Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

19
Jul17

Fio dental, mas para os dentes

jl

mami.jpgBoas.

Hoje li um artigo que achei deveras curioso e que falava de alimentação mas que acima de tudo falava sobre os conselhos que a nossa mãe nos dava. Vamos lá então:

Ouça a sua mãe que ela é que sabe

A sua mãe tinha razão – como quase sempre – quando lhe mandava comer os legumes.

Será que um acompanhamento de cenouras pode mesmo ajudar a reduzir a inflamação? Sem dúvida – e explicamos-lhe porquê. Os legumes e a fruta são a mais abundante fonte natural de antioxidantes. Estes inimigos da doença neutralizam os efeitos dos radicais livres, moléculas que ocorrem naturalmente e que atacam e lesam as células saudáveis do nosso organismo. O corpo responde a estas lesões como a quaisquer outras: produzindo uma acção inflamatória. Quanto menos antioxidantes existirem para protegerem as células, mais inflamação existirá. Segundo um estudo efectuado na Grã-Bretanha, os homens da amostra que consumiam menos vitamina C apresentavam o dobro dos valores de PCR (proteína C-reactiva).

As boas notícias: no primeiro estudo deste género, os investigadores alemães revelaram que os homens que aumentavam a ingestão de fruta e legumes de duas para oito porções diárias conseguiram reduzir num terço os níveis de PCR em apenas quatro semanas. Apuraram ainda que esta redução se devia aos frutos e legumes ricos em antioxidantes chamados carotenóides (cenoura, tomate, pimento).

Por isso já sabe comece o dia em pleno. Uma torradinha e um sumo de pimento de manhã não sabe o bem que lhe fazia. Ou não!

A propósito, a nossa mãe também tinha razão quando nos mandava lavar os dentes. O que quer que tenha comido, lave sempre os dentes após as refeições e use o fio dental. Gengivas doentes aumentam os níveis de inflamação em todo o organismo e parecem potenciar os riscos de diabetes e de doenças cardiovasculares.

Por isso digo sempre a minha Maria. Usa fio dental que isso só faz bem.

19
Jul17

Cabecinhas pensadoras

jl

casamento.jpgOlá.

Que estejam todos bem aí desse lado. Nós enquanto país poemos não ter muitos meios, mas ideias não nos faltam. Às vezes são ideias parvas mas pronto. Vamos lá então:

Um casamento ou um baptizado são por norma dos dias mais felizes de um casal ou supostamente serão. É claro que quando chega a conta para pagar das despesas os sorrisos geralmente ficam um bocado amarelos. Mas para ajudar nestes momentos uma tradição que já vem de longe é os convidados darem prendas que por norma são em dinheiro. Pois muito bem, o nosso amigo Fisco decidiu meter o nariz neste mesmo ponto.

A lei obriga o beneficiário a pagar uma taxa de 10% sobre as prendas superiores a 500 euros. Caso não se cumpra, a multa pode chegar ao dobro do dinheiro do imposto em falta.

Isentos desse imposto estão (por enquanto digo eu) os presentes que sejam oferecidos pelo “cônjuge ou unido de facto, descendentes ou ascendentes”.

Apesar de ainda não se ter conhecimento de nenhuma multa, há que ter em atenção que os inspectores tributários andam no terreno a verificar se as regras estão a ser cumpridas. É importante estar informado do que pode suceder. Em caso de incumprimento a multa varia conforme o valor recebido em prendas. Se receber o valor de 1000 euros, e não declarar, a taxa a pagar será de 100 euros.

Este país pode não haver grandes invenções para ficar na história, mas no que diz respeito a sugar os cidadãos os nossos governantes são melhores que o Professor Pardal a inventar.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D