Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

26
Jun17

O QUÊ? Não ouço nada!

jl

cotonete.jpg

Olá.

Que esteja tudo bem por esses lados. Hoje venho aqui falar de um problema que me poderá levar ao otorrino. De vez em quando estou a ouvir muito mal. Ainda a semana passada, a minha maria estava a cozinhar e quando ela disse: Pega, aqui um panadinho, eu ouvi logo. Mas quando passados dois dias, ela me disse: Toma o pano do pó para me ajudares, não sei o que terei tido mas não ouvi nada. Mas para verem como isto pode ser um caso grave ela ontem disse-me: Pega, eu olhei logo, mas depois fiquei surdo quando ela disse Pega o pano do pó para me vires ajudar.

Mas para ajudar todos aqueles que sofrem do meu Mal, deixo aqui um artigo interessante:

Três razões (e ainda mais uma) para deixar já de usar cotonetes

A Universidade de Harvard junta-se à campanha de alerta para os perigos do uso das cotonetes, nomeadamente para quem as usa para limpar os ouvidos. Sim, porque para limpar o nariz não deve dar muito jeito.

Com base num relatório da Academia Americana de Otorrinolaringologia, aquela instituição académica acaba de publicar um artigo que apresenta três razões pelas quais não se deve usar cotonetes na limpeza dos ouvidos.

1 - Perda de tempo

A primeira razão apresentada neste artigo é a perda de tempo. O cotonete foi concebido, entre outras coisas, para ajudar na cicatrização de feridas e não para a limpeza dos ouvidos que, de acordo com a Organização Mundial de Saúde, é um órgão que se limpa por si só. Se bem que algumas pessoas não aparenta ser bem assim.

2 - Danos no canal auditivo

O perigo da sua utilização é outra razão referida. Utilizado indevidamente pode provocar sérios danos no canal auditivo. Isso é verdade. E então se for um Teletubbies ainda é pior.

3 - Cera não é sujidade

Apesar de ser um facto desconhecido por muitos, a cera não é sujidade mas sim um hidratante natural que protege o canal auditivo. Desta forma a sua limpeza excessiva através do cotonete não beneficia em nada a sua saúde. Se produzir muito hidratante, olhe venda-o para Fátima. Sempre dá para fazer velas!

Proibição avança

Já há países nos quais a venda de cotonetes, pelo menos os que são feitos com canudos de plástico, será proibida por lei. Em França, a proibição entra em vigor a partir de 2020. Daí darem ouvidos à Senhora Le Pen.

Para lá da incorrecta utilização na área da saúde, os motivos que estão na base desta decisão prendem-se com a poluição ambiental.

À semelhança das toalhitas, cotonetes os representam um problema ambiental significativo. Como, na maioria dos casos, são atirados para a sanita, os bastões de plástico acabam por ir parar ao mar, através da rede de esgotos, sendo a sua eliminação nas estações de tratamento de água quase impossível. Assim, quando estiver na água na praia convém estar de boca fechada senão pode sair de lá com um gostito a cera.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub