Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

31
Mai19

Relações laborais!!

jl

euros.jpgBoas.

Hoje é mais um dia de trabalhinho e nem todos poderão dizer isso. Claro que nem toda a entidade patronal é exemplar. E é sobre isso que aqui falo já que esta semana foi divulgado um estudo (Caderno do Observatório sobre Crises e Alternativas) que dizia que quase 50% das horas extra não foram pagas em 2018, isto num total de 820 milhões de euros.

O documento conclui, a partir de cálculos com base nos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), que, só no ano passado, a totalidade das horas extraordinárias que não foram pagas correspondem a 49,4% do total trabalho suplementar realizado.

Segundo este estudo, no ano de 2017 mais de metade (53%) das horas extraordinárias ficou por pagar, num total de 814 milhões de euros, quando o total de retribuições deste trabalho deveria ter sido de cerca de 1,5 mil milhões de euros.

O observatório que fez este estudo conclui que o recurso às horas extraordinárias está a crescer devido ao facto de se ter verificado uma drástica diminuição do valor do trabalho suplementar desde as alterações legislativas de 2012, no contexto de reformas laborais acordadas com a famigerada troika.

As alterações ao Código do Trabalho em 2012 estabeleceram um corte para cerca de metade do valor das majorações pagas até então pelo trabalho suplementar.

Na primeira hora de trabalho extraordinário o acréscimo passou de 50% para 25% da hora normal de trabalho e nas horas extra seguintes passou de uma majoração de 75% para 37,5%.

Mas se a entidade patronal nada pagar, melhor será no ponto de vista deles.

Claro que nem todas as entidades patronais são iguais e também tenho que dizer que existem funcionários de uma qualidade duvidosa.

E um patrão não pode ser visto como um inimigo, mas sim como um parceiro. Acima de tudo temos que remar todos no mesmo sentido.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub