Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

06
Mai18

Boa alimentação!

jl

alimentação.jpgOlá.

Daqui a pouco está na hora da minha barriguita reclamar pela falta de aminoácidos, ou seja traduzindo em português está na hora de encher o bandulho.

A fome desmedida que por vezes se sente é uma forma de o nosso corpo alertar para a falta de nutrientes. Na prática são boas notícias para todos aqueles que querem contornar estes hábitos alimentares pouco saudáveis.

A nutricionista Julia Ross, autora do livro ‘A cura para os desejos de comida’ refere que a ânsia por certos alimentos relaciona-se diretamente com a falta de certos aminoácidos. Na sua publicação, a especialista identificou os tipos de ânsia e formas de o contornar com uma alimentação mais equilibrada, que garanta os aminoácidos em falta no organismo. Também existe falta de juízo, mas isso são contas de outro rosário!

Para esclarecer, aminoácido é o nome dado a uma molécula composta por carbono, hidrogénio, oxigénio e nitrogénio. São essenciais para nós humanos para a reparação muscular, melhoria de memória (como dá para ver nos políticos a falta de aminoácidos é muito importante) ou o reforço do sistema imunitário, sendo que alguns deles são naturalmente produzidos pelo organismo e outros, os essenciais, serão adquiridos através da nossa alimentação, principalmente em alimentos ricos em proteína como carne, peixe ou ovos.

Embora o mais aconselhável seja sempre conseguir todos os aminoácidos através da alimentação, existem situações em que pode ser necessário que uma pessoa, consuma isto através de suplementos por certa de três meses. Não descarte esta alternativa até garantir o equilíbrio do seu organismo sendo que tudo isto deverá ser acompanhado pelo seu médico. Para começar, há que saber identificar o que está em falta no seu organismo:

Vontade de comer devido a depressão ou ansiedade: Tal reflete a falta do controlador de apetite natural mais famoso, a serotonina. A mim ataca-me muito a fomianina.

‘Fome' desmedida, sem qualquer justificação: normalmente resume-se à procura de açúcar e reflete realmente baixa de açúcar no sangue. Deve-se ao mau hábito de se consumir açúcar constantemente e pode ser contornado com o consumo de glutamina que nivela quase automaticamente os níveis normais de açúcar e consequentemente ‘acalma’ o cérebro. Ou isso ou uma soneca a seguir ao almoço!

Procura por comida confortante: É o tipo mais comum e traduz-se como défice de endorfina – fonte natural de prazer, recompensa e conforto. Comummente é procurado em açúcar, chocolates, bolos ou pães. Como suplemento para os substituir, pode optar por DPA. Sendo que uma francesinha também é uma boa alternativa!

Vontade de comer por stress: A tensão ou stress associa-se muitas vezes à má alimentação que pode ser mudada ao garantir o aminoácido GABA, que é um tranquilizante natural. Se não tiver este tranquilizante, um Bacalhau à Braga serve perfeitamente!

Vontade de comer por cansaço: Quando os indivíduos sentem carência de alimentos ricos em açúcar, como procura por um ‘boost’ de energia, devem optar antes por tirosina: garante foco e energia. Não sei mas uma carninha na brasa tem tirosina que chegue!

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D