Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

02
Ago18

Que bem que te fazia este óleo!!

jl

oleo_figado_bacalhau_anunAntigo.jpgOlá.

Hoje em dia uma coisa que pouco se ouve falar mas que há umas gerações atrás era quase obrigatório era a toma de óleo de fígado de bacalhau na infância. Mas será que a toma desse suplemento valeu mesmo a pena? Será que esse sacrifico recompensou?

Existem provas que a toma de pequenas quantidades de ómega 3 são essenciais para a saúde. Este ácido gordo está sobretudo presente em peixes como o salmão ou no óleo de fígado de bacalhau. Nozes e sementes têm outro tipo de ómega 3, o ácido alfa linolénico (ALA).

Existem 3 tipos de ácidos gordos da série ómega 3:

  • o ácido alfa linolénico (ALA) - naturalmente presente em alimentos de origem vegetal
  • o ácido eicosapentaenoico (EPA) - presente no pescado e óleos de peixe
  • o ácido docosaexaenoico (DHA) - presente no pescado e óleos de peixe

Quando ingerimos ácidos gordos da série ómega 3 na forma de ALA este vai sofrer processos enzimáticos que o vão converter em EPA e DHA, mas esta conversão não se dá a 100% por isso devemos preferencialmente incluir fontes que já contenham EPA e DHA e não apenas fontes de ALA. Era para escrever mais letras mas não valia a pena! Kkk.

A pedido da Organização Mundial de Saúde (OMS), que está a actualizar as orientações sobre gorduras, foi realizado um novo estudo a nível mundial pela Cochrane, uma rede internacional de investigadores e cientistas.

Foram realizados testes em mais de 112 mil pessoas, homens e mulheres um pouco por todo o Mundo. A uns foi pedido que seguissem a sua dieta normal, a outros foram dados suplementos de ómega 3 diariamente durante um ano.

Quais as conclusões principais?

Os suplementos de óleo de peixe não fizeram diferença para o risco de morte, ataques cardíacos ou AVC. Isto para os humanos, porque para os peixinhos fizeram diferença e muito!

Comer mais alimentos com ómega 3 do tipo ALA apresentou um pequeno benefício, mas a redução de riscos cardiovasculares foi muito pequena. A ideia de que suplementos de ómega 3 poderiam proteger contra as doenças cardiovasculares surgiu de análises realizadas no final nos anos 80 e 90.

Lee Hooper (que nome giro para umas calças de ganga), da Universidade de East Anglia, no Reino Unido refere que apesar de se ter acreditado que esta toma era benéfica para a saúde, nenhum dos testes posteriores mostrou esses resultados efetivamente. A mesma refere que se pode acreditar nestes novos resultados, que vão contra a crença popular de que os suplementos de ómega 3 protegem o coração. Este estudo abrangente e sistemático incluiu informações de milhares de pessoas durante longos períodos. Apesar de se ter muitos dados, não foram encontrados quaisquer efeitos de proteção.

Eu sou do tempo em que a toma deste óleo até nem era má, já que o mesmo sabia a banana, mas as outras gerações quando falam deste produto até franzem a sobrancelha.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D