Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

24
Fev20

Queimaduras, o que fazer

jl

queimaduras.jpgOlá.

Hoje enquanto via as notícias estava a dar dos festejos do Carnaval e se for como o normal em Portugal uma pessoa vai mascarar-se de guarda-chuva e de casaco. Se por um lado é bom para arrefecer os ânimos, por outro é mau porque em muitos lados é quase feriado (embora o António Costa continue a separar os portugueses por categorias) devido aos festejos desta data. Mas voltando às festividades desta época, o que me chamou a tenção foi de duas crianças estarem a brincar junto a uma fogueira. E por muita atenção que se possa ter, os acidentes podem sempre acontecer.

Como se deve então agir em caso de queimaduras e das respectivas bolhas?

Em primeiro lugar é preciso interromper o processo da queimadura, ou seja, separar a pessoa da fonte da referida lesão.

Se a mesma for fogo, deve-se embrulhar a vítima num cobertor e rodá-la pelo chão, o que permitirá apagá-lo. No caso de ser um liquido fervente, esta fica impregnada na roupa e funciona quase como um reservatório de calor. Por isso, as roupas devem ser removidas de imediato. Seguidamente deve fazer o arrefecimento que deve acontecer com água tépida, corrente, entre os 15º Celsius e os 18º Celsius, durante 10 a 20 minutos.

A utilização de uma esponja ou água em spray é também eficaz desde que repetido o processo várias vezes na primeira meia hora inicial após a queimadura. É importante acautelar o surgimento de hipotermia, ou seja, arrefecer a área queimada mantendo o resto do corpo quente. Em caso de emergência, não hesite e ligue sempre para o 112.

A profundidade da queimadura

Uma queimadura de 1º grau é o equivalente à queimadura solar «normal». É limitada à camada mais superficial da pele e traduz-se numa dor intensa e vermelhidão que desaparecem ao fim de 2 ou 3 dias. Entre o 4º e o 6º dias, a pele à superfície descama e por baixo surge a pele sã.

Já a queimadura de 2º grau atinge a segunda camada da pele, a derme, e carateriza-se pela presença de bolhas. Se for superficial, a dor é intensa numa fase inicial e melhora com a evolução cicatricial que demora entre 15 dias a três semanas.

Quando a queimadura é de segundo grau e profunda, a dor é menor e a vermelhidão também. É uma queimadura mais grave, com bolhas, que cicatriza mais lentamente entre três a nove semanas, inevitavelmente com formação de cicatriz. Sem uma reabilitação funcional atempada e especializada pode haver compromisso da mobilidade articular quando estas regiões estão afectadas e é comum ocorrer com uma cicatrização hipertrófica.

A queimadura de 3º grau é uma queimadura pouco dolorosa, pálida, sem capacidade para cicatrizar espontaneamente, sendo necessária a intervenção cirúrgica para assegurar a eliminação do tecido queimado e a sua substituição por pele sã, já que a pele anterior fica destruída.

Tenha muita atenção ao que não fazer nas queimaduras de 2.º e 3.º graus:

- Não furar ou rebentar as bolhas formadas

- Não retirar roupa ou substâncias que estejam aderentes

- Não realizar o arrefecimento com água pelo rico de infeção devido à perda de pele

Por norma, nós tugas temos como mania usar mezinhas caseiras, mas nunca use nas queimaduras os seguintes produtos:

- Pasta de dentes

- Manteiga ou margarina

- Óleos de qualquer tipo

- Pomadas caseiras

- Quaisquer outros produtos

- Não cobrir com panos secos

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub