Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

10
Jan21

Sexo é natural

jl

casal união.jpgOlá.

Estando nós a atravessar uma altura em que o Pólo Norte parece que se mudou aqui para terras lusitanas lembrei-me de escrever aqui algo que pudesse servir como ajuda para o pessoal se aquecer. Podia escrever aqui sobre o aquecimento artificial, mas como o preço do gás e da electricidade estão a um preço que parece que somos todos milionários então resolvi falar de outra alternativa.

E uma alternativa que poderá acontecer é o chamado truca truca. Para além de ser uma óptima forma de aquecer (aliás, a melhor), o acto sexual promove uma maior intimidade, assim como um melhor estado de saúde físico e também mental.

O sexo estimula também a libertação de endorfinas, de melhorar a nossa disposição, baixar o stress e mesmo os níveis de dor. Para além disso temos também mais intimidade com a outra pessoa.

Por tudo isto e muito mais, o sexo pode ser e é uma atividade fantástica para assegurar a sua saúde e bem-estar. Mas a verdade é que com o tempo podem surgir vários obstáculos que interferem com esta questão como o aborrecimento entre o casal, os conflitos, os filhos, o envelhecimento natural das pessoas ou a gravidez.

Mas existem sempre algumas estratégias para que o acto sexual continue a ser interessante e gratificante. E neste caso para os dois, porque só assim faz sentido. Mas vamos lá a alguns exemplos:

Efeito novidade

Como é normal este é um aspecto que está muito mais presente na fase inicial de uma relação, perdendo algum do seu fulgor a partir do momento que a rotina se começa a instalar. Mas o lado positivo é que é sempre possível reactivar os níveis da dopamina ao experimentar coisas novas. Ao longo do tempo é importante e fundamental que o casal vá encontrando formas de inovar, experimento novas posições, brinquedos, jogos, e por aí fora. O importante é que se divirtam em conjunto dialogando sempre.

Prazer sexual

Este momento caracteriza-se por uma atenção quase exclusiva no prazer do outro. Para isso é necessário um grande foco e concentração. A ideia é que cada membro do casal tenha a possibilidade de ser alvo de toda a atenção durante uns momentos. O seu prazer passa a ser o único objetivo. Mais tarde essa situação inverte-se. O objetivo é garantir uma experiência prazerosa para ambos. Numa relação sã, o prazer do outro é o primeiro passo para que se tenha ainda mais prazer.

A satisfação do outro lado

Este é um processo contínuo. As necessidades e o corpo do nosso parceiro vão-se alterando ao longo dos anos, pelo que é importante continuar a encontrar formas de oferecer prazer. Experimente várias coisas e vá testando o que melhor funciona. Explore as regiões erógenas, estimule todos os sentidos. Não tenha receio de perguntar o que a outra pessoa quer ou como um determinado gesto a faz sentir. A técnica principal é dialogar. O saber o que o outro lado pensa e sente é fundamental.

Descubra o que é melhor para si

Todos somos diferentes, sendo que por isso mesmo cada caso é único. Apenas depois de explorar a sua própria sexualidade irá conseguir comunicar ao seu parceiro a informação-chave para garantir que este é capaz de cumprir uma boa performance e sentir e dar prazer.

Comunicação

O seu parceiro dificilmente é capaz de ler tudo que se passa na nossa mente. O elemento mais determinante para o sucesso de uma relação é a capacidade de comunicação, assegurando que existe um nível elevado de conexão que permite abordar qualquer tema, desejo, receio ou vontade. Se algo não está a funcionar tem que ser capaz de dizer à outra pessoa.

Tudo se resume ao diálogo e à sinceridade.

09
Jan21

Quando iremos mudar?

jl

covid 080121.jpgBoas.

Não sei como serão os números do dia de hoje relativamente à Covid , mas nas últimas 24 horas, Portugal teve cerca de 118 óbitos e 10.176 infectados.

E ouço muita gente dizer que o nosso Governo não toma medidas mais duras por medo, que não existem regras suficientes e por aí fora, mas a culpa de tudo isto que se passa só tem um culpado que somos nós todos. Se assim continua (e mesmo com a vacina) vamos ter meses e meses cada vez mais duros em que o número de mortos passa a ser quase uma banalidade.

Ainda me lembro que no início desta pandemia, quando ocorria uma ou duas mortes (o que é sempre um excesso) era uma notícia quase bombástica. Hoje em dia o que causa mais impacto é quando se passa a centena de mortos diários.

Estas mortes são sempre negativas, mas se uma pessoa puder retirar algo de positivo, então que isso nos faça ver que temos que mudar o nosso comportamento. Quando morre alguém que não se conhece até podemos ter pena, mas diz-nos muito pouco, mas se essa pessoa for nossa amiga ou da nossa família?

 

07
Jan21

Voltar ao normal!

jl

actividade natalicia.jpgOlá.

Depois deste tempo de festas, a maioria de nós já se começou a aperceber que a roupa que tem no guarda-vestidos talvez devido ao frio que se tem feito sentir começou a diminuir. Mas, para diminuir esse problema da «temperatura», a melhor coisa a fazer é controlar esse frigorífico que é muito parecido com a nossa boca.

Se sente que exagerou um bocadito (e este bocadito é sempre subjectivo), se sente que tem uma barriga estilo Pai Natal, dorme pior ou sente falta de energia, então está na altura de dar a volta a esta situação. Deixo então aqui alguns notas que ajudarão a melhorar a nossa vida:

Alimentação

Depois daquelas refeições dignas de um Rei eis que chega a altura de tentar não comer tanto, como produtos lácteos (leite, iogurtes e queijo) que deve ter comido que sobre nestas festas, assim bem como carne vermelha que tradicionalmente faz parte das refeições desta altura do ano.

Se gostar opte como fonte de proteína por cogumelos, legumes e ovos.

Sendo que por norma, esta altura estamos quase sempre junto a uma mesa a encher o bandulho, chega a altura de fazer um pausa neste quase desvario e retomar as refeições normais, sem nunca esquecer que não é só a comida que nos engorda, sendo que o que se bebe pode ser também uma fonte enorme de calorias. Por isso opte sempre por beber água ou tisanas sem açúcar.

Temos que nos lembrar que os vegetais são um dos ingredientes principais dos nossos pratos. Introduzir na mesma refeição as versões de hortícolas cruas e cozinhados a vapor ou levemente salteados fará com que o seu corpo agradeça. Coma a fruta de preferência à tarde, mas sem exageros.

Não nos podemos esquecer que a alimentação contribui para a nossa saúde, mas um estilo de vida mais saudável é muito mais facilmente atingido com exercício. E neste caso não é obrigado a ser uma Rosa Mota ou um Carlos Lopes, mas é importante que faça uma actividade física que o faça gastar energia. Pode fazer uma corrida ligeira durante dez ou quinze minutos. Pode também optar por uma caminhada. Claro que aqui o gasto de energia será menor, mas se dobrar o tempo compensará esse facto.

Se não puder ou não quiser sair de casa então faça exercício de tonificação muscular optando por várias repetições. E arranjará sempre alternativas se não tiver material de ginástica. Basta ter imaginação. O que importa é mexer o corpo.

Mesmo em tempos como este de pandemia, a saúde e a prática de exercício físico estão ainda mais interligados. Quanto melhor é a nossa saúde com a prática de exercício, melhor será a nossa resistência a factores negativos.

06
Jan21

Radares Janeiro 2021

jl

radares janeiro 2021.jpgOlá.

Agora que o novo ano já começa a entrar nos eixos, eis que os velhos hábitos tornam a invadir a nossa vida. E uma dessas coisas que tornam a vir são as maquinetas que a nossa Policia instala para andar na caça à multa. Eu sei que muitas vezes isto também é uma questão económica, mas a verdade seja dita que isso é uma coisa que também merecemos, até porque basta andar nas nossas estradas para se ver que cada vez se conduz pior no nosso país.

Esperando que todos nós comecemos a ter mais consciência que não andamos sozinhos nas nossas estradas aqui deixo a localização dos radares neste mês de Janeiro no distrito do Porto, que começarão no dia de amanhã.

Dia 07 - 14H00             Via Eng. Edgar Cardoso – V.N.Gaia

Dia 11 - 20H00             Av. D. JoãoII – Oliveira do Douro

Dia 13 - 08H00             Rua Gomes Amorim – Póvoa do Varzim

Dia 15 - 14H00             Rua Ribeiro Cambado – Valongo

Dia 18 - 20H00             Estrada da Circunvalação – 11089 – Porto

Dia 20 - 08H00             Estrada D. Miguel – Gondomar

Dia 22 - 08H00             Estrada da Circunvalação – 14036 – Matosinhos

Dia 25 - 14H00             Estrada Municipal Nº556 – Santo Tirso

Dia 26 - 08H00             Av. Dr. Antunes Guimarães – Leça da Palmeira

Dia 28 - 14H00             Estrada da Circunvalação – 9389 – Porto

Dia 29 - 08H00             Av. da Boavista – Porto

Que isto sirva de alguma maneira como ajuda!

 

05
Jan21

2020 – 4ª parte

jl

2020-4.pngBoas.

Depois muitos meses, lá se chegou aos últimos três meses do ano onde o tema recorrente foi sempre o mesmo. Mas para além do Covid aconteceram muitas e muitas coisas e para não me tornar maçador deixo aqui esses factos. Vamos lá então:

OUTUBRO

Foi neste mês que foi detectado o primeiro caso de infecção por COVID-19 entre os membros do Governo, no ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

Como a Covid não escolhe estatutos, raças, ou géneros eis que Cristiano Ronaldo testou positivo.

Para a CMtv ter mais que falar Donald e Melania Trump testaram também positivo.

O Santuário de Fátima recebeu os fiéis para a peregrinação do dia 13 de outubro com um plano de contingência no recinto que colocou os peregrinos dentro de círculos no chão, os quais cumpriram religiosamente.

Samuel Paty, professor de História em França, foi decapitado no dia 16 de outubro por um refugiado, de 18 anos, por ter mostrado caricaturas do profeta Maomé em aulas sobre liberdade de expressão.

Devido aos aumentos de casos de COVID-19, o país entrou em Estado de Calamidade a partir do dia 15.

Foi reprovada no Parlamento a possibilidade de fazer um referendo à eutanásia em Portugal.

No dia 25 de outubro, realizaram-se eleições legislativas regionais nos Açores, com o PS a perder a maioria absoluta que tinha há 20 anos e uma ‘geringonça açoriana’ a surgir no horizonte.

Apesar das medidas para conter a pandemia, milhares de pessoas acorreram inesperadamente à Nazaré para ver as ondas gigantes, provocando uma enorme polémica.

O prémio Sakharov, dado pelo Parlamento Europeu para distinguir a liberdade de pensamento, foi atribuído à oposição democrática da Bielorrússia.

O desenho milenar de um gato com 37 metros foi descoberto numa das montanhas do deserto de Nazca e tornou-se no mais recente tesouro arqueológico do Perú.

No basquetebol americano, os Los Angeles Lakers derrotam os Miami Heat e vencem as finais da NBA.

No dia 25, Lewis Hamilton venceu o Grande Prémio de Portugal que decorre em Portimão e quebrou o recorde mundial de vitórias na Fórmula 1, destronando o mítico Michael Schumacher.

O Papa Francisco defendeu de forma inédita a união de facto entre homossexuais, colocando em alvoroço muitas vozes na Igreja.

O actor escocês Sean Connery morreu aos 90 anos de idade, fazendo com que o mítico 007 perde-se um pouco de si.

E neste mês aconteceu algo de inédito na Alemanha, mas que no nosso país é o pão nosso de cada dia, já que após nove anos de atraso, é finalmente inaugurado o Aeroporto de Berlim.

NOVEMBRO

Um surto de legionella afetou a região do Grande Porto, com dezenas de casos diagnosticados e mais de uma dezena de mortos. E mesmo após este tempo ainda não existem culpados por este surto.

Tiroteios em Viena, Áustria, matam cinco pessoas e ferem mais de quinze.

Portugal foi eleito o Melhor Destino da Europa pelo World Travel Awards, num ano em que este sector basicamente parou.

Foi neste mês que os E.U.A. saíram oficialmente do Acordo Climático de Paris, após decisão de Donald Trump em 2017, comprometendo assim o movimento mundial contra as alterações climáticas.

No dia 7, Joe Biden venceu a eleição presidencial dos EUA e Kamala Harris é elite vice-presidente, fazendo história como a primeira mulher neste cargo e provou uma azia ao tio Donald que acho que dura até hoje.

Com o país a registar novos máximos de infeções por coronavírus, Portugal volta a entrar em Estado de Emergência a 9 de novembro, com recolher obrigatório à noite e aos fins-de-semana a partir das 13h, o que deu origem a grandes discussões especialmente com a parte da restauração.

No dia 9, aparece uma luz ao fundo do túnel já que as empresas Pfizer e a BioNTech anunciaram a vacina com 90% de eficácia contra a COVID-19.

No dia 22, Miguel Oliveira consegue fazer sorrir os portugueses ao vencer o Grande Prémio de Portugal de MotoGP, a 14ª e última prova do Campeonato Mundial de MotoGP.

O Estado de Emergência foi renovado a 23 de novembro e o país é dividido em quatro níveis de risco de transmissão do novo coronavírus, com medidas diferentes para cada um deles.

Um atentado na Universidade de Cabul, no Afeganistão, vitimou mortalmente cerca de 35 pessoas.

O PCP realizou o XXI congresso em Loures, juntando centenas de militantes, apesar das medidas de contingência pela COVID-19 e debaixo de muitas críticas sociais e políticas.

Num acampamento improvisado, um grupo de nove empresários da restauração fez greve de fome durante vários dias, em frente ao Parlamento, exigindo medidas que combatam a crise no setor.

Um comboio descarrilou a 2 de novembro em Roterdão (Holanda) e aterrou milagrosamente sobre a escultura de uma cauda de baleia gigante que o salvou da catástrofe certa. Quem é religioso dirá certamente que esta cauda equivaleu à Mão de Deus!

Lewis Hamilton conquistou o 7ª título de campeão do mundo na Fórmula 1 igualando feito de Michael Schumacher.

No dia 25 a Mão de Deus reecontra o seu criador, já que Diego Maradona morreu aos 60 anos. O jogador de futebol argentino havia sido operado ao cérebro no início de novembro.

Desabou o radiotelescópio gigante do Observatório de Arecibo, Porto Rico, que tinha uma parabólica refletora com 305 metros de diâmetro.

Em tempos de confinamento, existiu uma grande alegria para quem gosta de videojogos, já que foi neste mês que aconteceu o lançamento da PlayStation 5.

DEZEMBRO

O professor, filósofo e ensaísta Eduardo Lourenço que tinha 97 anos morre no dia 1 deste mês.

Com base em Lisboa, a Web Summit decorreu entre 2 e 4 de dezembro de forma virtual e com a participação de milhares de pessoas ligadas de todo o mundo. Mas apesar deste sucesso ainda houve polémica devido aos gastos que envolveram o evento.

Dia 8 acontece História, já que Margaret Keenan, de 90 anos, foi a primeira pessoa no mundo a receber a vacina da Pfizer/BioNTech contra a COVID-19, num hospital inglês.

Portugal registou a maior quebra salarial da Europa em 2020, segundo a Organização Internacional do Trabalho, com diminuição nas remunerações de 13,5%.

A cantora Sara Carreira faleceu no dia 5 dezembro vítima de um acidente de viação. A filha do cantor Tony Carreira tinha 21 anos. Este facto levou a muita discussão sobre a privacidade das pessoas.

No dia 7 de dezembro, Portugal ultrapassou o marco das 5000 mortes por COVID-19 desde o início da pandemia.

Marcelo Rebelo de Sousa anunciou a sua recandidatura ao cargo de Presidente da República, numa pastelaria localizada ao lado do Palácio de Belém.

Stéphanie Frappart fez história ao ser a primeira mulher a arbitrar um jogo na Liga dos Campeões, num jogo ainda muito marcado pelo lado masculino, este foi um marco importante.

A morte do cidadão ucraniano, Ihor Homeniuk, em março passado, por inspetores do SEF, trouxe novas consequências, com a demissão da diretora do serviço e a aprovação de uma indemnização à família da vítima e com toda a oposição a pedir a cabeça do ministro que tutela o SEF.

Foi apresentado o novo e mais completo mapa da Via Láctea, com mais de 1,8 mil milhões de estrelas. Coisa pouca!

Portugal revelou logótipo e lema para a Presidência do Conselho da União Europeia, que irá assumir em janeiro de 2021. Será: ‘Tempo de agir: por uma recuperação justa, verde e digital’.

Espanha aprovou a legalização da eutanásia, tornando-se no sexto país a legalizar a morte medicamente assistida, depois da Holanda, Bélgica, Luxemburgo, Canadá e Nova Zelândia. Falta saber para quando esta discussão virá para Portugal.

Governo anunciou limitações para a época do Natal e Ano Novo.

Foi apresentado o novo e mais completo mapa da Via Láctea, com mais de 1,8 mil milhões de estrelas. Coisa pouca!

Os restaurantes em Lisboa '100 Maneiras', do chef Ljubomir Stanisic, e o 'Eneko Lisboa', do chef Eneko Atxa, foram as duas novidades portuguesas no Guia Michelin Espanha e Portugal 2021.

Uma nova variante do SARS-COV-2 foi detetada no Reino Unido, com 70% mais de capacidade de gerar infeção, mas que não deverá diminuir a eficácia das vacinas desenvolvidas, apesar do receio envolvente.

Mesmo parecendo mentira, o Sporting chega ao fim do ano como líder da nossa Liga.

Menos de um ano do aparecimento da pandemia do Covid, no dia 27 iniciou-se a vacinação em Portugal.

Cristiano Ronaldo vence o prémio de Jogador do Século entregue no Dubai.

Este foi um pequeno resumo sobre o que se passou no ano transacto.

Por norma é costume dizer quando se inicia um novo ano que se não for melhor, que ao menos seja igual, mas este ano o que todos esperamos é que não seja melhor, mas sim que seja bastante melhor.

Se Deus quiser e a nossa Senhora ajudar para o ano cá estarei a fazer um resumo deste ano que se inicia.

04
Jan21

2020 – 3ª parte

jl

2020-3º.jpgBoas.

E no resumo do ano lá se chegou ao 3º trimestre do ano. Para além de tudo que nos foi dado a conhecer, a Covid foi um tema que nos dominou a todos e fosse qual fosse o tema ia sempre desembocar ao mesmo tempo. Era a Pandemia e mais Pandemia, mas este tema foi algo que qualquer um de nós ouviu as palavras Pandemia, Covid e Confinamento centenas de vezes. Mas vamos lá ao resumo deste trimestre.

JULHO

No dia 1 reabrirem as fronteiras entre Portugal e Espanha, depois de três meses encerradas para conter a pandemia de COVID-19.

Os eleitores russos votaram a favor de alterações na Constituição da Rússia, permitindo que Vladimir Putin se mantenha como presidente do país até ao longínquo ano de 2036.

O Parlamento aprovou a autonomização do crime de morte de animal de companhia sem haver motivo legítimo, podendo o infrator ser punido até dois anos de prisão.

O compositor italiano Ennio Morricone morre aos 91 anos.

Grande admiração em terras lusas, já que Mário Centeno foi nomeado governador do Banco de Portugal.

De forma inesperada, a apresentadora Cristina Ferreira deixou a SIC e regressou à TVI com funções de direção e como acionista, dando origem a uma novela que ainda não teve o seu final.

Atriz Naya Rivera desaparece depois de ter deixado seu filho de quatro anos sozinho num barco alugado. Cinco dias depois, o seu corpo foi encontrado e ela foi oficialmente declarada morta.

O Governo aprovou um decreto no Conselho de Ministros onde declara interesse público para injetar até 1.200 milhões de euros na TAP. Era uma altura em que ninguém sabia o que aí viria.

A 23 de julho, assinalaram-se os 100 anos de nascimento de Amália Rodrigues.

O tema racismo volta a competir nas notícias com a pandemia em Portugal, depois da morte do actor negro Bruno Candé, às mãos de um antigo combatente da Guerra Colonial, que terá alegada e previamente insultado o actor com frases racistas.

O presidente brasileiro Bolsonaro é outra vez notícia ao testar positivo à COVID-19 e defendendo o uso do medicamento hidroxicloroquina, mesmo não havendo evidências da eficácia do mesmo.

A finalizar o mês, o comboio Alfa Pendular abalroou acidentalmente uma máquina de conservação de catenária, em Soure, provocando dois mortos e sete feridos graves.

AGOSTO

O treinador Jorge Jesus regressou ao Benfica, após ser campeão no Brasil pelo Flamengo, assinando contrato por duas temporadas. Este foi um regresso que dividiu muitas opiniões mesmo entre benfiquistas, mas que deixou os humoristas muito satisfeitos.

O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou que a Rússia aprovou a primeira vacina do mundo contra a COVID-19 e se era uma notícia positiva, deixou a comunidade internacional com a pulga atrás da orelha.

No dia 4 de agosto, uma massiva explosão destrói o porto de Beirute, no Líbano, provocando danos até 10 km de distância e cerca de cem mortos e mais de mil feridos. A onda provocada pela explosão maior é das imagens mais fortes deste ano.

Entre 12 e 23 de agosto, decorreram em Lisboa e à porta fechada os jogos da Liga dos Campeões da UEFA que haviam sido suspensos em março e que colocaram o Bayern de Munique no topo da Europa.

Alexei Navalni, o mais conhecido político opositor da Rússia, foi internado e ficou em coma após ter sido envenenado.

O Governo anuncia a compra de cerca de sete milhões de doses da vacina para o novo coronavírus e garantiu que a vacinação será progressiva, universal e gratuita.

Um petroleiro partiu-se em dois ao largo das Maurícias, derramando mais de 1000 toneladas de petróleo para uma das reservas naturais mais importantes da região, provocando um enorme desastre ambiental.

Juan Carlos I, rei emérito de Espanha, foge do país sob suspeitas de corrupção sobre os seus supostos negócios ocultos.

O motociclista Miguel Oliveira subiu pela primeira vez ao pódio no Grande Prémio da Áustria do MotoGP, conseguindo a primeira vitória de sempre de um piloto português nesta competição.

O CEO da Amazon, Jeff Bezos, tornou-se na primeira pessoa na história a ter um património líquido superior a 200 mil milhões de dólares. Basicamente uns trocos!

Com tantas coisas negativas a acontecerem, África vê algo positivo já que é declarada livre da poliomielite selvagem, o segundo vírus a ser erradicado do continente desde a varíola, o que já tinha acontecido há 40 anos.

Morre ainda neste mês aos 43 anos o actor Chadwick Boseman, protagonista do filme Pantera Negra, vítima de um câncer colorretal.

SETEMBRO

Debaixo de muita contestação e ataques sociais e políticos, a 44.ª edição da Festa do Avante lá se realizou com normas impostas pela DGS.

“Listen”, o filme português da realizadora Ana Rocha de Sousa Filme venceu o Leão do Futuro e prémio especial do júri no Festival de Veneza.

Em Lisboa começou, o julgamento de Rui Pinto, o hacker por detrás do Football Leaks, acusado de noventa crimes, entre os quais sabotagem informática e tentativa de extorsão.

Um relatório da World Wide Fund for Nature indicou que a Terra perdeu uns impressionantes 68% da fauna selvagem desde 1970, sendo que mais uma vez esta notícia passou quase ao lado de todos.

Seis jovens portugueses colocaram 33 países em tribunal, no Tribunal Europeu dos Direitos do Homem, por agravamento das alterações climáticas devido a decisões políticas.

A ex-eurodeputada Ana Gomes anunciou a sua candidatura às eleições presidenciais de 2021.

António Costa e Fernando Medina integraram a Comissão de Honra da recandidatura de Luís Filipe Vieira à presidência do Benfica. Logo de seguida estes nomes foram retirados da lista pelo próprio candidato depois da polémica que se levantou na Comunicação Social.

Forças Armadas do Azerbaijão e Arménia entraram em confronto em Nagorno-Karabakh, instaurando a lei marcial e mobilização total na Arménia e na autoproclamada República de Artsakh.

Um erro técnico nas obras do Parque Urbano da Praça de Espanha, em Lisboa, levou ao desabamento de uma parte do túnel do Metropolitano, sendo que só por sorte isto não deu origem a uma tragédia.

Pelo menos 380 baleias-piloto encalharam, a 21 de setembro, em praias da costa ocidental da Tasmânia, acabando a maioria por morrer.

No dia 28 de setembro, o número de mortes por COVID-19 a nível mundial ultrapassou a marca de um milhão. Este era (e é) o tema que domina o Mundo noticioso.

Mafalda vê o seu pai partir já que foi neste mês que Quino morreu.

E assim terminou mais três meses pequeno resumo. Espero vir cá amanhã para deixar a ultima parte deste resumo.

03
Jan21

2020 - 2ª parte

jl

2020-2º.jpgOlá.

Depois de no Sábado ter feito um primeiro refrescamento de memória no que diz respeito ao ano de 2020, hoje trago aqui um pequeno resumo do que se passou no segundo trimestre deste ano tão diferente dos outros que conhecíamos até aqui. Vamos lá então:

ABRIL

O famoso hacker Rui Pinto saiu da prisão e passou a colaborar com a Polícia Judiciária. O  criador do Football Leaks e autor das revelações escandalosas do caso Luanda Leaks, estava em prisão preventiva há mais de um ano.

Este foi o mês em arrancou a plataforma 'Estudo em Casa'. Esta foi uma das resposta encontradas pelo Governo para manter as aulas à distância durante a pandemia e onde alguns professores alcançaram enorme êxito.

Se para muita gente o emprego começava a ser um pesadelo, a toda-poderosa Amazon, maior gigante mundial das vendas online, anunciou a contratação de mais 75 mil novos trabalhadores, depois de terem contratado mais de 100 mil trabalhadores para responder à subida nas encomendas causada pelos confinamentos.

O actor Filipe Duarte morreu em sua casa no dia 17 de abril, vítima de um enfarte do miocárdio. O ator tinha 46 anos.

Os meios de comunicação sociais de todo o Mundo questionavam se Kim Jong-Un, líder da Coreia do Norte, estaria vivo ou morto, uma vez que não era visto na vida pública há semanas.

O 25 de Abril foi comemorado com um número reduzido de convidados no Parlamento e com a música Grândola Vila Morena a tocar nas janelas de muitos portugueses. E a maior revolução foi os tugas terem ficado em casa.

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, foi contagiado pelo novo coronavírus e chegou a estar internado uma semana devido ao agravamento do seu estado de saúde, sendo que após a sua recuperação salientou o tratamento médico que o enfermeiro português de nome Luís lhe tinha prestado.

O escritor Luis Sepúlveda, de 70 anos, faleceu no dia 16 de abril num hospital no norte de Espanha em consequência da COVID-19, isto depois de ter estado na Póvoa do Varzim.

No dia 28, os casos confirmados de COVID nos Estados Unidos chegaram ao número simbólico de 1 milhão, mas Donald Trump como sempre desvalorizou a pandemia. E acho que será sempre assim.

MAIO

O 1º de Maio, Dia do Trabalhador, foi celebrado em Portugal em plena pandemia, com dezenas de pessoas concentradas na Alameda, em Lisboa, para ouvirem a intervenção político-sindical da CGTP, o que deu origem a debates por vários dias.

O ciclone Amphan desalojou cerca de três milhões de pessoas na Índia e no Bangladesh. Embora seja uma catástrofe imensa quase que nem foi falada na Europa.

Portugal ultrapassou a mítica barreira dos 1000 mortos e 25 mil infetados com o novo coronavírus. E ainda estávamos no principio. Entretanto na União Europeia, o número de casos de coronavírus ultrapassou o milhão e meio, mas mesmo assim os países começaram a aliviar restrições e a permitir o regresso a uma normalidade condicionada, o que se veio a revelar um erro.

Talvez devido a esta pandemia, pela primeira em 150 anos foi avistado um urso pardo na região da Galiza, Espanha.

O Estado de Emergência passou a Estado de Calamidade com alguns negócios a abrirem com limitações e a máscara a tornar-se obrigatória em recintos fechados.

O Navio-Escola Sagres no âmbito da primeira viagem de circum-navegação realizada por Fernão de Magalhães, em 1520 teve que dar meia volta, perto da África do Sul, para regressar a Portugal devido à COVID-19

Pela primeira vez as celebrações das aparições de Fátima, a 13 de maio, celebraram-se sem a presença dos habituais milhares de peregrinos.

Com o levantamento das restrições, Portugal tentou atrair turistas lançando o selo Estabelecimento Safe & Clean. O país (como o Mundo) ficou limpinho, mas de turistas dando com isso inicio a uma crise nunca antes vista neste sector.

E foi o mês de desilusão para os fãs da saga Harry Potter, sendo que foi nesta altura que J.K. Rowling, autora dos livros Harry Potter, afirmou que a livraria Lello, no Porto, não tinha servido de inspiração à saga, pois nunca a visitou sequer.

No dia 25 de maio, George Floyd morreu às mãos da polícia nos EUA, reavivando a luta antirracista e dando origem a manifestações no país e no mundo sob o epiteto Black Lives Mater. E durante largos dias os Estados Unidos ficaram virados ao contrário e por arrasto um pouco por todo o Mundo. E mesmo hoje em dia a semente deste movimento ainda se vê!

JUNHO

A liga portuguesa de futebol regressou com jogos à porta fechada, após quase três meses de paragem devido à pandemia. Para todos os clubes foram boas notícias, mas para o que se viu a maioria deles não se preparou para o que aí vinha.

O todo-poderoso ministro das Finanças, Mário Centeno, apresentou a sua demissão do Governo com efeitos a partir de 15 de junho. Embora não admitindo, todos sabíamos que o seu destino seria o Banco de Portugal.

No dia 19, o Brasil atingiu um milhão de infetados confirmados de COVID-19, mas com o Presidente Bolsonaro a continuar a dizer que tudo era uma gripezinha.

Os golfinhos voltaram a aparecer no rio Tejo. No meio desta tragédia, apareciam sinais positivos.

O actor Pedro Lima morre no dia 20, no Guincho, por suicídio.

A polícia de choque foi obrigada a intervir em Paris para conter ações violentas no final de uma manifestação pacífica não autorizada que reuniu cerca de 20 mil pessoas em protesto pela morte de um jovem negro detido com recurso a violência policial em 2016.

A HBO Max retirou do catálogo americano o filme 'E Tudo o Vento Levou', devido a acusações de racismo, de representação normalizada da escravatura e perpetuação de estereótipos raciais. Pessoalmente sou contra, até porque isto dará azo a que muitos e muitos títulos desapareçam, mas isto é como tudo, cada um tem a sua ideia.

O presidente venezuelano expulsou a embaixadora da União Europeia do país, a portuguesa Isabel Brilhante Pedrosa, sendo que isto aconteceu depois da União Europeia ter sancionado 11 funcionários do Governo e vários poderes públicos de Caracas.

E assim termina mais um trimestre onde o Covid começava a tomar conte de nós.

02
Jan21

2020 – 1ª parte

jl

2020.jpgBoas.

Estando o ano de 2020 a queimar os últimos cartuchos acho que chega a altura de fazer uma retrospectiva do que foi este ano. Se nos primeiros meses do ano tudo parecia estar a correr normalmente, a verdade é que acho que nem a pessoa mais pessimista, esperava que este ano corresse de uma maneira tão atípica devido à ameaça que o Mundo inteiro viveu. Chegados ao fim do ano o céu parece que não está tão negro devido ao aparecimento das vacinas, mas mesmo assim estamos todos na dúvida porque ninguém sabe a duração da imunização que a vacina nos traz e se a mesma será eficaz para novas variantes do Covid.

Mas para além do Covid aconteceram outras coisas na nossa vida, embora não nos pareça nada. Por isso mesmo deixo aqui alguns factos que marcaram este ano.

JANEIRO

Às 00:00 do dia 1 e depois de muitos meses de negociações, o Reino Unido saiu oficialmente da União Europeia, a 31 de Janeiro.

Este foi o mês em que existiram algumas agressões a médicos por parte de utentes, em vários serviços públicos de saúde, levaram o Ministério da Saúde a anunciar que a agressão a profissionais de saúde passaria a ser um crime de investigação prioritária.

Entretanto da Austrália chegaram-nos imagens de uma autêntica catástrofe ecológica, onde muitos milhões de animais morreram devido aos incêndios incontroláveis. E o problema é que esta devastação para além de ser notícia durante uns dias, deixa sequelas por muitas dezenas de anos.

O estudante cabo-verdiano, Luis Giovani, morreu a 31 de dezembro de 2019, devido a agressões à porta de um bar em Bragança, fazendo com que a população fizesse várias vigílias contra o racismo neste mês.

Foi também neste mês que o primeiro caso de contágio do novo coronavírus foi notícia no Mundo Ocidental, embora o mesmo tivesse sido descoberto ainda em 2019, em Wuhan, na China, mas foi só aqui que as autoridades chinesas revelaram esta nova doença. Mas como pimenta no cú dos outros é refresco, poucos se chatearam com uma doença que estava no outro lado do Mundo. No entanto, a Organização Mundial de Saúde no fim deste mês anunciou emergência de saúde pública internacional devido à transmissão do novo coronavírus entre pessoas.

Após a China dar conhecimento da existência de um novo coronavírus, as autoridades portuguesas fizeram a primeira declaração sobre o mesmo, no dia 15 de janeiro, estimando que o surto estaria contido. Quem não se lembra da declaração da Drª. Graça Freitas?

Dia 12, o motociclismo português fica de luto depois do piloto Paulo Gonçalves falecer na sequência de uma queda, enquanto participava no Dakar, na Arábia Saudita.

Às 00:00 do dia 1 e depois de muitos meses de negociações, o Reino Unido saiu oficialmente da União Europeia, a 31 de Janeiro.

Rui Rio é reeleito presidente do PSD e o CDS-PP elege Francisco Rodrigues dos Santos.

O príncipe Harry e Meghan Markle abdicaram das suas funções reais.

Uma mulher na Amadora, Cláudia Simões, denunciou ter sido brutalmente agredida por um polícia na sequência de um desentendimento que teve com um motorista de autocarro. O caso gerou indignação e novas manifestações contra o racismo e violência policial.

Cristiano Ronaldo investe no nosso país adquirindo um apartamento (o mais caro do país) por uns singelos 7 milhões de euros.

A deputada Joacine Katar Moreira, eleita nas Legislativas de 2019, deixou de representar o partido Livre, após várias desavenças e trocas de acusações com a direcção do mesmo, passando à condição de deputada não inscrita.

O basquetebolista americano Kobe Bryant morreu (juntamente com mais 8 pessoas, incluindo a sua filha)  no dia 26 de janeiro num acidente de helicóptero.

Uma investigação jornalística internacional revela o caso Luanda Leaks, expondo ligações pouco claras da empresária angolana, Isabel dos Santos, a qual até aí era quase intocável.

FEVEREIRO

O argumentista e actor Tozé Martinho morreu a 16 de fevereiro, aos 72 anos.

Moussa Marega, jogador do Futebol Clube do Porto, foi alvo de insultos racistas vindos das bancadas num jogo contra o Guimarães decidiu abandonar o jogo, num feito inédito em Portugal e com eco internacional.

O nome Li Wenliang pouco nos diz, mas este foi o primeiro médico a alertar o público em geral para o novo coronavírus. Tinha 33 anos e faleceu por causa de complicações causadas exactamente pelo Covid.

O cavaleiro João Moura foi detido pela G.N.R. por alegados maus tratos a animais. Sendo que na sua herdade, foram encontrados e apreendidos 18 cães galgos subnutridos. Esta situação deu azo a que o bem-estar dos animais fosse discutido.

No dia 15, a França confirmou a primeira morte na Europa decorrente de complicações da COVID. A vítima foi um turista chinês de 80 anos sendo que fez com que os europeus começassem a ter medo. Foi também neste mês que se conheceu o primeiro português a contrair o novo coronavírus. Tratou-se de um homem de 41 anos que integrava a tripulação de um navio de cruzeiro atracado no Japão.

O movimento Metoo começou a crescer quando o ex-produtor cinematográfico Harvey Weinstein foi condenado a 23 anos de prisão por dois crimes sexuais, a partir das acusações que foram feitas por actrizes de Hollywood.

A 20 de fevereiro, a Assembleia da República aprovou, na generalidade, cinco projetos de lei para a despenalização da eutanásia, dando luz verde ao respetivo processo legislativo relativo à morte medicamente assistida.

Foi ainda neste mês que o papel higiénico começou a ter um valor equivalente a algo precioso quando três homens armados assaltaram um camião num bairro de Hong Kong para roubar uma carga de papel higiénico estimada em pouco mais de 140 dólares. A escassez do produto terá sido o motivo do assalto e a partir daí esta paranoia passou a ser global.

MARÇO

E foi no dia 2 que o pesadelo chegou a terras lusas, já que foram confirmados os dois primeiros casos de COVID-19, sendo os casos, um homem de 60 anos regressado de férias no norte de Itália e outro, de 33 anos, regressado de Valência, em Espanha.

A Organização Mundial de Saúde declarou a 11 de março Estado de Pandemia por COVID-19, dando início a um fecho sucessivo de países para tentar conter a doença, algo que as gerações actuais nunca tinham visto.

Rosa Grilo, a mais badalada presa dos últimos anos foi condenada a 25 anos de prisão pelo homicídio do marido, Luís Grilo, em 2018.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo turco, Recep Erdoğan, concordaram com um cessar-fogo na Síria, para restaurar a calma na província de Idlib, após vários meses de bombardeamentos que causaram um desastre humanitário, sendo que o mesmo quase que nem é falado no Mundo Ocidental.

No dia 8, o tio Marcelo entrou em isolamento voluntário, após contacto com alunos de uma escola de Felgueiras onde se confirmou um caso de COVID-19. O resultado do teste ao Presidente veio a revelar-se negativo, mas a partir a saga dos abraços e beijinhos terminou.

O ucraniano Ihor Homeniuk de 40 anos foi morto no aeroporto de Lisboa por inspetores do SEF. O mesmo foi fechado numa sala e espancado violentamente até à morte. Tendo isto acontecido em Março, a verdade é que só em Dezembro a situação explode na comunicação social.

Devido à pandemia de COVID-19, grandes eventos tais como o Campeonato Europeu de Futebol de 2020, a Copa América de 2020, os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, o Festival Eurovisão da Canção 2020 entre outros foram adiados.

No dia 12, o primeiro-ministro António Costa anuncia a suspensão das aulas presenciais em todas as escolas entre outras medidas que abririam caminho ao confinamento geral da população.

A 16 de março, ocorre a primeira morte em Portugal por COVID-19. Tratou-se de um homem de 80 anos.

No dia 18 teve início o primeiro Estado de Emergência em Portugal, decorrente da pandemia de COVID-19, impondo o confinamento obrigatório e restringindo alguns direitos durante 15 dias. As fronteiras foram fechadas, muitos trabalhadores começaram a exercer as suas funções em teletrabalho e os alunos passaram a ter aulas virtuais. Isto foi quando todos pensavam que isto seria Sol de pouca dura e que depressa as coisas voltariam ao normal.

Numa imagem marcante com a praça de São Pedro no Vaticano completamente vazia, o Papa Francisco celebrou uma oração pelo fim da pandemia da COVID-19.

A música Andrà tutto bene tornou-se viral como uma mensagem de esperança para o mundo que se vê a braços com uma pandemia. A par disto as janelas começaram a ser inundadas com imagens de arco iris que diziam que iria ficar tudo bem, e ficará, não se sabe é quando.

Devido à extensão do artigo e para não me tornar muito aborrecido hoje termino no mês de Março, mas prometo que amanhã voltarei com outro trimestre.

01
Jan21

Bom ano

jl

2021..jpgBoas.

Assim se chegou a 2021. Eu sei que por muitos motivos, 2020 não deixa saudades a muitos de nós e nisto estou incluído. O covid dominou tudo e todos e desde o desemprego (com a crise económica que isso acarreta) até às pessoas ficarem doentes e aqueles que faleceram. E se foi o ano em que se falaram dos quase 7000 mortos devido a esta pandemia, a verdade é que morrem mais de 100 000 pessoas por ano no nosso país. Eu sei que estas frases são muito negras, mas a verdade é que se espera que o ano que agora entra seja bem mais cor-de-rosa. Decerto que as coisas não irão acontecer num passe de mágica, mas também cabe a cada um de nós em que tudo isto melhore. As vacinas ajudarão que tudo fique melhor, mas até que a maioria das pessoas seja vacinada irão decorrer vários meses. Usar máscara até se revela um pouco chato, mas esta chatice fará com que possa chegara casa e possa abraçar e beijar os seus entes queridos. Eu sei que o dinheiro é algo que faz falta a qualquer um, mas se esta crise nos fez ver algo de positivo é que os valores humanos ainda são o que mais importante existe na nossa vida.

Um bom ano a todos e que seja o mais positivo possível.

 

Pág. 3/3

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub