Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

31
Ago18

Boquinha fechada

jl

dieta.jpgBoas.

Agora que as férias estão a ir à vida, está a começar a chegar a hora de dizer adeus aos abusos no que comi. Se muita gente diz que o cão é nosso amigo, eu digo o mesmo da tijela da salada já que a mesma não me larga. E esta conversa vem no seguimento de um artigo que li e que falava sobre os hidratos de carbono. Cá vai então:

Afinal, as dietas pobres em hidratos de carbono podem encurtar a vida

Um estudo realizado por investigadores do Hospital Brigham and Women, em Boston, EUA, afirma que consumir poucos hidratos de carbono pode reduzir a esperança de vida até quatro anos. Os seja pode emagrecer uns quilitos mas também emagrece nos anos que anda por aqui.

Mas a verdade é que este tipo de alimentação, pode provocar vários problemas de saúde. Estudos anteriores tinham já mencionado algumas complicações associadas a este tipo de dieta mas um mais recente deu conta de que até o desejo sexual é afectado negativamente por ele.

Investigadores americanos dizem que comer hidratos de carbono de forma moderada é essencial para se manter saudável e viver mais. O estudo, que teve por base a análise de questionários sobre a alimentação de mais de 15 mil pessoas dos EUA, entre os 45 e os 64 anos, teve em conta dados recolhidos por esse grupo durante um período de 25 anos.

Nos questionários, foram feitas perguntas relativas aos alimentos que as pessoas ingeriam, as porções doa mesmos e também as bebidas que ingeriam.

A partir das respostas, os investigadores fizeram uma estimativa da quantidade de calorias que os participantes receberam tanto de hidratos de carbono como de gorduras e proteínas.

Os pesquisadores perceberam que quem obtinha entre 50% e 55% da energia de hidratos de carbono - corresponde ao consumo moderado de hidratos - tinha um risco de morte menor do que aqueles que ingeriam alimentos com altos ou muito baixos níveis de hidratos de carbono. Além disso, e de acordo com o estudo, a partir dos 50 anos, as pessoas que ingerem moderadamente hidratos de carbono podem viver, em média, por mais 33 anos. Ou seja quando e se ultrapassar os 83 anos trate de começar a dizer adeus ao pessoal.

Os pesquisadores também compararam as dietas com baixos níveis de hidratos de carbono e ricas em proteínas animais com as que tinham muitas proteínas e gorduras à base de plantas.

A descoberta foi que escolher ingerir mais carne de vaca, borrego, porco, frango e queijo, por exemplo, em vez de hidratos de carbono, está ligado a um risco de morte maior. Já a substituição dos hidratos por proteínas e gorduras de origem vegetal, como leguminosas e frutos secos, diminui ligeiramente o risco de mortalidade. Por isso já sabe se quer viver mais uns tempitos, quando comer uma francesinha coma também uma noz.

"Os nossos dados sugerem que dietas de baixos níveis de hidratos de carbono baseadas em carne, que prevalecem na Europa e América do Norte, podem estar associadas a um menor tempo de vida e, por isso, devem ser desencorajadas", afirma Sara Seidelmann, médica especialista em medicina cardiovascular no Hospital Brigham and Women que liderou a investigação. Se esta investigadora soubesse o que se passa na nossa sociedade com os hospitais e os lares a rebentar pelas costuras, não sei se diria isto!

Por isso é sempre importante ter conta, peso e medida nas nossa vidas, mas importa também viver saboreando a vida.

30
Ago18

Esta catraia é uma santa

jl

IMG_20180629_150304.jpgOlá.

Hoje não tenho um tema específico para este artigo. Acima de tudo venho aqui deixar um enorme beijo e agradecimento a todas as mães. E lembrei-me mais disto porque ao olhar para a minha pimpolha que passou agora os três anos vejo que quando as crianças nascem vêm com um propósito a este Mundo que é o testar a paciência das suas mãezinhas. Desde que acorda que a minha pimpolha não para dois minutos e isto não é uma figura de retórica, é mesmo assim. Desde o pequeno-almoço, que é aquela altura do dia em que se transforma a cozinha num sítio que parece saído do Querido dei uma volta à Cozinha, até ao fim do dia que esta pimpolha não para.

Por vezes ela muda de divisão e vai para a sala, mas para não importunar a mãe ela só vai para aí depois de estar tudo arrumado. Claro que depois é preciso ter cuidado ao sentar-me no sofá, isto para não me sentar em cima em cima do ferro de engomar ou do Tituxo. O que tem de bom em ter miúdos em casa é que a decoração tem que mudar um pouco. Por exemplo o estilo minimalista, dizem que vem do Norte da Europa, mas não, esse estilo foi inventado por alguém que tinha miúdos em casa e ou tirava todos os bonecos e bibelôs de cima dos armários ou então o Diabrete lá de casa dava cabo de tudo.

Muito raramente lá vai para ao quarto, mas aí é mais sossegada não ser quando na gaveta dos meus boxers tenho umas cuecas da Patrulha Pata para vestir.

Mas às vezes ela com o cansaço (que punha qualquer coelho da Duracell a deitar fumo) lá adormece na nossa cama e mesmo nesses momentos é um Amor de Catraia (como dizia a minha avó) desde ocupar a nossa em 90% da largura, até nos enfiar um pé dentro da orelha.

29
Ago18

Momento que cheira a flores silvestres

jl

sanita.jpgBoas.

Hoje venho aqui falar de uma coisa que é sagrada e que cada pessoa encara de maneira diferente. Eu sei que muita gente supostamente não dará grande importância, isto porque ninguém as incomoda, mas quando são interrompidas barafustam. E do que estarei a falar? Exactamente, a hora sagrada do cócó!

Ir para a sanita com um jornal ou uma revista, isto depois de já ter ligado o rádio é o paraíso na casa de banho. Claro que hoje em dia esses momentos de sossego são repentinos, porque depois de ter sentado o rabo na sanita há dois minutos, a minha pimpolha quer vir para a minha beira e só se pira, porque da cozinha a mãe a chama para ela ajudar (que traduzido para português quer dizer fazer asneirolas) ou então porque no Panda está a dar os Caricas em mais um sucesso. Sim, porque não faço ideia quem está aí nos Tops de música internacional, mas do Panda e dos Caricas sei quase todas as músicas.

Mas voltando ao assunto da caquita, ainda me lembro quando estava aquela meia horita em que o Mundo estava em stand by e digo mais, se eu mandasse neste Mundo decretava meia hora diária para que todos tivessem o seu momento zen!

28
Ago18

O dia de um escravo

jl

relogio-do-tempo-003pb.jpgOlá.

Que por aí estejam bem. Estando eu de férias (mas só do trabalho, porque em casa sou um escravo) dá sempre para escrever mais um bocadito e é o que acontece hoje.

Hoje vi um artigo que falava sobre um livro sobre o Timing Perfeito para se realizar, ou não, as coisas (tendo como autor o Daniel Pink, que ainda deve ser primo da pantera cor-de-rosa) em determinadas áreas.

Acha que fazer determinada tarefa pode parecer uma tarefa quase impossível? Não se preocupe que não é caso único, mas sabe-se agora, que a ciência dá uma ajuda nesse campo, já que a biologia é responsável por muito daquilo que temos ou não tendência para fazer.

Até poderia escrever aqui muito blá blá, mas vamos ao que é mais importante e deixo aqui uma fita do tempo. Agora até parecia um especialista daqueles que vão à televisão e percebem muito na teoria, mas na prática percebem tanto quanto eu.

6:00 - Por exemplo, segundo os especialistas, deve acordar-se cedo, idealmente às 6h da manhã. A esta hora, os níveis de cortisol, a hormona ligada ao stress, estão elevados e atingem o seu máximo 30 minutos depois de acordar. Quem escreveu este paragrafo deve ter sido o meu chefe. Isto faz-me lembrar aquele ditado que diz que trabalhar dá saúde. Se assim fosse, os hospitais estavam vazios.

7:00 – A essa hora, os níveis de cortisol continuam elevados e, no caso das mulheres, o nível da testosterona atinge o seu pico entre esta hora e as 8:00. De acordo com a investigação da Universidade de Bristol, este é um bom momento para lidar com problemas. É importante, nesta altura, comer alimentos com proteína como nozes e sementes e não apenas hidratos de carbono de absorção rápida, como o pão branco, porque vão baixar os níveis de glicémia no sangue de forma abrupta e influenciar negativamente o humor. Pois mas como não sou o Tico nem o Teco, gosto mais de uma torradinha com uma meia de leite.

8:00 - Já a esta hora, os especialistas dizem que o humor tende a afundar, sendo esta a hora com mais picos de tristeza e cansaço. Fazer exercício a esta hora pode ser uma boa solução, principalmente ao ar livre, já que a luz solar ajuda a reduzir a produção de melatonina, a hormona relacionada com o sono. Pois, mas como normalmente já estou a trabalhar há quase duas horas isto do exercício e andar ao ar livre soa a tanga.

9:00 – neste período os níveis de serotonina aumentam, por isso, de acordo com investigadores, as pessoas ficam mais bem-dispostas e com uma atitude mais positiva. Pode optar por beber o primeiro café nesta altura, porque o efeito da cafeína vai sentir-se mais do que no momento em que acorda. Aí está uma boa altura para pedir aumento. Mas é melhor não senão o nosso chefe manda-nos aquela banda com um sorriso na cara!

10:00 - Às 10, a tendência para a boa disposição continua e sente-se menos irritado. Até porque o sono que se sente, tira todas as sensações!

11:00 - Entre as 11 e as 12, o cérebro está mais ativo, por isso estas são horas muito produtivas em relação ao trabalho. Se se sentir stressado, pode realizar exercícios de respiração rápida, de forma a controlar a produção de cortisol. Fazer inspirações e expirações longas e profundas pelo nariz pode ser uma boa ajuda. Se não respirar melhor, ao menos dá para limpar o macaquito!!

12:00 - As 12h são, segundo os especialistas, as horas em que as pessoas estão mais propensas a reagir positivamente às situações e quando se se sentem mais felizes no trabalho (há pessoas felizes no trabalho? Mistério!). Este é um bom momento para fazer ligações profissionais ou ter reuniões importantes que impliquem a discussão de algum problema. Se as reuniões forem do tipo onde se vai almoçar e se o tacho vai ser uma vitela assada, então é um bom problema!

13:00 - Com a chegada desta hora, o humor começa a diminuir. Ouvindo um grande especialista (eu!!) acho que é por saber que ainda se tem uma tarde de trabalho pela frente!

14:00 - O momento menos produtivo do dia acontece, geralmente, às 14h, porque as pessoas sentem-se mais cansadas e o corpo entra naturalmente numa fase de descanso. O ideal é tomar um café e, depois, relaxar durante 20 minutos antes de iniciar o trabalho, já que a cafeína demora mais ou menos esse tempo a fazer efeito e, assim, vai sentir-se com mais energia depois do pequeno descanso. A mim o café tira-me o sono todo. Ou não!

15:00 - À medida que a tarde vai passando, as pessoas tornam-se menos cada vez menos produtivas e, de acordo com um estudo de investigadores da Universidade Cornell, nos EUA, há uma tendência para o mau humor entre as 15h30 e as 17h. Fazer uma pausa de 20 minutos no trabalho antes de fazer alguma atividade importante pode ajudá-lo a melhorar o seu desempenho. E a Universidade cá de casa até refere que de tarde se deve fazer uma naninha!!

16:00 - Mas apesar de o cérebro não estar tão ativo, as 16h são ideais para momentos em que se precisa de alguma criatividade. Por exemplo se estivar a nanar uma sesta, eu sou criativo para me virar para outro lado.

17:00 - Às cinco horitas, segundo os especialistas, o humor começa a melhorar e as pessoas ficam mais predispostas à diversão. Se uma pessoa estiver a ver a hora da saída a chegar, até se ri.

18:00 - Às 18, a temperatura corporal sobe e atinge o seu máximo, o que é positivo para o humor. Um jantar rico em hidratos de carbono de absorção lenta vai aumentar os níveis de açúcar no sangue e, consequentemente, produzir mais insulina, que vai reduzir a produção de cortisol e fazer com que se sinta menos stressado. Será que uma francesinha especial com ovo e batata frita tem muito hidrato?

19:00 - O cortisol continua a reduzir até à noite e entra-se numa fase relativamente calma. Por volta das 19h, é importante fazer com que o cérebro não sinta que pode descansar, porque há probabilidade de acordar às 4h da manhã: pode optar por criar uma lista de tarefas para o dia seguinte. Será que foi a minha Maria que escreveu este parágrafo?

20:00 - -As pessoas voltam a sentir-se calorosas e mais felizes às 20h, e esta sensação permanece até às 21h. Estas horas são ideais para manifestações de carinho, que vão aumentar a oxitocina no sangue, conhecida por hormona do amor, e fazer com que se sinta mais tranquilo e contente. Porque é que a oxitocina da minha Maria lhe diz para eu ajudar a arrumar a cozinha?

21:00 - E é mesmo às 21h que a boa disposição atinge o seu pico no período da noite. Além disso, o organismo começa a produzir mais melatonina e, por isso, ficamos mais relaxados. Pelo menos é assim que me sinto no sofá a não ser que me chamem como é o normal, mas eu sou um desgraçado. Um escravo!

22:00 – A esta hora, a quantidade desta hormona no organismo já é considerável e o corpo começa a preparar-se para descansar. Desligar o telemóvel e o computador é um hábito que deve adquirir, uma vez que estes aparelhos fazem com que as pessoas fiquem despertas durante mais tempo. Esta é a hora ideal para fazer sexo, porque os orgasmos estimulam a produção de oxitocina, que favorece o bom humor e a sensação de bem-estar e relaxamento, essenciais para conseguir ter um sono de qualidade. Ó pá, as dez da noite não estou para ninguém. Maria, ó Maria anda cá ver a oxitocina!!

23:00 - Depois disso, o ideal é dormir. Os especialistas dizem que quem consegue dormir antes das 23h acorda com melhor humor. Se o João Pestana não vier, então a melhor coisa é continuar a procurar a oxitocina.

24:00 - À meia-noite, o humor já não é tão positivo, de acordo com o estudo dos investigadores de Bristol. A análise dos tweets mostrou que esta é hora em que as pessoas expressam mais raiva, mas também usam uma linguagem mais sexual. Hummm!

Nesse momento, pode optar novamente por realizar exercícios de respiração profunda que o ajudam a relaxar os músculos e a ficar mais calmo. Agora percebo porque a essa hora ouvia os meus vizinhos a respirar mais profundamente. Óooooooo sim, Estragildo, deixa-me relaxar!!

01:00 - A hormona do sono atinge o seu pico entre a 1h da manhã e as 4h e, por isso, as pessoas sentem mais sono do que em qualquer outro momento. Por isso, as emoções negativas são mais intensas entre essas horas. Eu fico meio negativo, quando a minha pimpolha acorda a essa hora. Mas existe sempre aquela solução de dizer à Maria que a filha está a chamar por ela.

02:00 - Por volta desta hora, pensamentos relacionados com a morte são os que mais ocorrem. Por norma isso não acontece comigo porque a essa hora eu morri mesmo para o Mundo, a não ser para a minha Maria que adora o meu ressonar. Ou não.

03:00 - Mas é às 3h da manhã que os níveis de serotonina atingem o mínimo, e este valor permanece constante até às 5h. Pois!!

04:00 - Mas não se preocupe, porque às 4h os níveis de cortisol no sangue começam a aumentar, a preparar o corpo para acordar nas próximas horas. O problema é que, se o corpo começar a produzir esta hormona em demasia, pode acordar ansioso e em pânico. Acontece-me muito isso uma hora depois. Até fico meio lelé das ideias quando tenho que acordar.

05:00 - De acordo com a investigação realizada pela Universidade de Bristol, as 5h da manhã são as horas mais propensas a pensamentos relacionados com religião, mas também a momentos menos bons, já que os níveis de serotonina estão no mínimo. Quem escreveu isto devia ser bruxo, porque quando o meu despertador toca a minha serotonina está tão baixa que só me apetece chonar outra vez.

Só não escrevo aqui o quanto trabalho em casa senão este artigo tinha o triplo do tamanho.

27
Ago18

Sai um bifinho com pouco futuro

jl

carne consumo.pngOlá.

Que estejam todos bem por aí. Hoje enquanto conduzia estava a ouvir rádio e dei por mim a ouvir o resultado de um estudo que cada um de nós consumia no espaço de dez anos cerca de 288 galinhas. E isto é em média porque ás vezes que eu tenho que ir à Churrasqueira do Manel tenho um palpite que as galinhitas um dia destes entram em extinção.

Mas este artigo colocava em questão o método de produzir carne e o quanto o mesmo era prejudicial para o meio ambiente, até que por exemplo para se produzir um quilo de bife de vaca são necessários cerca de sete quilogramas de cereais. E abro aqui um parêntesis; quem come um bife logo de manhã, quer dizer que come bastantes cereais?! Já no que diz respeito à carne de porco, são necessários quatro quilos de cereais para produzir um quilo de carne e no caso de um frango de capoeira são necessários cerca de dois quilos para produzir um quilo de carne.

Um dos exemplos que era falado eram os Estados Unidos, onde mais de 25% da área de território utilizável é usado para pastagens e cerca de 20% são terras cultiváveis. E quase 40% das colheitas são usadas para alimentar o gado.

Claro que quando se come uma vitelinha assada quase que ninguém se lembra disto (eu incluído) mas isto está a chegar a um ponto insustentável, até porque para se conseguir esta produção de cereais é necessária uma quantidade brutal de água que um dia destes não haverá. Em Portugal em 2018 está tudo bem, mas ainda alguém se lembra que ainda o ano passado se estava a falar sobre o racionamento da água e que para acontecer novamente é um abrir e fechar de olhos?

No meio ambiente tudo está relacionado. Uma câmara municipal é capaz de proibir a circulação de um carro mais velhote porque dizem que polui, mas alguém diz que uma vaca liberta para a atmosfera mais de 189 litros de metano por dia. Este valor de emissões é o equivalente aos gases emitidos por um veículo quando este percorre 17 500 quilómetros? Ou seja mais vale colocar um catalisador no rabo de uma vaca!

Eu sinceramente não me estou a ver a deixar de comer um bifinho nos próximos anos, mas acima de tudo temos que ter mais consciência nas nossas escolhas. Se há 40 ou 50 anos pouco cartão se passava a isto, hoje em dia estamos a atingir um ponto que o que podemos colocar em risco serão as próximas gerações.

E há coisas que não custam nada. Se no seu emprego tem uma fonte de água, porque não tem uma caneca em vez de gastar 40 ou 50 copos de plástico num mês?

Isto é daquelas coisas que ou existe uma atitude global, ou então o caminho do nosso Planeta não será nada positivo.

26
Ago18

Não te deixes cair em tentação!!

jl

comidinha.jpgOlá.

Hoje enquanto lia o que andava por aí deparei-me com um artigo bastante curioso e que «referia» que comida e funerais não fazem assim uma grande aliança.

Esta peça tinha ocorrido no Perú, mais concretamente nos Andes onde cerca de nove pessoas morreram e cerca de 50 ficaram feridas depois de terem ingerido comida estragada durante um funeral.

Segundo as notícias, que citam a ministra da saúde peruana, a comida estaria contaminada com organofosfatos, uma família de químicos usados em pesticidas. Que raio de família, ainda é pior que aquela que tenho no Brasil!!

As 50 pessoas feridas estão a receber tratamento no Hospital de San José de Uhsua, sendo que várias estão em estado crítico, apesar de as autoridades peruanas não terem indicado um número concreto de feridos graves.

As autoridades retiraram várias amostras da comida do funeral e estão a investigar o caso. Mas cá para mim e seguindo o meu instinto de Sherlock Holmes cá para mim foi o falecido que envenenou a feijoada para que a sua família pagasse pelo mal que lhe tinham feito.

Por isso já sabe, quando for ao próximo funeral e tiver lá uns rissóis e uns croquetes para comer, não se deixe cair em tentação. Amén!!

25
Ago18

Exemplo a seguir

jl

Marcelo-Bielsa.jpgOlá.

Finalmente acabou o tempo que se ouvia os programas «desportivos», neste caso de futebol em que durante duas horas se ouvia falar de agressões de adeptos, de presidentes chonés, de bocas e insultos e por aí fora, mas que do jogo jogado não se ouvia nada. Mas estando os jogos outra vez aí, desta vez trago uma pequena peça que se passou fora do relvado. Aqui vai:

Bielsa obrigou os seus jogadores a recolher lixo durante três horas

Marcelo Bielsa, treinador argentino que é conhecido por ser um bom técnico mas ser também um grande choné, assumiu este ano o comando técnico do banco do Leeds United, sendo que é um histórico clube inglês e que já ganhou o campeonato mas que agora se encontra no segundo escalão do futebol britânico.

De acordo com o jornal The Guardian, o senhor Bielsa obrigou os seus jogadores a recolher, durante três horas, o lixo das imediações do centro de treinos do Leeds.

Ao ler isto uma pessoa pensa que o argentino pirou de vez, mas Bielsa explicou aos futebolistas que o objectivo era fazê-los entender a quantidade de tempo que um adepto necessita de trabalhar para conseguir dinheiro para comprar um bilhete para os seus jogos.

Este treinador tem uma grande pancada, mas esta atitude é fantástica, porque se os jogadores ganham bem, é graças aqueles que ganham pouco que o seu ordenado é pago e muitas vezes os jogadores da bola (pelo menos alguns) pensam que são mais e melhores que os outros.

24
Ago18

Amor não é um sonho

jl

amor-arvore.jpgBoas.

Estando nós a caminhar para o fim de Agosto, que é o mês que por excelência é de férias e de união familiar, isto fez- me pensar e observar um pouco nos casais que via por aí e se muitos têm uma relação duradoura, existem outros que quando estão juntos num período mais estendido no tempo, parece que descobrem que não são compatíveis.

E lembrei-me de uma peça que tinha lido aqui há uns tempos e que falava em dez perguntas que se devia fazer a um casal, para assim perceberem se a sua maneira de ser encaixa bem ou se a sua relação é como o meu ordenado e não tem grande futuro.

Neste teste do amor, feito a partir de um estudo da Universidade de Exeter (ou seja o resultado é exato. Não resisti!!), no Reino Unido, estão questões relacionadas com a amizade forte que o casal tem ou não e com os objetivos de vida futuros de cada um, isto é, se existe compatibilidade um com o outro.

Os investigadores questionaram cerca de 40 casais que, tendo casado há dez anos, continuavam juntos ou, pelo contrário, se tinham divorciado, e a mais cinco casais em relacionamentos com 15 anos. Sendo que nos dias de hoje estes casais já são quase recordistas!

Os resultados deste estudo mostraram que os casais com relacionamentos bem-sucedidos tinham sido, com frequência, amigos antes de se envolverem, conversavam regularmente sobre problemas do dia-a-dia e conseguiam ultrapassar juntos momentos com mais stress.

No caso dos casais que tinham terminado as suas relações, os motivos para a separação foram, na maioria das vezes, por problemas financeiros ou relacionados com os filhos. Também o facto de haver casais com expectativas irreais sobre a própria relação e de existir falta de esforço de uma das partes em mantê-la viva (sendo que muitos casais, esperam que sempre a outra parte a fazer isto e depois nenhum dos dois faz) foram problemas apontados pelos casais como razão para a ruptura.

Mas estando eu aqui no blá blá não podia esquecer-me de deixar aqui as questões a que todos os casais deviam responder e que deviam tentar melhorar se as respostas não forem coincidentes:

  1. Eu e a minha cara-metade encaixamos?
  2. Existe uma amizade forte entre nós?
  3. Conseguimos ver (e não imaginar) o melhor um do outro?
  4. As nossas expectativas não são exageradas, mas são realistas?
  5. No geral queremos as mesmas coisas relativamente à nossa relação e à vida em conjunto?
  6. Conseguimos «discutir» assuntos juntos?
  7. Somos capazes de manter a nossa relação viva com todas as envolventes?
  8. Mesmo nos momentos difíceis, conseguimos assumir o compromisso de fazer as coisas resultarem?
  9. Em caso de situações mais graves e stressantes, seríamos capazes de ultrapassar isto?
  10. As outras pessoas à nossa volta (por norma, a família mais chegada) ajudariam em situações mais complicadas?

Acima de tudo a franqueza e o realismo é o que de melhor se pode ter para aliar ao Amor numa relação. Mas quem sou eu?

23
Ago18

A paixão

jl

braga.jpgBoas.

Ontem enquanto andava a ver as últimas noticias do Desporto deparei-me com uma peça que vinha da cidade dos Arcebispos e que referia que a equipa feminina de futebol do Sporting Clube de Braga se tinha reforçado com duas atletas que eram a ganesa AHIALEY e a camaronesa MACHIA. Desde logo fiquei curioso porque quando são jogadores do sexo masculino a norma é serem referidos dois nomes, mas quando o futebol é feminino as meninas só têm um nome. Ou será que a moda em África é essa? mas continuando, a jogadora Ahialey referia que gostava de marcar golos e fazer assistências e que consegue adaptar-se bem a diferentes tácticas. Mas depois de ver a foto fiquei logo a tremer porque fiquei a ver que a união com a minha Maria poderia estar em perigo, porque comecei a ver que me estava a apaixonar. Porque só de ver aqueles olhos sensuais e aquela cara tão laroca e feminina. O meu coração ficou logo apertado. O que vale é que isto passou-me, mas aqueles dezassete segundos que isto durou, marcou-me profundamente.

23
Ago18

Regras para os filhos da nova geração

jl

CRIANÇAS.jpgBoas.

Hoje ao ver uma entrevista do Dr. Daniel Sampaio fiquei curioso com o livro que foi agora editado (Do Telemóvel para o Mundo - Pais e Adolescentes no Tempo da Internet, editora Caminho) e que fala sobre as relações entre pais e filhos mas que acima de tudo é fundamental estabelecer regras para que tudo funcione existindo assim comunicação entre nós e os nossos filhos.

E uma dica que o Doutor diz é que os pais não são amigos dos filhos, mas sim modelos.

E um dos problemas que se coloca hoje em dia é do acesso às crianças à tecnologia. Hoje em dia sem ser dos chamados velhotes (e chamo de forma carinhosa) quantas pessoas é que se conhece que não têm telemóvel? E mesmo nas pessoas de idade o número já não é assim tão grande.

Um dos conselhos dados é que telemóveis só a partir dos 10 anos. Quando começam a ficar demasiado agarrados - sem tirar os olhos do ecrã para responder - deve falar com calma e nunca fazer a advertência mais do que duas vezes. A autorregulação no uso é muito importante e importa incutir isto desde cedo.

Há alturas para isto, mas existem períodos essenciais para conversar, tal como existe a hora de levantar e partir para a escola e o trabalho, a hora de chegar a casa, o jantar e a hora de dormir sem estar constantemente com os olhos no ecrã, até porque depois existe o outro lado da moeda em que as crianças ficam quase dependentes da internet assim como dificuldade de falar em presença com os adultos.

Os telemóveis vieram potenciar o exibicionismo dos jovens.

Tudo se resolve com educação ética: o que colocar na net e de que forma. Advertir para os perigos, tentar mostrar como é bom contactar. A exposição do corpo deve ser cuidadosa, mas hoje em dia é uma forma de comunicação que devemos aceitar com parcimónia. Tirar uma selfie como o Marcelo até pode ser engraçado, mas tirar uma foto ao corpo sem roupa, levado por adultos (e não só) poderá levar a graves problemas.

Os pais devem ser amigos dos filhos nas redes sociais?

Os pais não devem ser amigos dos filhos. Ser pai ou mãe é servir de modelo e não estar a par. O que adianta ser amigo se depois o seu filho vai para outras redes como o Instagram, WhastApp, Snapchat (ou muitas outras que nem se conhece) só para não ter que aturar o velhote? Acima de tudo é fundamental explicar aos mais novos o que se pode publicar nas redes sociais e o que não se pode.

O que fazer quando os miúdos estão com os olhos grudados nos telemóveis?

Acima de tudo é necessário falar com muita calma e nunca repetir a advertência mais do que duas vezes. Estimular a conversa e proibir nos momentos-chave da vida familiar. Mas ter em atenção que quando se coloca esta restrição aos miúdos, não é para os pais logo de seguida estarem a jogar o joguinho ou estarem na cusquice do Facebook.

Porque é que não se deve espiar o telemóvel dos filhos? Isto não poderia ser uma boa forma de detectar problemas?

O telemóvel é um território absolutamente privado. Os problemas detectam-se numa base de confiança, nunca como um espião. O pai espia e depois o que faz? Diz que é espião ou mente dizendo o quê? As regras de confiança a partir daí desabavam.

O que devem fazer os pais se apanharem a ver pornografia nos smartphones ou no computador?

Claro que isto é um assunto que enquanto pais nos fazem dar um nó no estomago, mas quantos de nós no nosso tempo e nas redes sociais existentes (VHS; revistas como a Gina…) é que não fizeram isto? Os pais não devem «apanhar» os filhos. Ver pornografia deve ser discutido abertamente porque é frequente, sobretudo nos rapazes. Deve-se dizer que a pornografia é uma indústria, explora o corpo da mulher e tem pouco a ver com a sexualidade das pessoas normais. Se falarmos sobre o assunto ele perderá importância.

Outro problema são os jogos de computador. O que fazer para que se torne um vicio?

Desde muito cedo combinar horários e regras de utilização e fazer ver que um compromisso é para cumprir.

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D