Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

marianagugudada

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

A vida não é feita por parcelas, é feita pelo todo

marianagugudada

22
Nov15

Transporte exclusivo

jl

623330.1.high.jpgBoas. Enquanto hoje via as notícias vi uma peça que me chamou a atenção. Aqui vai:

Veículo elétrico transporta utentes em Hospital de Matosinhos

Um veículo elétrico, com seis lugares, irá, a partir de segunda-feira, transportar gratuitamente os utentes desde a entrada exterior à receção do Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos, evitando que eles façam a pé uma "subida íngreme".  

O veículo -- Tuk Boleias -- é um projeto da Câmara de Matosinhos e do Hospital Pedro Hispano, com um investimento partilhado de 5.000 euros, que tem por objetivo resolver, de forma provisória, "queixas diárias" de utentes devido às dificuldades que têm em fazer a pé a "subida íngreme" da rampa de acesso à unidade de saúde, disse hoje à Lusa o vereador dos Transportes e Mobilidade da autarquia, José Pedro Rodrigues. Os utentes poderão "apanhar boleia" no veículo "elétrico e silencioso" de segunda a sexta-feira, entre as 08:00 e as 18:00, de forma contínua e nos dois sentidos (ascendente e descendente).

"Este é o período de maior afluxo ao hospital, nomeadamente por causa das consultas médicas", frisou.

O autarca explicou que a inclinação da rampa de acesso ao hospital é "enorme", tendo sido um erro do projeto que é necessário resolver porque as pessoas têm imensas dificuldades em subi-la por causa da idade, doença ou mobilidade reduzida.

"Agora, com a chegada do inverno tudo piora", realçou.

Segundo José Pedro Rodrigues, a obrigação de tratar do problema é do Ministério da Saúde que irá "continuar a ser pressionado pela câmara" para o fazer de forma definitiva porque o "Tuk Boleias" é apenas uma "solução provisória".

Durante todo o mês, irá ser feito um inquérito às pessoas que usarem o "Tuk Boleias" para recolher sugestões e críticas para, depois, adaptar o serviço às suas necessidades, disse.

A previsão é que o veículo funcione durante um mês, mas se as pessoas o avaliarem positivamente, José Pedro Rodrigues entendeu que fará "todo o sentido" que se prolongue.

"Queremos poupar as pessoas a um sofrimento diário", acrescentou.

Afinal neste país por vezes até se lembram de umas coisas que até ajudam os outros. Mas só um pequeno pormenor; se por acaso ( e espero que nunca aconteça) acontecer algum acidente com este veiculo ou com quem ele transporte quem será a entidade responsável?

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub