Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

31
Jan17

Tão lindo falar dos outros

jl

passosCoelho.jpgOlá camaradas e amigos. que lindo começo para esta escrita. O Sr. Passos deu uma entrevista muito gira, onde venho aqui deixar umas linhas. Cá va

Presidente do PSD Pedro Passos Coelho defende revisão da subida do salário mínimo, já que afirma que metas do governo são incompatíveis com evolução da economia

O líder do PSD apelou hoje a que o Governo reveja as metas estabelecidas para o aumento do Salário Mínimo Nacional (SMN), por os valores em causa serem incompatíveis com a evolução económica e denunciarem "conversa infantil", já que realçou que as medidas agora tomadas pelo Governo terão consequências a longo prazo com que outros terão que lidar no futuro.

"Este ritmo de crescimento do SMN não é sustentável a longo prazo. Pois claro: porque a longo prazo não serão eles a governar", declarou. "O que o Governo tem que fazer é rever a decisão que tomou quanto ao que vai ser o salário mínimo ate 2019", acrescentou.

Quanto à redução da Taxa Social Única (TSU) a pagar pelas entidades patronais como compensação pelo crescimento do SMN, Pedro Passos Coelho reconheceu que agora votou contra a medida, no parlamento, quando antes adoptara solução idêntica enquanto primeiro-ministro. Mas explicou (de certo com cara de pau): "O facto de uma vez se ter usado excepcionalmente a questão da TSU para o SMN não significa que a medida possa ser banalizada. Quando tomei em 2014 uma medida dessas, expliquei que era excepcional e que não se podia voltar a repetir".

Eu sinceramente estou de acordo com este senhor, mas como os políticos gostam de dizer, vamos para uma sociedade mais igualitária. Comecem por reduzir os ordenados dos políticos para 600 euros. O subsídio de almoço para 5€ e se o gastarem na cantina da Assembleia que comam rancho que não são mais que os outros. Que em vez de andarem de BMW ou Mercedes, andem de Renault Clio ou de autocarro. Que as despesas de representação e de estadia quando vão para fora, sejam de 30 euros. Que os subsídios para casa seja zero, porque só vai para lá quem quer. Que quem esteja em empresas públicas esteja abrangido pelas mesmas regras. Ou a TAP, a Caixa geral de Depósitos e por aí fora não são pagas com os nossos impostos?

Falar de papo cheio é muito fácil, mas quando se está no outro lado é capaz de ser mais complicado.

Gostava de ver um político a viver com 600 € por mês. E conforme é com este, os outros não diferem muito. Não sei, mas a taxa de suicídios deveria aumentar drasticamente!!

Depois ficam admirados da abstenção atingir os valores que atinge.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D