Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

22
Mar21

Como será o futuro da bola?

jl

bolas.jpgBoas.

Mais uma jornada do nosso campeonato que acabou e continua tudo mais ou menos na mesma, o Sporting em primeiro lugar, o Porto em segundo, barulho com treinadores, polémicas com árbitros e comentadores uns a rir e outros com azia. E depois temos as pessoas que realmente suportam isto tudo que são os adeptos, que no dia de hoje vão gozar com aqueles que estão mais distantes, claro que tenho que me lembrar que um campeonato não se resume a meia dúzia de clubes nem a uma só divisão. Mas falando só da Liga NOS, acho que isto está a chegar a um ponto em que as pessoas estão a ultrapassar o limite do razoável e os excessos começam a ultrapassar «o normal»,

Eu sei que as pessoas se esquecem, mas um campeonato só tem um campeão, depois disto só tem um clube que vai directo à Liga dos Campeões, outro vai à Pré Eliminatória, outro vai à Liga Europa, outro à Liga das Conferências, um no Play-off para a permanência e dois descerão para a Liga SabSeg.

Isto sempre existiu muita rivalidade, mas hoje em dia e sendo o futebol um negócio muito importante, os interesses económicos cada vez mais estão sempre à tona dos interesses e desde os muitos milhões da Liga dos Campeões até à simples permanência no campeonato principal. E muitas vezes ao ouvir os nossos especialistas da matéria parece que casos só acontecem aqui, mas basta ler a imprensa internacional para se ver que polémica, barulho e interesses para se ver que mais ou menos este problema é generalizado.

Se aqui por estes lados e no resto da Europa o dinheiro é cada vez mais a força matriz de um espectáculo que também tem desporto misturado, na terra do Tio Sam é igual mas com muito mais dinheiro à mistura.

E digo isto porque li uma peça que a NFL celebrou um contrato televisivo (bastante simpático) para os próximos dez anos.

Pois bem, este campeonato vendeu os seus direitos televisivos por uns singelos 95 mil milhões de euros, para os próximos dez anos. E a parte dos 95 mil não é engano, é mesmo assim.

A NFL é um campeonato fechado (que mais ano menos ano será discutido na Europa) onde jogam 32 equipas, que assim vão poder subir consideravelmente o tecto salarial nas próximas épocas.

Esta verba será paga pelas televisões ESPN, NBC e CBS, e pela Amazon Prime Video. O contrato agora celebrado entra em vigor apenas em 2023 e terá a duração de dez anos.

Mas só trago aqui isto porque ninguém como os americanos conseguem vender um desporto aliado a um espectáculo. E está na hora do futebol começar a pensar seriamente no rumo que quer levar.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub