Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

06
Out16

Será que é mesmo?

jl

Sick-Dog-300x189-300x189.jpgBoas.

Venho aqui deixar uma pequena história. mas que a mim que me comoveu, especialmente porque um dos intervenientes é um veterinário, sendo que presumivelmente deveria ser uma profissão que defende o bem estar animal. Cá vai:

Veterinário condenado a pena de prisão por deitar o cão ferido no lixo que tinha sido atropelado.

Um veterinário foi condenado em Espanha por ter posto o seu próprio cão, ferido, num caixote de lixo. O homem de 57 anos terá de cumprir uma pena de prisão de quatro meses e meio e ficará 18 meses impedido de exercer a profissão, para além de ter de pagar uma indemnização à Associação de Defesa dos Animais espanhola.

O incidente aconteceu em Dezembro de 2012 (dois países mas que a demora da justiça parece gémea), quando o cão do veterinário foi atropelado. O homem decidiu então colocá-lo ainda vivo dentro de um saco, fechar o saco e deitá-lo no contentor onde eram postos os cadáveres vindos de uma quinta onde eram criados porcos, de acordo com o jornal El País.

Segundo o juiz, a acção do veterinário "aumentou e prolongou o sofrimento do animal". O cão foi encontrado horas depois e levado para uma clínica veterinária. Apresentava "várias contusões por todo o corpo, hipotermia, desidratação, exoftalmia, prolapso da íris do olho esquerdo e relativa perda de consciência".

O veterinário espanhol será obrigado a pagar 854,78 euros à Associação de Defesa dos Animais, que denunciou o caso à justiça. O animal sobreviveu aos ferimentos e recuperou totalmente graças à acção da associação. Foi depois adoptado por novos donos.

Este senhor supostamente era veterinário. Não sei porquê, mas ao ler esta notícia fico com muitas dúvidas.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D