Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

13
Set18

Claire ou nem por isso

jl

claires.jpgBoas.

A minha pimpolha quando fez anos, um dos presentes que lhe ofereceram foram uns brincos. E bem giros, mas que a utilidade não foi muita porque as suas orelhas nunca foram furadas e que por mim só serão furadas se ela assim entender e quando quiser. E vim com esta conversa porque li um artigo que falava de uma criança que tinha sido hospitalizada depois de ter furado as orelhas.

A criança de sete anos foi hospitalizada, no Reino Unido, depois de ter furado as orelhas numa loja de acessórios Claire's. O brinco ter-se-á inserido dentro da pele da criança, criando uma grave infeção e de acordo com a mãe da criança, os médicos tiveram de cortar a orelha da criança para conseguirem retirar o brinco do interior da pele.

A mãe diz que decidiu furar as orelhas da filha em Agosto, para que estas conseguissem cicatrizar a tempo do regresso às aulas. A notícia só não diz se foi a miúda a querer isto, ou se foi encaminhada pela mãe.

Mas adiante, na loja garantiram-lhe que com o produto de limpeza da marca o furo iria sarar ainda mais rápido, o que obviamente lhe agradou. Mas espera aí, ao venderem um produto destes na loja queria que lhe dissessem o quê?

A mãe diz que a funcionária da loja assegurou que a criança poderia trocar de brincos três semanas depois, se usasse os produtos de limpeza regularmente. A criança terá desinfetado o furo três vezes ao dia, mas depois de mudar de brincos começou a sentir fortes dores na orelha.

Foi após a visita de uma amiga e enfermeira que a menina descobriu que teria a mola do novo brinco presa no interior da pele e que já não o conseguia retirar sozinha. A mãe diz-se revoltada com a falta de eficácia do produto da marca, que achava ser de segurança. Já a empresa garante que os seus produtos são dermatologicamente testados e antialérgicos.

Sinceramente não sei de quem será a culpa, da falta de eficácia dos produtos ou se da falta de atenção da mãe, mas quem sofre as consequências é a criança.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D