Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

24
Jul19

Quase impronunciável, mas bem positiva

jl

dinamarca.jpgOlá.

Hoje venho aqui falar sobre felicidade e a melhor palavra para a definir é Hygge. E não se preocupem que não me aleijei, a palavra de origem dinamarquesa pronuncia-se “hue-gah” e não tem uma tradução numa só palavra. Trata-se de um modo de vida, uma forma de apreciarem a vida e os prazeres mais simples.

Um artigo do jornal inglês Daily Mail inspirou-se no livro de Signe Johansen “How to hygge” e então colocou 10 passos para se converter ao modo de vida deste país nórdico.

  1. Abandone o ginásio

O contacto com a natureza é um dos pontos-chave para a felicidade. Assim, a ideia que se transmite é que o ar livre é preferível ao tempo que passa fechado no ginásio.

Existem alguns estudos que defendem que aqueles que praticam exercício físico ao ar livre têm maior probabilidade de conseguir manter uma rotina consistente. Um exemplo, uma caminhada ao ar livre, em contraponto a uma caminhada numa passadeira, aumenta automaticamente a queima de calorias em 10%, devido a factores exteriores como a resistência ao vento.

  1. Tenha a cabeça limpa

Já se imaginou a passar um dia inteiro num local tranquilo, apenas entregue aos seus pensamentos? Se nunca pensou nessa hipótese, então pode ser altura de considerar isso.

Há estudos que dizem que o contacto com a natureza reduz os níveis de stress e aumenta a energia e a auto-estima, transformando-nos em pessoas mais tranquilas.

  1. Tire prazer em praticar exercício físico

A expressão “mente são em corpo são” aplica-se aqui que nem uma luva. Para os dinamarqueses, a prática de exercício físico não é encarada como um sacrifício mas sim como algo agradável, sobretudo se praticada em grupo. Até porque o que se faz por obrigação, depressa se fica sem vontade de continuar.

  1. Desfrute as refeições em família

Para os dinamarqueses, o convívio que se vive à mesa, na hora das refeições, é um dos elementos mais importantes para o hygge. E isso aplica-se a todos os dias da semana. E com isto não quer dizer que se coma este Mundo e o outro. Pode estar uma refeição normal na mesa, mas se estiver a conversar e a conviver é benéfico em tudo.

  1. Faça pausas para o café

Ninguém consegue ter a mesma rentabilidade ao longo de oito horas de trabalho. Fazer pausas para tomar um café tem que ser tratado quase como um ritual. E depois de uma pequena pausa seremos muito mais produtivos.

  1. Ter atenção ao risco de colesterol

De acordo com um estudo publicado em 2013, a dieta nórdica, rica em grãos, ingerir peixe três vezes por semana ou fruta da época como maçãs e ameixas ajudam a baixar a necessidade de consumir elementos mais açucarados, contribuindo assim para uma saúde mais estável.

Mas não se pense que estamos atrás neste ponto, já que no caso português, a dieta mediterrânica é considerada como um padrão de alimentação saudável.

  1. Coma o que mais gosta…

Se a ideia de hygge é desfrutar dos prazeres da vida, a comida é uma das formas onde podemos ir buscar esse mesmo prazer.

  1. … mas com moderação

Mas como em tudo na vida é necessário equilíbrio. Não há mal nenhum em seguir o ponto acima e deliciar-se com aquele doce que mais gosta. Mas tenha noção que isso deve ser a excepção e não a regra, uma vez que os nossos hábitos alimentares podem contribuir para o nosso bem-estar. Isto é aquelas coisas básicas que hoje em dia muita gente parece que esqueceu.

  1. Quem canta seus males espanta

O ditado é conhecido e os nórdicos não se fazem de rogados quando é hora de partilhar um momento musical entre amigos ou família. Mas quem diz cantar, diz outra coisa qualquer na vida social. A alegria e felicidade fazem com que se viva muito melhor.

  1. Fuja de ambientes onde não se sinta confortável

Analisando esta lista dá para perceber que os dinamarqueses não são muito fanáticos de locais confusos ou barulhentos. Um dos exemplos, é o facto de não se conseguir apreciar um ambiente descontraído num bar ou numa discoteca, em que o barulho, as luzes e o próprio ambiente não são muito confortáveis.

Os dinamarqueses valorizam mais ficar em casa a aproveitar o sofá, a ler um livro, ver televisão ou a aproveitar jogos de tabuleiro, num ambiente onde os telemóveis e os tablets não têm lugar. Este povo aprecia muito um momento em frente à lareira e usam muito a luz das velas para criar este sentimento de conforto. Não digo que nós tenhamos que ser assim, mas pequenas coisas como estar a conversar em família é daquelas coisas que nos fazem muito bem à alma.

Já se sabe que a juntar a isto, o ter elevados salários, ter saúde e ensino públicos de excelente qualidade, baixos níveis de corrupção ou ter um P.I.B. brutal ajuda, mas também parte da consciência de cada cidadão.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub