Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

03
Jun15

Sécuo XV ou XXI ?

jl

o-PRISAO-facebook.jpgOlá. Hoje vi mais uma noticia que nos relata na perfeição este país no século XV. Há; já estamos no século XXI?

 Deficiente trancado em casa António comia numa tigela e fazia necessidades num balde. Quando saiu ontem à rua e viu pela primeira vez a luz do dia em oito anos, António Varela sorriu. Sem conseguir coordenar um discurso perceptível devido à deficiência mental de que é portador, e com a barba até meio do peito, o homem com cerca de 30 anos esteve refém dos próprios pais na casa da família, na Amoreira, em Cascais. Segundo os vizinhos, não era visto desde 2007. Encontrava-se encerrado num compartimento, fechado a cadeado. Foi uma desordem de rua provocada por Maria, a mãe, que deu a liberdade a António. A cabo-verdiana de 62 anos agrediu um vizinho à paulada e a GNR de Alcabideche foi chamada pelas 11h45. "A patrulha ainda chegou a tempo de ver a mulher na rua e solicitou uma busca à residência", explicou ao CM o tenente da GNR Filipe Costa. À entrada do nº 24 da rua Nova da Ribeira, os militares depararam-se primeiro com Ana, de 26 anos. A outra filha de Maria e João vagueava pela casa. E António estava fechado dentro de um compartimento. "O pequeno quarto tinha cerca de três metros quadrados, o chão estava revestido a espuma para o homem dormir. Para as refeições, havia uma pequena tigela e um balde para fazer as necessidades", explicou outra fonte da GNR. Para libertar António, foi necessário chamar os bombeiros, que empenharam um veículo de desencarceramento. O casal que tinha os filhos fechados ficou a ser ouvido pela PJ. António e Ana, os filhos dos suspeitos, foram internados de urgência no Hospital de Cascais.

E assim se vai evoluindo há medida que os séculos passam !!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub