Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

13
Nov20

Ginástica escondida

jl

ginastica mascarada.jpgOlá.

Mesmo que não venha falar aqui directamente do Covid, a verdade é que hoje em dia tudo está relacionado com esta pandemia. E do que venho aqui falar é sobre o uso de máscara aquando da prática do exercício físico. E neste aspecto (como em tudo na vida, aliás) existem muitas opiniões, mas depois de vários estudos já existem respostas mais concretas.

Estando eu no ginásio, vejo que a larga maioria das pessoas não é adepta da máscara na prática do exercício, mas já se vai vendo que o seu uso começa a ganhar adeptos.

Mas agora li que uma equipa da Universidade de Saskatchewan (e não me enganei nas letras, é mesmo assim que se chama), no Canadá, veio agora publicar um estudo no qual é referido que o uso da máscara não interfere com a prática desportiva, sendo que com isso não é afetada a oxigenação do sangue bem como dos músculos.

Embora hoje em dia (e falo pelo que conheço) o distanciamento nestes locais impera, reduzindo assim o contacto entre as pessoas, o uso das máscaras nestes meios não prejudica em nada. Bem pelo contrário.

Mas o que as pessoas não se podem esquecer é que as máscaras não são um meio com um grau de eficácia a 100%. Ajuda muito, mas mesmo assim tem que se ter sempre cuidado. Eu sei que é um ditado muitas vezes esquecido, mas o seguro morreu de velho.

25
Set20

Máscaras

jl

mascarados.jpegBoas.

Desde o passado mês de Março que a palavra que mais se ouve na nossa vida é Covid. Se ouvirmos uma noticias que fale de laranjas vai acabar no Covid; se falarmos que está um gato preso, vai acabar por se falar no Covid, aliás baste pensar em qualquer tema que o final já se sabe onde vai parar.

Mas apesar de isto ser falado constantemente, a verdade é que existem coisas que as pessoas parece que têm dificuldade em encaixar. E uma dessas coisas é o uso da máscara, ou da falta dela. E saber como usar este adereço que é quase uma segunda pele é uma delas.

Então como usar isto adequadamente? Vamos lá então.

Antes de colocar uma máscara deve-se afastar o cabelo se for comprido, para que facilitar a sua colocação. Tratando-se de uma máscara limpa, o tecido pode ser ajustado à cara, mas, em utilizações posteriores, a mesma só deve ser manuseada pelos elásticos.

Fundamental é a máscara cobrir sempre o nariz, a boca e o queixo.

Quanto ao tempo de utilização, depende do tipo de material de que são feitas. As máscaras de tecido reutilizáveis devem ser trocadas a cada duas horas, por exemplo.

Existem também coisas básicas. Quanto mais uma pessoa falar, mais rapidamente a máscara ficará húmida e deve, por isso mesmo, ser trocada com mais frequência.

E por muita investigação que hoje em dia existe, ainda não se sabe exactamente quanto tempo é que o vírus sobrevive no tecido. Por ser um material mais poroso, a ideia que existe é que permanece umas quatro horas. Mas poderá ser mais do que isso, por isso temos que ter atenção.

No momento de trocar a máscara, é importante não tocar no tecido, apenas nos elásticos, já que devemos presumir sempre que tanto a parte exterior como interior podem estar contaminadas. É então recomendando tirar a máscara pelos elásticos que envolvem as orelhas.

No caso das máscaras reutilizáveis, a sugestão para descartar este equipamento de protecção individual, especialmente nos momentos em que não se está em casa, é usar um envelope de papel, ou um saco, para guardar a máscara sem que fique em contacto com outros objetos para posteriormente higieniza-la.

No caso das máscaras descartáveis, como as cirúrgicas, se não se encontrar perto de um caixote do lixo, a sugestão da é a mesma: guardar num saco, isolada, para depois descartar. Nunca a deite para o chão. Pode até nem passar cartão a isso, mas gostava que um filho ou um neto seu, fosse mexer numa máscara que estivesse no chão.

A lavagem das reutilizáveis, ou sociais, pode ser feita com água e sabão ou detergente. Depois de lavada, é só esperar que seque ao Sol. Mas se puder o uso de ferro de passar é muito importante, já que a alta temperatura poderá inactivar o vírus.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub