Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

28
Set16

Cada vez entendo menos

jl

imagesdsd.jpgBoas.

Que esteja tudo bem desse lado do monitor. Deixo de seguida uma peça um tanto ou quanto estranha. Cá vai:

Mulher cega descobre que filho desaparecido há 20 anos estava morto e em casa

Mãe achava que este tinha saído de casa por vontade própria.

Uma mulher cega, que acreditava que o seu filho estava desaparecido há 20 anos, descobriu que o rapaz estava afinal morto, no andar de cima da casa. A residência tinha tanto lixo e estava tão desarrumada, que a mulher nunca será dado conta da situação, avança o jornal Irish Mirror.

A mulher acreditou, desde sempre, que o rapaz tinha saído de casa por sua própria vontade. O mau cheiro que proliferava na sua casa, em Nova Iorque, nunca a levou a suspeitar que parte desse cheiro se devia ao corpo morto no segundo andar da casa.

A descoberta foi feita no passado dia 15 de Setembro. Rita estava internada e precisava de alguns pertences pessoais. Um familiar disponibilizou-se para ir a sua casa buscá-los, quando se deparou com os restos mortais do jovem.

Enquanto procurava as coisas, num quarto cheio de coisas, a cunhada da mulher encontrou um esqueleto inteiro, vestido com umas calças de ganga, meias e uma t-shirt.

A polícia está a investigar o caso e crê que a mulher não sabia do filho e acredita que este terá morrido de causas naturais.

Rita era mãe de dois filhos. Louis, que hoje teria 49 anos, estava desaparecido há 20. Michel morreu em 2003.

Por vezes leio notícias um pouco estranhas. Este homem não tinha contacto com o mundo exterior? Esta senhora não tinha nenhuma visita? A irmã do falecido desapareceu deste planeta? Eu posso estar a ficar totó, mas que existem coisas que não percebo isso é verdade.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub