Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

17
Dez17

O que é o Natal?

jl

PRESEPIO.pngBoas.

Hoje quando fui às compras fiquei completamente parvo com o movimento que se fazia sentir no Centro Comercial e que me levou quase a crer que o fim do Mundo estaria por minutos e que por esse motivo toda a gente se lembrou de ir às compras.

Eu sei que o Natal é uma altura em que a troca de prendas já corre nas nossas veias e que o comércio (e bem para eles) conseguiu transformar em algo já tradicional. Sinceramente não tenho nada contra, até porque sou daqueles que também compro algo para os outros. Agora o que me deixa um pouco perplexo é que as pessoas vêem as prendas como algo essencial nesta altura. Quando eu era miúdo já havia prendas na chaminé, (se bem que no meu caso era no fogão dos Produtos Estrela) mas o Natal era vivido muito com a simbologia do Menino Jesus e em que os valores sentimentais estavam fortemente incrementados na sociedade. Mas hoje em dia ter um Presépio com tudo o que possa significar de valores humanos está a ficar quase ultrapassado, sendo que a figura do Pai Natal nos dias de hoje tomou conta do inconsciente dos miúdos e noutra vertente dos graúdos.

Isto está a chegar a um ponto que quem desejar ao outro muita Saúde e Amor vai parecer uma conversa de extraterrestre.

Eu tenho uma pimpolha com dois e pouco e para além das prendas que irei oferecer, aquilo que mais quero é que ela se aperceba que esta época deve ser vivida com valores humanos ainda mais fortes. No Natal e no resto do ano.

17
Dez17

Nem a um cão se faz!

jl

pai ou nao.jpgOlá.

Eu não sou melhor que ninguém, mas por vezes deparo-me com coisas que acho que não cabiam na cabeça de ninguém. Mas que infelizmente parece que cabem. Cá vai uma história que ocorreu no inicio do mês mas que tinha que deixar aqui.

Homem abandonou filho 20 minutos à porta de supermercado

Um homem de 48 anos foi detido pela Policia de Segurança Publica de Setúbal por ter abandonado o filho de três anos à porta de um supermercado.

O homem foi às compras, no passado dia 3, pelas 18h00, e deixou o menino em cima de uma máquina de diversão de moedas, durante cerca de 20 minutos. Foi um agente da PSP quem se apercebeu que a criança estava sem supervisão parental, completamente abandonada. Quando o polícia abordou o homem, este reagiu com violência, ameaçando e injuriando o agente. O pai do bebé recusou também identificar-se.

O mesmo foi detido e presente ao Tribunal de Setúbal.

Hoje em dia as pessoas revoltam-se quando um cão fica fechado no carro à porta do supermercado. E até acho bem, mas quando uma criança fica abandonada a reacção é a mesma?

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D