Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


À minha porta só abstinência

por jl, em 11.12.17

relação.jpgOlá.

Não sei se estão lembrados de uma música do Quim Barreiros que é “Ponho o carro, tiro o carro à hora que ela quiser, que garagem apertadinha, que doçura de mulher…”. Pois bem, esta música em Inglaterra é um sucesso tremendo, pelo menos para alguns. Cá vai então a explicação:

Apanha casal sem-abrigo a «tentar estacionar o carro» à porta da garagem

Uma jornalista apanhou um casal de sem-abrigo a fazer sexo à porta da garagem de casa, em Hull, Inglaterra. A mulher saiu à rua para fumar um cigarro e deparou-se com movimentos "inconfundíveis" debaixo de um cobertor.  Estes jornalistas pensam logo em maldade. Os senhores podiam estar a fazer uma sessão de ioga!

Segundo os media britânicos, a jornalista Faye Preston ficou dividida entre oferecer uma chávena de chá ao casal para mantê-los quentes, ou chamar a polícia. Hum, que linda dúvida! A polícia era bem dispensada pelo casal, já em relação ao manterem-se quentes acho que os senhores já estavam a fazer exercicios para isso.

 Faye decidiu deixar os sem-abrigo onde estavam, sem incomodar, e eles não saíram do mesmo sítio, acabando por passar a noite em frente à casa da mulher. "A minha simpatia terminou quando saí para o trabalho (quando é que ela tinha começado) no início da manhã do dia seguinte e voltei a encontrá-los na mesma situação", contou a jornalista. "Eles estavam a fazer sexo na minha calçada, cercados por latas de cerveja. O movimento debaixo dos cobertores era inconfundível", acrescentou.  Será que a cerveja inglesa tem aquele comprimido azul como ingrediente secreto?

Posto isto, Faye considerou que o casal passou todas as marcas de civismo e resolveu contactar a polícia, que chegou um dia depois e retirou os sem-abrigo do local. Apesar de tudo, a mulher diz ter grande simpatia pelas pessoas que não têm para onde ir, no entanto, não quer que este incidente se torne regular. "Eu só consigo imaginar: 'Desculpem, eu não quero acordá-los mas preciso de ir para o trabalho, e podem ser corridos daqui se continuarem a fazer isto'", escreveu a jornalista.  Sem abrigo sim, mas se forem para fazer badalhoquices não. Toma!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:35



A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

Mais sobre mim

foto do autor



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Comentários recentes

  • O Engenheiro

    Bem visto!!

  • Alfa

    Realmente... :).

  • mami

    gosto de pessoas originais!

  • Carlos

    Para tudo existe um limite, muitas vezes ultrapass...

  • Maribel Maia

    Ah ah ah! Os miúdos não querem outra coisa, pizza ...


Mensagens




Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D