Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

27
Nov16

Portugal um país amigo dos bebés. Ou não!!

jl

cm27.pngOlá.

Que aí por esse lado esteja tudo bem. Hoje venho aqui deixar uma notícia curiosa. Cá vai ela:

Mãe proibida de levar bebé no autocarro

Ariane Oliveira, de 26 anos, foi impedida de entrar num autocarro da Rodoviária de Lisboa (RL) com a filha bebé, ao colo, e o respectivo carrinho. O caso aconteceu na carreira 360, na Vialonga (Vila Franca de Xira): "A explicação que me foi dada pelo motorista é de que não podia seguir viagem porque o autocarro não tinha condições para transportar o carrinho de bebé", conta a jovem, que pretendia ir com a bebé ao hospital de Loures. Acabou por apresentar queixa na RL, que na resposta explicou que o autocarro não dispunha de plataforma traseira, mas que o motorista deveria ter informado Ariane de que o carrinho, uma vez fechado, seria transportado na bagageira. Ao CM, a RL informou que apresentou um pedido de desculpas à utente.

Portugal no seu melhor não é? Ser pai neste país não compensa em nada a não ser pelo amor que se tem pelo filho porque de resto, Portugal não apoia em nada quem contribui para a natalidade. Pelo menos quem é sério. Quem ganha 500 e poucos euros já não é apoiado pelo estado porque tem um ordenado enorme!! Dar a mama a uma criança é quase censurado hoje em dia. Transportes nada. Por falar nisso agora os táxis levam uma taxa pelas coisas transportadas na mala da viatura. Se for um carrinho de bebé a taxa de bagagem é cobrada?!?

P.S.- E só mais uma coisita, a foto que acompanha a notícia até nem é muito invasão de privacidade se não mostrassem a criança.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub