Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

31
Jul18

Este artigo é como a malagueta. Picante.

jl

oooo.pngOlá.

E finalmente chegou o fim do mês. E agora em Julho para além de se celebrar a vinda do ordenado, ainda há outra «coisinha» para celebrar. E é um dia lindo é o dia do Ó Ó Ó Ó meu Deus!!

Não é um dia Católico, é o dia Mundial do Orgasmo.

E embora isto ainda esteja muito associado ao homem, hoje em dia existe uma maior abertura no que diz respeito ao Sexo e às Mulheres. Se há vinte anos quase que nem se falava disso, hoje em dia falar de prazer no Feminino já é normal. E ainda bem. E por falar disso hoje falo aqui do Ó Ó Ó mãe Santissima!! Vou então aqui falar de Orgasmos no Feminino:

Sabia que a Mulher pode ter 12 tipos de orgasmo? Não? Não se preocupe, que a maioria das pessoas também não. Mas vamos lá então:

Orgasmo clitoriano – Com cerca de 8000 terminações nervosas, o pipi é o caminho mais rápido e acessível para o orgasmo na mulher. Tal como a farfalota pimpinela no homem, o clitóris pode rapidamente ser irrigado por sangue aumentando de tamanho. É o único órgão humano que se saiba que apenas existe para dar prazer.

Orgasmo vaginal – O mais conhecido dos orgasmos faz sentir o clímax de forma mais intensa do que outros tipos, pois confere uma sensação mais profunda de prazer à mulher. O homem pode sentir este orgasmo, pois as paredes vaginais pulsam e apertam nesse momento.

Orgasmo anal – Continua um tabu, mas as mulheres podem sentir um diferente tipo de orgasmo por estimulação anal. Exige alguma preparação (até porque enquanto que para o Homem isto é um local de desejo, por norma para o sexo feminino isso nem sempre acontece), cuidado e lubrificação para que não seja doloroso, mas sentido com prazer.

Orgasmo oral – Este acontece com um beijo muito ardente ou ao estimular sexualmente outra pessoa. Tudo depende de quão sensível é sua língua e boca, mas algumas mulheres acham que a sensação de prazer pode viajar pelo corpo e proporcionar momentos loucos.

Orgasmo por estimulação do ponto G – Semelhante a um orgasmo vaginal, permite ter um orgasmo estritamente vaginal, mas muito mais intenso, e com uma potencial de ejaculação feminina. Localiza-se entre 5 a 7 cm acima da parte anterior da parede vaginal, entre a abertura vaginal e o canal da uretra. A denominação ponto G foi criada em homenagem ao ginecologista alemão Ernst Gräfenberg, o primeiro médico da atualidade a criar a hipótese da existência de tal área, em 1950. Estudar isto, é o chamado emprego de sonho!

Coregasm (provocado pelo exercício) – De acordo com certas opiniões, obtendo uma frequência cardíaca e realizando alguns exercícios cardio a nível inferior é possível fazer fluir sangue suficiente para a zona genital que confere um pequeno orgasmo. Hum! Agora vejo o porquê de tantas senhoras andarem nos ginásios!

Orgasmo por estimulação do ponto A – O ponto A refere-se à área profunda na vagina chamada fornix anterior que, quando alcançada durante ou após o sexo, pode desencadear um orgasmo intenso. Uma vez que é profundo no canal vaginal, pode ser difícil de encontrar, bem como o ponto G, mas é considerada uma zona erógena legítima no corpo feminino. Fonix!! Ouço cada coisa.

Orgasmo combinado – Tão simples quanto um orgasmo que envolve uma mistura de estimulação vaginal e clitoriana. Na verdade, algumas mulheres podem achar que este é o mais agradável de todas as opções e o mais fácil de obter também. E cabe também às mulheres indicar aos seus companheiros de palhaçada o que lhes dá arrepios na espinha.

Orgasmo por estimulação dos mamilos – como uma das grandes zonas de prazer femininas, a estimulação mamária antes e durante o sexo, mas também por si só pode ser potenciadora de um orgasmo. E também é uma zona muito apelativa para os homens, a não ser quando estamos a olhar para outras mamocas e vemos que a nossa Maria olha para nós e tentamos disfarçar. Mas eu não, nem me passa isso pela cabeça!!

Orgasmo por estimulação do ponto U – não se esqueça que para ter bom sexo, é fundamental saber o alfabeto. Mas a sério, este é mais um tipo de orgasmo com nome de letra e ele significa nada mais nada menos do que a uretra. Uma vez que está localizada basicamente no meio da área do clitóris, estimular o ponto U ajuda a desencadear um tipo de orgasmo do clitóris que pode até ser mais intenso.

Orgasmo mental – quer se queira, quer não, o cérebro é o maior órgão sexual do ser humano. Basta acalmar-se e deixar a sua mente limpa enquanto essencialmente pensa num orgasmo. E pode mesmo chegar lá. Mesmo inconscientemente isso acontece. Nunca ouviu falar de sonhos húmidos?

Orgasmo por estimulação de zonas aleatórias - As não sexuais do corpo, como as coxas internas, a nuca ou a clavícula, podem desencadear orgasmos simplesmente pela sua estimulação.  Cada pessoa é uma caso diferente.

É certo que o caminho para o prazer não é igual para todos. Enquanto a maioria dos homens fico doido com a penetração para atingir o orgasmo, já o sexo oposto refere que os companheiros não as conseguem levar ao clímax por não atenderem à estimulação dos pontos certos. E isso é muito por culpa nossa, porque o sexo também é falar do que se gosta ou não!

Mas afinal quais são essas zonas mais estimulantes para elas que promovem maior prazer e ajudam a atingir múltiplos orgasmos?  Acima de tudo o diálogo é fundamental, mas existem coisas que a maioria das mulheres refere como serem uma fonte de prazer. Cá vão então os 5 pontos mais referidos por elas:

 1 – Mamas e mamilos

As mamocas bem como os mamilos são os pontos mais referidos por elas quando se trata de estimulação para chegar ao orgasmo. Os mamilos ao serem estimulados causam contracção das glândulas mamárias, o que proporciona um prazer muito especial.

2 – Clitóris

O clitóris, com as suas mais de nove mil terminações nervosas, requer uma atenção especial. Para além das mãos e da boca, os homens podem recorrer à ajuda de vibradores. E não tenha vergonha, porque o fundamental  é existir prazer a dois.

3 – Nuca

Embora nós homens, por vezes nos esqueçamos dessa área, a maioria das mulheres inquiridas não dispensa a estimulação da nuca que, por ser uma zona de confluência de terminações nervosas, é uma área de grande sensibilidade às carícias e beijos. A chamada cabecinha pensadora.

4 – Ponto G

Se nem as próprias mulheres sabem exatamente onde é o ponto G, para os homens a dúvida é ainda maior. Não se esqueça que esta zona se situa a 3 cm do canal vaginal e é a continuação da parte externa do clitóris. Para uma estimulação mais completa utilize estimuladores para penetração. E nada como explorar todos os pontos de prazer para se ter a certeza do local!

5 – Pés

Os pés são um fetiche para muitos homens e mulheres e correspondem a um dos pontos mais referidos por elas quando se trata de obter prazer. Para além dos beijos e toques, podem ser utilizados óleos de massagem para potenciar a excitação. Mas para além de tudo, interessa é estar de mente aberta. Nada é tabu se os dois gostarem!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D