Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

27
Jan16

Chamar de besta é um elogio

jl

Boas. Deixo aqui uma notícia que infelizmente não merece muitos comentários:

Abusou da filha e atirou-a pela janela ao ser descoberto pela mãe

yrftuyrf.pngA menina de cerca de ano e meio está em estado grave e poderá ficar com sequelas cerebrais irreversíveis. Os vizinhos assistiram ao momento, alertados pelos gritos da mãe.

Na segunda-feira a imprensa do país vizinho noticiava como um pai atirara a filha de 17

meses pela janela do seu apartamento, na cidade de Vitória, no País Basco, em Espanha. Os vizinhos, alertados pelos gritos da mãe, de 18 anos de idade, acorreram às suas janelas e presenciaram o momento em que o homem de 30 atirou a criança para o vazio.

Ontem, terça-feira, o jornal El Mundo revela que a mãe da criança surpreendeu o homem de 30 anos de idade a abusar da menina. Enquanto agredia violentamente a companheira, atirou a própria filha pela janela. As imagens da dita janela, que pode ver acima, são elucidativas da violência do ataque.

O periódico espanhol cita algumas testemunhas que relataram como a luta dos pais ainda durou alguns minutos e como lhes pediam que parassem, mesmo depois de chamar a polícia. Depois viram a criança ser atirada de uma altura de quatro metros. “Pensávamos que era uma boneca. Não podia ser”, descreveram ainda em choque.

A intenção de abuso sexual acabaria por ser confirmada pelo agressor, já na esquadra policial. A investigação, no entanto, continua a decorrer.

De acordo com declarações das autoridades espanholas à mesma publicação, o incidente aconteceu pelas 3h30 (2h30 em Portugal) da madrugada de segunda-feira. A criança continua internada com lesões graves no cérebro, que poderão deixar sequelas irreversíveis.

A bebé fraturou o crânio e encontra-se no Hospital Universitário de Cruces. Tem um traumatismo cranioencefálico e hipertensão intracraniana refratária. A mãe, cujo prognóstico é reservado, encontra-se estável.

Depois de ter lido esta notícia, já li que a referida criança faleceu.

Que fazer com uma pessoa (porque pai não é de certeza) deste nível? Condenar alguém deste estilo a uma pena prolongada não é grande solução porque não é pena suficiente. Condenar à morte? É muito rápido. Porque tenha o castigo que tiver, será sempre uma pequena parte quando uma «besta» destas faz isto. Mais vale não escrever mais nada porque a raiva que corre no meu sangue pode levar-me a dizer coisas menos simpáticas.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub