Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

21
Jul20

Quando é que isto vai mudar?

jl

luz ao fundo do tunel.jpgBoas.

Que estejam bem por esses lados. A economia e a crise é quase o pão nosso de cada dia. E hoje ao navegar na Net deparei-me com um artigo no site do ECO que no nosso ambiente político, o PSD é o partido com contas em ordem, seguindo-se o PCP e o BE, enquanto que o PS e CDS estão em falência técnica. Se estivéssemos a falar de uma família ou de uma empresa qual seria o destino? Pois! Neste país uns são filhos e outros enteados e conforme é nisto é em tudo. Se qualquer em presa tivesse dividas como os clubes do futebol já estariam fechados à muito. Se uma empresa recebesse ajudas como a TVI recebeu devido à pandemia e depois pagasse ordenados anuais na ordem dos milhões de euros à sua nova (antiga) estrela, num país dito normal era impensável, mas aqui em Portugal tudo é possível.

20
Jul20

Light só de nome

jl

batata frita.jpgBoas.

Que estejam bem. Agora que o calor está aí, o tempo dos petiscos chegou novamente. Aliás basta passar por qualquer esplanada para se ver isso mesmo. Se foi sempre assim, hoje em dia acho que as pessoas até comem e bebem só para não terem que usar máscara. E se este é o tempo em que por norma até se come menos, a verdade é que muitas vezes se cometem erros ao comer aqueles petiscos saborosos mas que as calorias são como os termómetros, sobem, sobem e sobem.

Mediante isto, muitas pessoas tentam fazer escolhas mais saudáveis, ou menos más. E uma delas é no que diz respeito às batatas fritas.

As ditas “normais” e a versão light das mesmas. E mediante isto trago aqui uma comparação entre elas, e embora um pouco surpreendente, as diferenças pouco se notam.

Comparações por 100 gramas de produto:

                  Batata frita “normal”     Batatas frita light       Diferenças

Energia               532 Kcal                      489 Kcal                  - 43 Kcal

Proteína               4,6 g                             4,4 g                       -0,2 g

Fibra                     6,2 g                              6,1 g                     -0,1 g

Sal                        1,38 g                            1,18 g                     -0,2 g

Avaliando estes dois produtos, a redução por 100 g entre uma e outra opção resulta somente em 43 kcal. O que perante a Dose Diária Recomendada (DDR) para a ingestão energética - cerca de 2000 kcal por dia.

Mediante estes resultados fica demonstrado que neste produto é quase indiferente optar pela versão normal ou light.

O grande problema que existe para nós enquanto consumidores, é que inconscientemente pensamos que por ser light até se pode comer mais um pouco, o que como resultado final poderá significar que exageremos mais no que consumimos. Mas como em tudo na vida temos que estar alertas.

19
Jul20

Já não chega?

jl

enche chouriços.jpgBoas.

Em primeiro lugar tenho que dizer que tenho visto pouca televisão nos últimos dias. Mas os canais nacionais para além do Covid e dos incêndios, só tem dois temas, ou o Jorge Jesus ou a Cristina Ferreira. E depois aparecem dezenas de analistas, uns a dizerem que as pessoas em causa fazem muito bem em mudarem, ou então a dizerem que hoje em dia existe pouca ou nenhuma vergonha.

Ponto número um: a mim tanto se me dá, como se me deu.

Ponto número dois: as pessoas como conscientes tem que ver o que é melhor para a vida delas e a partir daí tem que assumir quer os elogios, quer as críticas, mas o que acho é que é um absurdo estar horas e horas a falar de temas que parecem ser a coisa mais importante do Mundo.

18
Jul20

O céu fica mais azul

jl

rosa azul.jpgBoas.

Faz agora uma semana que vivi um dos dias mais tristes que a vida me «brindou». Eu sei que o falecimento dos pais, não acontecendo nada de anormal, faz parte da nossa vida, dos filhos, mas que nos marca imenso, lá isso é verdade. E isto aconteceu na mesma semana, em que o Futebol Clube do Porto se sagrou campeão. Sinceramente foi daquelas coisas que só me trouxe felicidade, porque estando a Rosinha onde estiver de certeza que estará mais feliz, já que a aliar o amor que tinha ao Salgueiros, o FCPorto estava sempre no seu peito.

17
Jul20

Que raio é isto?

jl

inferno.jpgBoas.

Que estejam todos bem aí desses lados. Hoje enquanto andava a ver as últimas noticias na Net, deparei-me com uma notícia que sinceramente me deu a volta ao estomago. A peça tinha como origem uns pais (que é um abuso serem tratados como tal), que tinham prendido o seu filho de 5 anos de idade numa jaula e que o mataram com água a ferver.

Esta criança foi morta pelas pessoas que supostamente serviriam para o proteger que são os pais, depois de estes o queimarem repetidamente com água a ferver. O caso ocorreu em Singapura e os «pais», ambos com 28 anos, foram agora condenados a penas de prisão de 27 anos pelos crimes.

Estas pessoas (que de pessoas não tem nada), deixavam a criança presa numa jaula para animais de forma regular e segundo a investigação das autoridades provou que o casal numa semana de Outubro de 2016, queimou o filho com água a ferver em quatro ocasiões diferentes.

No último ataque, a criança ficou com 75% do corpo queimado, os pais esperaram cerca de 7 horas até levar a criança ao hospital. E naturalmente, acabou por não sobreviver.

Na investigação judicial é descrito que o menino era deixado enjaulado pelos pais, com comida e água em taças de plástico, como se de um cão se tratasse. A criança era castigada com beliscões de alicate, queimada com colheres a ferver e agredida com o cabo de uma vassoura.

Apesar de a acusação ter pedido pena máxima e condenação por homicídio para os pais do menino, o juiz decidiu dá-los como culpados do crime de maus-tratos agravados, negligência e agressão.

Eu, sinceramente acho a pena muito severa. Acho que só condenava este casal maravilha a um mesito de prisão. Claro que teriam companhia de meia dúzia de pessoas que lhes pudessem dar o tratamento, que estes deram ao seu filho.

Que raio de gente é esta? Que não venham com a treta de compaixão.

16
Jul20

Dias de nojo, actualizados

jl

dias de nojo.jpgBoas.

Como ontem aqui referi, andei desaparecido durante uns dias devido a um falecimento de um familiar. Ao ocorrer isto na minha vida, deparei-me com algumas coisas que como habitualmente não lido, fiquei surpreso. Uma delas foi acerca dos dias de nojo, ou então como é mais facilmente conhecido por faltas por falecimento de familiar. Mas afinal quantas faltas se pode dar no trabalho? E isto vem no seguimento em que muitas entidades patronais fazem de conta que o que está em vigor, é a lei que estava a ser utilizada até 2018. Mas as coisas mudaram!

De acordo com o artigo 251º do Código de Trabalho, existem 2 ou 5 dias de dispensa. Concretamente, o número de dias de nojo a que tem direito no falecimento de parentes depende do grau de parentesco que o trabalhador tem com a pessoa que faleceu. Vamos lá então dizer as coisas mais em concreto:

5 dias

Pode faltar até cinco dias consecutivos pela morte do cônjuge (não separado de pessoas e bens, ou a pessoa que viva em união de facto ou economia comum), de pais, filhos, padrastos, sogros, genros, noras, enteados, adoptados. Esta regra abrange, portanto, além do cônjuge, qualquer parente ou afim no 1.º grau na linha reta.

 2 dias

Estão justificadas as faltas até dois dias consecutivos em caso de falecimento de outro parente ou afim na linha recta ou no 2.º grau da linha colateral, ou seja, irmãos, avós, bisavós, netos, bisnetos e cunhados.

Quando se trata de tios, primos ou sobrinhos, não há qualquer dia de luto ou dispensa contemplado na lei. Mas, se faltar para ir ao funeral, a falta é considerada justificada.

Estas faltas são remuneradas ou implicam perda de remuneração?

Este tipo de falta justificada (por falecimento) não implica a perda de retribuição do trabalhador e lembrar que se deve avisar a entidade empregadora da falta e respectivos motivos o mais cedo possível.

Como contabilizar estes dias?

A Autoridade para as condições do Trabalho (ACT), diz que o início de contagem das faltas por falecimento de familiar inicia-se no dia do falecimento, podendo ser acordado momento distinto ou ser estabelecido outro momento por instrumento de regulamentação colectiva de trabalho (artigo 250.º conjugado com o artigo 3.º do CT). Se o falecimento acontecer ao final do dia, após se verificar o cumprimento, pelo trabalhador, do período normal de trabalho diário, deve a contagem dos dias de ausência ao trabalho por motivo de falecimento iniciar-se no dia seguinte. E isto muitas entidades patronais, fingem desconhecer!

Ter em atenção que não poderão ser contabilizados os dias de descanso e feriados intercorrentes na contagem das faltas por falecimento de familiar, por não existir ausência do trabalhador do local em que devia desempenhar a actividade durante o período normal de trabalho.

O falecimento de familiar adia ou suspende o gozo das férias, já em que não depende da vontade do trabalhador e impossibilita o gozo do direito a férias que visa o descanso e recuperação física do trabalhador.

Eu sei que nestes momentos muitas vezes tudo isto nos passa ao lado, mas se é verdade que temos deveres enquanto trabalhadores, também existem direitos.

15
Jul20

Leis de bradar aos céus

jl

cemiterio.jpgBoas.

Nos últimos dias tenho andado fugido do blog por motivos de força maior. Mas tem que ser. E se andei fora daqui foi devido ao falecimento de um familiar.

E é precisamente no seguimento deste evento que venho falar.

Depois das exéquias toca a tratar dos assuntos burocráticos (e em tempo de pandemia, é de fugir) e uma das coisas que foi necessário, foi anexar a foto da pessoa falecida à pedra já aí existente.

E sendo um jazigo de propriedade familiar, o qual tem as taxas em dia, o que se pensa? Bem, vou levar a pedra embora para anexar mais um nome com datas e uma foto e depois trazer novamente a pedra. E a verdade é que tudo isso é possível, segundo nos informou o responsável do cemitério. Mas, o retirar a pedra que é nossa, para ser pintada à nossa custa tem um custo de quase 20 euros. Se não tivesse a viver um momento de dor, até poderia sorrir, mas sabendo que quem me dizia apenas cumpria ordens superiores apenas disse uns palavrões interiormente.

Mas que isto faz ver que este País, nestas pequenas coisas trata os seus cidadãos abaixo de cão.

11
Jul20

Pela direita não

jl

vci.jpgBoas.

Ontem enquanto circulava na VCI (para quem não sabe fica situada no Porto) na faixa do meio, fui ultrapassado por um carro que sinceramente nem me consegui aperceber do modelo tal a velocidade que ele circulava. E se por vezes até vou nessa faixa por ir (erro meu, admito), a verdade é que estava a ultrapassar um veiculo que ia na faixa mais à direita. E falo de uma estrada que na sua maioria é constituída por três faixas. Mas quem me ultrapassou devia estar a fazer slalom, já que depois da minha viatura continuou a ultrapassar fosse pela direita ou pela esquerda.

E isso é daquelas manobras que é proibida e que se for vista pelas autoridades dá multa.

Eu sei que muitas vezes depois de se ter a carta de condução, muitas das coisas que se aprendem são colocadas de parte, mas o código da estrada que rege os condutores continua em vigor e o que ele nos diz em relação a este aspecto é o seguinte:

“É proibida a ultrapassagem:

  1. a) Nas lombas;
  2. b) Imediatamente antes e nas passagens de nível;
  3. c) Imediatamente antes e nos cruzamentos e entroncamentos;
  4. d) Imediatamente antes e nas passagens assinaladas para a travessia de peões e velocípedes;
  5. e) Nas curvas de visibilidade reduzida;
  6. f) Em todos os locais de visibilidade insuficiente;
  7. g) Sempre que a largura da faixa de rodagem seja insuficiente.

É proibida a ultrapassagem de um veículo que esteja a ultrapassar um terceiro.

Não é aplicável o disposto nas alíneas a) a c) e e) do n.º 1 e no n.º 2 sempre que na faixa de rodagem sejam possíveis duas ou mais filas de trânsito no mesmo sentido, desde que a ultrapassagem se não faça pela parte da faixa de rodagem destinada ao trânsito em sentido oposto

Não é, igualmente, aplicável o disposto na alínea c) do n.º 1 sempre que a ultrapassagem se faça pela direita nos termos do n.º 1 do artigo 37.º

Quem infringir o disposto nos n.º 1 e 2 é sancionado com coima de (euro) 120 a (euro) 600.

De acordo com o artigo 37 do Código da Estrada:

Deve fazer-se pela direita a ultrapassagem de veículos ou animais cujo condutor, assinalando devidamente a sua intenção, pretenda mudar de direção para a esquerda ou, numa via de sentido único, parar ou estacionar à esquerda, desde que, em qualquer caso, tenha deixado livre a parte mais à direita da faixa de rodagem.

Pode fazer-se pela direita a ultrapassagem de veículos que transitem sobre carris desde que estes não utilizem esse lado da faixa de rodagem e:

  1. a) Não estejam parados para a entrada ou saída de passageiros;
  2. b) Estando parados para a entrada ou saída de passageiros, exista placa de refúgio para peões

Quem infringir o disposto no n.º 1 é sancionado com uma coima de 120 a  600 euros.

Mas o artigo 36.º é esclarecedor:

A ultrapassagem deve efetuar-se pela esquerda.

Quem infringir o disposto no número anterior é sancionado com uma coima de 250 a 1250 euros.

E esse valor não é brincadeira nenhuma! E nesta matéria não se pode facilitar em primeiro lugar pela segurança e depois por causa destes valores.

10
Jul20

Pizza, nham, nham

jl

pizza.jpgBoas.

Hoje é o Dia Mundial da Pizza, sendo que é daquelas datas que basicamente só lembra a quem vive dessa área. Este é daqueles alimentos que embora imensamente popular, quer pela facilidade de preparação, quer pelo custo, pode custar muito caro no que diz respeito à saúde.

E falo nisto naquelas pizzas que geralmente se compra no supermercado, ou daquelas que estão ao nosso dispor em qualquer loja de take-away.

Por isso se gosta muito deste alimento, o melhor conselho que se pode dar é fazer a pizza em casa. Deste modo, tem maior controlo sobre a sua refeição. Assim, conseguirá saborear uma refeição de forma equilibrada e saudável.

Tudo depende dos ingredientes que cada um coloca, sendo que um dos exemplos é a quantidade de queijo. Mas existem alguns especialistas que apontam benefícios na pizza em relação ao queijo que oferece cálcio, e em relação ao tomate que ajuda no combate a várias doenças. Além disso, a crosta de pizza feita com farinha de trigo integral é mais saudável do que a crosta branca regular, pois oferece grãos inteiros e mais fibra. E, se for fina, não acrescenta um grande aporte de hidratos de carbono.

Mas tem que ter atenção aos ingredientes que acrescenta na cobertura, os quais poderão afectar o valor nutricional da pizza. Bacon, salsicha, queijo extra são alguns exemplos que podem aumentar as quantidades de gordura saturada, sódio e calorias. E a massa, se for feita com farinha branca também não contribui para a sua boa fama.

As pizzas congeladas podem ser, por vezes, um jantar conveniente, mas também podem variar em termos de ingredientes e valor nutricional. Como tal, é sempre importante ler bem os rótulos cuidadosamente antes de comprar.

Acima de tudo tem que se ter conta, peso e medida como em todos os aspectos da nossa vida. O que adianta comer uma salada (e isto se não exagerar nos molhos ou na famosa maionese), se comer três ou quatro fatias de pizza encharcadas em gordura?

Para se ter uma ideia mais concreta do que aqui falo, deixo aqui o valor calórico de uma simples fatia. Cá vai então:

- Fatia 1

Molho de tomate, mozzarela, parmesão e orégãos (294 calorias)

- Fatia 2

Molho de tomate, mozzarela, parmesão, orégãos, cebola, ervilhas e pimento verde (318 calorias)

- Fatia 3

Molho de tomate, mozzarela, parmesão, orégãos, cebola, ervilhas, pimento verde, banana e cogumelos frescos (371 calorias)

- Fatia 4

Molho de tomate, mozzarela, parmesão, orégãos, cebola, ervilhas, pimento verde, banana, cogumelos frescos, bacon e linguiça (463 calorias)

- Fatia 5

Molho de tomate, mozzarela, parmesão, orégãos, cebola, ervilhas, pimento verde, banana, cogumelos frescos e mozarela (590 calorias)

- Fatia 6

Molho de tomate, mozzarela, parmesão, orégãos, cebola, ervilhas, pimento verde, banana, cogumelos frescos, mozarela e azeitonas (659 calorias)

E isto, sem colocar aqui bacon, chouriço ou carne, senão os valores disparavam. Por isso já sabe, se tiver que comer uma fatia de pizza, faça-o esporadicamente, mas (e pode ser com letra maiúscula, este mas) lembre-se destes valores que podem ir para valores descomunais.

09
Jul20

o que dizer às nossas crianças?

jl

crianças.jpgBoas.

Agora que o confinamento está a passar do 8 para o 80, as relações familiares começam a ser mais discutidas. E uma coisa é as amizades e outra é a família. Isto pelo menos na minha perspetiva. Claro que em tudo existe excepções. O que vou falar aqui é do que se deve evitar de dizer aos nossos filhos (e para os casos que se apliquem, aos netos).

Se por vezes dizemos algumas frases que podem parecer inocentes, na verdade podem causar danos a médio ou longo prazo.

Podemos até ter boas intenções, mas parte daquilo que dizemos aos nossos filhos ou netos e poderão ser encaradas por ser críticas, condescendentes ou até negativas.

Segundo o que os psicólogos dizem isto é perfeitamente natural que isto aconteça, já que existe sempre uma tendência de repetirmos os comentários aos nossos filhos, que os nossos pais nos fizeram a nós. É algo que acaba por se tornar parte da cultura familiar, quase uma tradição, sem nos apercebermos.

Mas na verdade, muitas destas frases ou ideias que se perpetuam durante gerações, podem ter um impacto negativo para os mais novos e não sendo benéficos para o seu desenvolvimento.

Existem coisas que nos podem até parecer bem, mas nem sempre é assim.

Lisonjear permanentemente.

Pode até parecer estranho em como uma frase de encorajamento pode ser considerado algo negativo, mas segundo vários especialistas, o estar constantemente a elogiar sem justificação leva a que as nossas crianças deixem de sentir o impacto positivo do elogio. Torna-se apenas em barulho, sem significado e perdendo assim o valor.

Assim, ao invés de prestar um elogio sistemático, tente ser mais específico ao assinalar positivamente um determinado esforço da criança. Encoraje a criança no processo de criação independentemente dos meios que utiliza, o importante é ela explorar tudo o que a rodeia. Se ela fizer um desenho tente que ela explique pormenores e não diga só que o desenho está bonito.

Porque sim ou porque sou eu que mando!

Se isso nos irrita enquanto adultos porquê é que falamos assim para os mais pequenos? Se nos perguntarem o porquê de comerem sopa e nós dissermos porque sim, transmitimos uma mensagem de que a criança não merece uma explicação e se sinta desvalorizada.

Por vezes as crianças só precisam de uma simples explicação. Não precisa de explicar o Teorema de Pitágoras, seja simples mas sincero.

Chorar

Por vezes, os adultos perdem a paciência com o choro das crianças que nos parecem desnecessários. Apesar de por vezes levarem ao desespero os adultos, o choro é uma resposta natural e saudável do nosso corpo que não deve ser reprimida. Segundo vários especialistas, o choro poderá ser uma experiência de aprendizagem para as crianças e é assim que deve ser interpretada pelos seus responsáveis.

Assim ao invés de exigirmos que parem de chorar, devemos perguntar à criança o que é que está a magoar ou de que é que ela que tem medo. Na maioria dos casos, a simples explicação da razão do choro e conversar com ela é suficiente para ela acalmar.

Cala-te

Com isto não se quer encorajar a má educação das crianças, sugerindo que elas podem dizer todas as coisas que lhes apetecer, mas por outro lado, tentar que elas não digam as suas opiniões pode também não ser o melhor caminho. A verdade é que muitas vezes podemos ter coisas para dizer que não sendo agradáveis também não são maldosas.

Se ouvirmos as crianças a dizer algo desagradável aproveite para usar isso como uma forma de lhes ensinar a ter mais empatia para o hoje e amanhã. Faça perguntas do tipo como achas que a pessoa se vai sentir? ou “de que outra maneira se poderia dizer isso?. Ensinar os nossos pimpolhos a serem gentis e assertivos é sem dúvida uma enorme mais-valia para que o seu futuro seja melhor.

És a criança mais bonita do Mundo

Quem é que não disse isto a um filho? Apesar disso até poder ser verdade, reforçar e elogiar constantemente a aparência da criança pode transmitir uma mensagem errada.

Estar continuamente a elogiar a beleza das nossas crianças pode passar a ideia de que a sua aparência é mais importante que a sua personalidade ou caráter.

Assim até podemos pensar isso, mas temos que os fazer ver que a vida não é só aparência e temos que lhe incutir isso mesmo.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub