Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

14
Abr18

Poupadinhos

jl

poupar.jpgOlá.

Embora pareça que o Natal foi à meia dúzia de dias, a verdade é que já estamos a meio do quarto mês do ano. E chegando a esta altura quer dizer que temos começar a fazer o pino para ver se cai algum dinheirito das nossas calças. Mas como a poupança é daquelas coisas que tem que ser feitas diariamente deixo aqui alguns conselhos para se tentar controlar os gastos, especialmente nas visitas ao supermercado. Vamos lá então:

Economizar é uma das palavras fundamentais, por isso aplique-a também nas suas idas às compras para casa.

Todos queremos economizar no que for possível, no entanto sabemos que é inevitável comprar comida (claro que a opcção de ir comer a casa da sogra é sempre mais económica), produtos de higiene e limpeza e outros itens básicos para o nosso dia a dia. Assim sendo é necessário saber como levar o que precisa do supermercado sem rebentar o seu orçamento. De seguida seguem alguns truques que o vão ajudar a conseguir trazer o que necessita, mas sem gastar o que costuma gastar, poupando assim para outras coisas.

1 - use as apps ou newsletters dos supermercados

Todos os supermercados têm app's ou newsletters ou até folhetos em papel nos quais anunciam promoções exclusivas. Por isso, antes de fazer as suas compras, dê uma olhadela em todas estas informações para perceber onde é mais benéfico comprar. O que às vezes pode parecer uma promoção fantástica, no fim de contas não justifica em nada a compra.

2 - faça as contas ao quilo ou litro

Para saber se vale mais a pena levar uma embalagem grande ou duas pequenas, divida sempre o preço do produto pelas gramas. Em geral, as versões “tamanho família” são mais em conta, mas isso não é uma regra absoluta. Também pode usar o mesmo esquema de ver sempre o preço ao quilo ou litro para comparar preços entre lojas, já que por vezes o preço é maior, mas a quantidade de produto a mais compensa. Por isso nada como ter o olho aberto. Esta frase não soa assim muito bem!

3 - faça sempre uma lista de compras

Passear pelos corredores do supermercado sem ter certeza do que precisa comprar vai resultar em gastos desnecessários. Portanto faça sempre uma lista do que efetivamente precisa e foque apenas nisso. O planeamento é dos principais factores a ter em atenção na hora de poupar!

4 - nunca vá ao supermercado com fome

Ir ao supermercado com fome vai fazer com que muitos produtos pareçam irresistivelmente apetitosos. Resultado: vai acabar por levar para casa mais coisas do que realmente precisa ou do que é capaz de comer naquele momento. Claro que no meu caso isso passa se passar na secção onde se encontra o Polvo perco logo o apetite!

5 - veja a prateleira de cima a baixo, não apenas no centro

Um velho truque que muitos supermercados utilizam é colocar os produtos mais caros no meio da prateleira, na altura dos olhos dos clientes. Por isso, não deixe de olhar para a parte de cima e de baixo, pois é ali que vai encontrar embalagens económicas e marcas mais em conta. Geralmente os produtos mais próximos da data de validade também ficam no meio das prateleiras. O beneficio é nosso!

6 - use os pontos ou programas de fidelização

Se o seu supermercado preferido oferece um programa de fidelização gratuito, não hesite em participar. Em geral, eles oferecem vantagens como descontos extras ou troca de pontos por produtos. Claro que a nossa carteira andará cheia de cartões, mas isso também poderá significar uma poupança significativa!

7 - saiba tirar real partido das promoções

Não é porque um produto está em promoção que deve levá-lo para casa, porque nem sempre tem necessidade de o comprar e acaba por fazê-lo apenas pela lógica da promoção. Agora se está em promoção um produto que compra com regularidade, aí vale a pena pensar na real oportunidade de economizar. Nunca de esqueça de verificar a data de validade e se for um produto de longa data aproveite para comprar logo em quantidades maiores. Olho aberto!

8 - estabeleça um limite de gastos

Saber quanto pode gastar no supermercado por semana, ou por mês, sem comprometer as suas outras finanças é uma excelente forma de economizar. Para isso, defina um tecto máximo de gastos para a sua compra e coloque no carrinho apenas aquilo que couber dentro desse limite. É um bom truque para separar os bens de primeira necessidade, dos de segunda. Não se esqueça que o planeamento poderá ajudar imenso. Mesmo que por semana só consiga poupar 5 €, ao fim de um ano isso significa poupar mais de 50 e se isso for multiplicado por outras coisas como telemóveis, energia; gasolina e por aí fora, estaremos a falar de centenas de euros.

9 - cuidado com as falsas economias

Há uma promoção excelente num supermercado que fica a 20 km de sua casa? Talvez feitas as contas não lhe compense a deslocação com gastos de transporte e tempo. Também há que ter cuidado com os produtos que são muito baratos, mas que não representam uma necessidade e que até poderá nem chegar a consumir.

Antes de se deixar levar por uma aparente oportunidade de economizar, perceba se a diferença de preços não trará mais gastos, seja porque o supermercado é muito longe, ou porque já sabe que a marca não é tão boa como a que costuma comprar. A verdadeira economia não é apenas pagar menos, mas sim tirar o maior benefício possível do seu dinheiro. Ele é tão pouco que saber geri-lo é importantíssimo.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D