a quatro dias) com sintomas de intensidade ligeira ou moderada, evolução benigna e recuperação completa em um ou duas semanas. Nas pessoas idosas e nos doentes crónicos a recuperação pode ser mais longa e o risco de complicações é maior, nomeadamente, pneumonia e/ou descompensação da doença de base (asma, diabetes, doença cardíaca, pulmonar ou renal). Mas nos trabalhadores se a baixa médica não fosse tão mal paga seria uma doença bem complicada para recuperar.

Como se evita a gripe? A gripe pode ser evitada através da vacinação anual. Evitar o contacto com pessoas com a doença e lavar frequentemente as mãos ajudam a diminuir a probabilidade de contágio. Quando era miúdo estavam sempre a dizer-me para lavar as mãos antes de comer. Mas não me lembro desta coisa da gripe.

Quem deve ser vacinado contra a gripe? Pessoas com 65 e mais anos de idade, principalmente se residirem em instituições; as pessoas que tenham doenças crónicas dos pulmões, do coração, dos rins ou do fígado; Diabetes em tratamento; Outras doenças que diminuam a resistência às infecções e Grávidas. E o meu irmão que em Setembro quase que monta a tenda à porta da Farmácia com medo de um vírus muito mau.

Quem não deve ser vacinado contra a gripe? As pessoas com alergia grave ao ovo ou que tenham tido uma reacção alérgica grave a uma dose anterior da vacina contra a gripe. Alergia ao trabalho não conta?

A vacina contra a gripe funciona? Sim. A vacinação reduz muito o risco de contrair a infecção. Se for infectada, a pessoa vacinada terá um menor risco de ter complicações. Isto cheira-me a história da Carochinha mas pronto.

A vacina pode provocar a gripe? Não. A vacina contra a gripe não contém vírus vivos, pelo que não pode provocar a doença. No entanto, as pessoas vacinadas podem contrair outras infecções respiratórias virais que ocorrem durante a época de gripe e para as quais não há vacina. Ou seja esta parte já não dá como desculpa para o trabalho.

A vacina dá protecção a longo prazo? Não. O vírus muda constantemente, surgindo novos tipos de vírus para os quais as pessoas não têm imunidade e a vacina anterior não confere protecção adequada. Por isso a vacina é diferente em cada ano. Se eu tivesse um laboratório também dizia isto.

Quando deve ser feita a vacinação? Como, em Portugal, o pico da actividade gripal tem ocorrido entre Dezembro e Fevereiro, a vacinação deve ser feita, preferencialmente até ao final do ano, podendo, no entanto, decorrer durante todo o Outono e Inverno. O meu irmão ganha a esta gente toda!

Onde se compra a vacina? A vacina pode ser adquirida em farmácia, sendo necessária receita médica e beneficiando de uma comparticipação de 37% . mas como o nosso Estado gosta de ganhar dinheiro nas Urgências as vacinas não são grátis para a maioria da população.

Quem pode fazer a vacina gratuitamente? A vacina é gratuita para as pessoas com 65 ou mais anos, as residentes em instituições, as internadas em hospitais públicos ou na Rede de Cuidados Continuados Integrados, e para as que têm algumas doenças crónicas/condições: diálise, transplante, quimioterapia, trissomia 21 e outras. Contacte a sua unidade de saúde. A vacinação gratuita tem sido progressivamente alargada a mais cidadãos incluídos nos grupos de risco mas não abrange a totalidade. Acho muito bem, quanto tal queriam que os descontos que fazemos fossem para coisas uteis.

Se estiver com gripe, o que fazer? Fique em casa, em repouso; não se agasalhe demasiado; meça a temperatura ao longo do dia; veja qual a programação doa SporTv; se tiver febre pode tomar paracetamol (mesmo as crianças). Não dê ácido acetilsalicílico (aspirina) às crianças; se está grávida ou amamenta não tome medicamentos sem falar com o seu médico nem tente ficar grávida nesta altura; utilize soro fisiológico para a obstrução nasal e deite o lencito com a ranheta ao lixo; não tome antibióticos sem recomendação médica. Não actuam nas infecções virais, não melhoram os sintomas nem aceleram a cura; beba muitos líquidos: água e sumos de fruta (nada de bebidas que provoquem cantorias; se viver sozinho, especialmente se for idoso, deve pedir a alguém que lhe telefone regularmente para saber como está.

Evite transmitir a gripe; reduza, na medida do possível, o contacto com outras pessoas (coisa linda para se dizer ao chefe); lave frequentemente as mãos com água e sabão. Caso não seja possível, utilize toalhetes; use lenços de papel de utilização única (deite nos sanitários ou no lixo comum); ao espirrar ou tossir proteja a boca com um lenço de papel ou com o antebraço (se for contorcionista é mais fácil); não utilize as mãos.

Se tiver dúvidas, telefone para a Linha Saúde 24: 808 24 24 24 ou ligue para o seu chefe que se for trabalhar vai contaminar o pessoal todo. Se não resultar um chá de limão ajuda.

 

02
Jan17

O meu patrão vai ler isto!!

jl

paquete.jpgBoas.

Venho por este meio desde já agradecer à minha entidade patronal o que vai fazer aos seus funcionários imitando um patrão americano. Cá vai:

Patrão fecha empresa durante cinco dias e leva 800 empregados às Caraíbas

Os funcionários de uma empresa de fabrico de armários sediada em Waterloo, Iowa nos Estados Unidos da América, vão todos ter férias de 9 a 13 de Janeiro desta ano. Não é coincidência, é mesmo uma decisão executiva, todas as instalações da companhia vão fechar nesse período e os mais de 800 funcionários vão em conjunto às Caraíbas. Tudo pago pelo patrão.

A Bertch Cabinets anunciou a decisão através da sua página de Facebook, numa publicação onde se pode ler que a “viagem não seria possível sem o trabalho árduo” dos “incríveis associados”.

O presente de Natal é uma recompensa pelos objectivos conseguidos ao longo do ano de 2016.

Gary Bertch, o presidente da empresa, indicou em entrevista ao Waterloo-Cedar Falls Courier, que estão alugados quatro voos charter para levar os funcionários o dia 8 até Miami, onde ficam num hotel de cinco estrelas durante a noite. Depois, no dia 9, vão de autocarro até ao cruzeiro, que os levará até às Caraíbas.

“Tentamos fazer com que todas as pessoas estivessem um pouco mais motivadas para atingir os vários objectivos, tanto a nível de cliente como a nível financeiro”, indicou o presidente, sublinhando que falou no cruzeiro há um ano como recompensa caso os objectivos fossem cumpridos. Uma ideia que, claramente, funcionou.

Isto assim é que são patrões. Vou já começar a ver onde tenho a roupa de Verão para apanhar um bronzeado saboroso.

01
Jan17

Ponho o carro, tiro o carro

jl

Trump.jpgOlá.

Hoje li uma notícia que realmente me deixou a pensar e que dizia o seguinte:

Ninguém quer cantar na tomada de posse de Donald Trump...

Donald Trump tem sido rejeitado por vários artistas

Até agora, são poucos os cantores que aceitaram actuar na cerimónia de tomada de posse do novo presidente dos EUA, um evento que acontecerá a 20 de Janeiro.

Apenas Jackie Evancho (ex-concorrente do programa “America’s Got Talent”), a companhia de dança Radio City Rockettes e o coro Mormon Tabernacle Choir estão confirmados até ao momento.

Por outro lado, são já vários aqueles que disseram “não” a Donald Trump, como o cantor country Garth Brooks e o grupo Kiss. Também foi noticiado que Céline Dion e Kanye West rejeitaram o convite.

Eu sinceramente só estranhei um pouco a notícia porque ou o meu telemóvel tem estado desligado ou ainda ninguém falou comigo. Mas mais vale prevenir e vou começar a ensaiar. Quando os americanos me ouvirem a cantar A Garagem da Vizinha do Quinzito vão ficar com um penteado igual ao presidente deles.

01
Jan17

Feliz Ano (quase) Novo

jl

2017.jpgOlá.

Que desse lado esteja tudo bem. O título deste artigo está com o quase porque o Ano já não é Novo, já começou há nove horas e dezassete minutos. Este ano basicamente é a primeira vez que escrevo aqui no blog e espero sinceramente que a vossa festa de saída de um ano e a entrada no outro tenha corrido bem, se bem que para mim é uma festa quase como as outras. Meramente comercial e para nos levar os poucos euros que tinham sobrado do subsidio de Natal. O que vale é que os telejornais da hora de almoço vão ser espectacularmente diferentes dos outros anos. Este ano quase de certeza que não iremos ver o fogo-de-artifício de Sydney, de Nova Iorque, da Madeira, de Lisboa e por aí fora. Claro que o primeiro banho na praia dará uma bela reportagem, muito diferente daquelas que nos dão há trinta anos. Aliás se eu mandasse numa televisão, dava ordens aos jornalistas para gravarem vários depoimentos já que assim já tinha reportagens para uma dúzia de anos. Outra coisa que não pode faltar é dar uma reportagem de um réveillon num hotel de luxo onde o jantar é uma amostra de lagosta au chef acompanhada por uma espuma que parece mais ranho do que outra coisa e uma garrafa de champanhe custa uma pequena fortuna, já para não falar das roupas onde os senhores vão de smoking parecendo que vão servir à mesa e as senhoras essas sim vão com belos vestidos de noite e que se não forem alugados dava para eu comprar um carro novo e logo de seguida dar a passagem de ano de um bailarico na associação de bairro onde uma garrafa de espumante e duas fatias de bolo-rei custam dez euros e que dá para ir vestido sem ter em conta a etiqueta. Mas telejornal que se preze dará a peça que não pode faltar em nenhuma televisão. O primeiro bebé do ano. Não apresentar isso,  é como se o Amanhã não existisse. Mas se por acaso quiserem ser originais eu guardo uma fralda minha filha para darem a reportagem do primeiro cocó do ano.E para desentupir o nariz é melhor que o Vicks Vaporub!!

Pág. 8/8

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub